1. Spirit Fanfics >
  2. O Vizinho Rubens >
  3. Continuação...

História O Vizinho Rubens - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Continuação...


Fanfic / Fanfiction O Vizinho Rubens - Capítulo 5 - Continuação...

No caminho para casa, a chuva começou a ficar mais forte, com medo de ficarem presos em uma enchente ou coisa parecida Rubens decide dar uma parada,
e esperar a chuva passar um pouco.
Rubens- A chuva está muito forte...
Ana - Estes meses são assim mesmo, espero que não haja nenhuma enchente.
Enquanto esperavam a chuva passar, Rubens nota que a janela do lado de Ana estava aberta, então ele vai em direção a ela para fecha-la, naquele momento Ana congela, e um nó em sua garganta aperta.
A mão de Rubens está perto do cotovelo de Ana e seu calor irradiando em sua direção.
Rubens- Oh me desculpe...
Ana- Nã..não tem problema...
Então ele fixa o olhar nela, naquele momento a boca de Ana seca e ela encara uma garrafa vazia que havia entre eles.
Rubens então percebe que a chuva molhou um pouco a mão de Ana e pega um papel para seca-la. No momento que a toca os dois sentem um arrepio. Seus braços se tocam, alinhando seus músculos contra a pele dela, ela desvia o olhar para o sinto ainda preso no feixo, Rubens segue seu olhar, e então destrava o cinto, após isso ao invés de voltar ao seu acento ele apoia o cotovelo no painel e acaricia uma das mechas do cabelo de Ana, esse era um dos primeiros contatos mais íntimos que já tiveram.
Rubens- Acredito que a chuva não vá parar tão cedo...
Sua voz era aveludada, o que deixava Ana mais anciosa. Ele a olha com uma expressão nova. Intensa. Abstraído. Analisando cada detalhe em seu rosto. Estava tão perto e Ana que ela podia sentir o aroma de menta vindo de seu hálito. Seus olhares se encontram; Ana sente se rosto esquentar, instintivamente ela toca no maxilar de Rubens, ele não se esquiva e continua olhando docemente para ela. Ao perceber a intimidade do ato Ana recua.
Rubens pega a mão de Ana e a coloca em seus lábios. Seus olhos vão se fechando devagar e seus lábios aproximando -se dos de Ana..
TocToc -- a batida na janela de um dos funcionários do posto de gasolina ressoa para dentro o carro. Ana da um pulo é Rubens volta rapidamente para seu banco.
Funcionário- desculpem, mas o posto já vai fechar.
Rubens- Tudo bem, a chuva já parou, estamos de saída, obrigado!
Rubens liga o carro, chega na casa de Ana se despede de um jeito tímido e vai para casa.


Notas Finais


Iiii, esse funcionário viu... 🤭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...