1. Spirit Fanfics >
  2. O Vizinho Rubens >
  3. The Party

História O Vizinho Rubens - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - The Party


Fanfic / Fanfiction O Vizinho Rubens - Capítulo 6 - The Party

Todo dia era a mesma coisa, a mesma rotina de sempre.
Rubens- Aff!! Não aguento mais todo dia essa rotina infernal...
"Brr..Brrr..." - o celular e Rubens toca.
Rubens- Alô... eae noia!!
Noia era Dongu amigo de Rubens, ao qual era chamado de noia ou otaku noia.
Dongu- falaaa Rubens, aí cara vai rola uma festa no condomínio fechado de um colega meu, ele disse que vai bastante gente e liberou pra mim levar uns parça meu, bora?!
Rubens - Opa, vou siim, que horas a gente vai?
Dongu - Eu passo aí daqui a pouco, falou?! E vai no estilo que a festa é fina hahahah
Rubens - Hahaha falou, vou me arrumar.
Algumas horas depois Dongu aparece na porta de Rubens, antes que ele entre no carro ele olha rapidamente para a casa ao lado, onde as luzes permaneciam apagadas.
Dongu - Tá tudo bem cara?
Rubens- Ta sim, vamos embora.
Ao chegar na festa, os dois ficam deslumbrados com imensidão da casa, luzes piscando por toda parte, garçons oferecendo comidas e bebidas, e um palco enorme.
Dongu - Carambaaa, pesadãoo
Rubens - Aii siim, a festa vai ser longa hahah
A festa estava muito divertida, tudo era à vontade, muitas pessoas famosas estavam lá; Rubens estava conversando com alguns amigos quando ele vê um rosto familiar passar por perto...
Colega: eii Rubens você está me ouvindo?
Rubens - Aah me desculpe...é...eu preciso ir no banheiro, já volto.
Ele entra apressado na casa enorme, procurando pelo rosto conhecido, quando alguém esbarra nele.
Ana - Ahh Me desculpe eu...
Rubens - Ana!!!
Ana - Rubens!! Nossa você por aqui...
Neste momento um convidado esbarra em Ana, o chão é escorregadio e os saltos que Ana usava possuíam pouca tração. Ana escorrega, Rubens corre para pega-la.
Ele a poe de pé, e os dois vão para um lugar tranquilo onde possam conversar melhor.
Eles encontram uma sala de jantar grande e vazia.
Rubens- Primeiro as damas...
Ana - Obrigada cavalheiro...
Enquanto Ana entrava Rubens admirava suas roupas, um vestido longo vermelho estilo babby-doll sem mangas, um acabamento de renda vermelho sangue, que complementava o cinto repletos de rubis cintilantes. Quatro robustos anéis de prata em volta do cinto. Cabelos pretos longos, com um enfeite dourado em formato de coroa. Um conjunto que à fazia parecer selvagem e indomável, chamando atenção por onde passasse. Após entrar, ela se vira e espera Rubens vir ao seu encontro, enquanto ele se aproximava ela observa suas roupas escolhidas harmoniosamente. Calças pretas envolviam suas pernas com um jeans bem trabalhado. Seus olhos encontram um ao outro e o olhar de Rubens fica intenso, como quando estavam no carro estacionado no posto de gasolina.
Rubens retesa o queixo.
Ana constrangida, volta sua concentração para o resto de suas roupas. Ele usava uma blusa branca e fina de tecido semitransparente que mostrava levemente seus músculos definidos.
Conversa vai conversa vem e os dois vão se aproximando lentamente, olham dentro dos olhos um do outro, delicadamente Rubens pega o queixo de Ana e a puxa para perto, inclinando a cabeça de modo que suas testas se toquem.
Ana fica mole e quente com a brusca possessividade em seu toque. Um nó ardente aperta no peito de Ana e ela da um passo para trás.
Ana - A lua está linda está noite não?!
Diz Ana indo em direção a janela de vidro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...