1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 13

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem. Postando mais um para não deixar vocês na curiosidade <br /><br />aviso<br />*hentai*

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 13 - Capítulo 13

Sasuke on

Sakura cuidou de mim mas eu me senti um bosta pois não a protegi direito e ela acabou tendo que sacrificar suas noites de sono para me ajudar. Quando eu matei o cara que matou meu pai eu fiquei um mês sem dormir direito e depois que eu matei algumas pessoas eu me acostumei então sei o que Sakura está passando

Não consegui dormir e Sakura também não mas ninguém falava nada, quando amanheceu fui ao meu escritório mas deixei dois meninos cuidando da casa

-Já sabemos alguma coisa?- perguntei me sentando na cadeira e olhando para os meninos

-Tá confirmado Sasuke, a gente tem um x9 entre a gente- Shikamaru falou

-Mas quem?- Naruto perguntou 

-Tenho as minhas suspeitas- Shikamaru falou

-Utakata, urso e o fuinha

-Fuinha, traga ele aqui e comecem a investigar os outros dois- falei e ambos saíram e Naruto voltou depois com o fuinha

-Eae Sasuke, qual é a fita?- ele falou 

-Senta- falei e assim ele fez, Naruto fechou a porta- Depois da sua ligação eu vim para o meu escritório e dois cara me abordaram, você acredita?- falei colocando a arma em cima da mesa

-Eu não sei de nada, só passei informação do orelha- ele falou e estava tenso

-Orelha, cadê ele?

-Não sei Sasuke- ele falou nervoso, me levantei e me apoiei na mesa ficando de frente pra ele 

-Que pena- dei um tapa na cara dele- Minha mulher quase foi morta também, sabe o que teria acontecido se tocassem nela?- ele me olhou

-O que?- ele perguntou baixinho, dei um soco na cara dele

-Vai falar o que você sabe?- dei mais um soco nele e seu nariz quebrou

-Eu não sei de nada Sasuke- ele falou colocando a mão no nariz

-Não é isso que eu quero ouvir- peguei um cigarro e acendi, olhei para o Naruto que veio e bateu nele pra mim, fiquei olhando

-Orelha tá trabalhado pro Sasori- ele falou depois de um bom tempo, Naruto havia jogado ele no chão e o mesmo cuspiu sangue e vi um dente no chão, Naruto não me decepciona- Não fala que eu falei, eles estavam com a minha filha Sasuke- ele se sentou, estava ensanguentado 

-Cadê ele agora?

-Eu liguei pra ele mas ele não atende

-Sua filha?

-Eu peguei ela depois que te liguei- ele falou, me abaixei e segurei no seu rosto

-Eu não quero mais saber de traição se não da próxima vez não vai ser um nariz quebrado ou um dente arrancado- falei soltando- Vai embora- falei e ele saiu

-E agora?

-Vai você é o Neji atrás daquele filha da puta, quero ele aqui hoje- falei acedendo um cigarro e o Naruto saiu

Fiquei resolvendo outras coisas quando o Naruto entrou com o orelha que já estava com o olho roxo e ensanguentado 

-Chegou para festa- falei apagando meu cigarro- Leve ele para o porão, já estou descendo- falei e assim o Naruto fez- peguei um beck e acendi e fui andando lentamente até o porão onde estava o Neji e o Naruto

-Sabe se você se junta com o rival do seu patrão você tem que ser muito cauteloso, mais muito mesmo, ainda mais se ele for eu- coloquei o beck na boca e dei um soco no nariz dele com tanta força que quebrou, ele estava sentado numa cadeira com as mãos amarradas 

-Aí- ele gemeu de dor

-Isso não é nada orelha, eu só to começando- falei no seu ouvido e soltando fumaça do beck

Dei tanto soco nele que ele desmaiou, esperei ele acordar e continuei, arranquei dois dentes dele, deixei uma faca enfiada na coxa dele, cortei uma de suas orelhas 

-Posso imaginar sua dor- falei apagando o cigarro no braço dele- Na verdade eu não posso, talvez na sua próxima encarnação você aprende que na vida existe piões e reis, os piões joga para os reis e infelizmente nessa vida você jogou pra mim e para o Sasori mas veja no que deu- apertei a faca mas depois a tirei e coloquei sua língua para fora e a corte lentamente- Para você aprender a não contar coisas que não se deve- e enfiei a faca no seu pescoço e deixei ele morrer ali

-O que faremos com o corpo?

-Ele tem família?- perguntei 

-Que mora aqui no morro não- Neji falou

-Tire uma foto e mande para o Sasori, procure a família e mande uma carta com 5 mil e cremem o corpo e se livrem com o que sobrar- falei e saí dali e Naruto veio atrás e fomos para minha casa

Cheguei e a Ino estava sentada mexendo no celular e a Sakura deitada no seu colo

-Shiu a Sakura finalmente dormiu- ela falou, a peguei e levei para o quarto dela e depois fui tomar um banho e desci

-Agora me fala o que aconteceu? Sakura tá estranha e não me falou nada a não ser chorar- Ino falou 

-Se ela não te contou porque eu vou contar?- falei pegando um copo de água 

-Porque eu to mandando- ela falou brava, suspirei e explique para ela- Como você deixou isso acontecer?- ela falou com uma expressão de raiva e triste

-Eu não sabia, mas eu já cuidei disso e não vai acontecer de novo

-Sasuke deixa ela vim morar comigo, Sakura mudou ela tá distante, mais do que o normal e...- fiquei olhando para ela, ela estava certa mas... Naruto fez um sinal de silêncio e depois de um tempo a Sakura desceu as escadas

-Oi- ela falou desanimada

-Sakura, como você tá?- Naruto perguntou enquanto a Sakura bebia água e o idiota derrubou o celular e a Sakura o copo- Desculpa meu celular caiu no chão- que idiota

-Tudo bem- Sakura falou e andou para frente e pisou no vidro- Aí- ela gemeu de dor

-Sasuke limpai ai, senta aqui Sakura- Ino mandou, suspirei e catei os vidros grandes e depois passei um pano

-Tem certeza que você tá bem?- Naruto perguntou 

-Sim gente, eu to bem- Sakura falou parecia estressada 

-Sakura eu já vou mas nós vemos amanhã tá?- Ino falou e me olhou brava

-Tchau- Sakura falou e elas se abraçaram

-Eu já vou indo também- Naruto falou e saiu 

-Tá com fome?- perguntei 

-Não- ela falou e foi se sentar no sofá, fui atrás dela- Porque você me deixou sozinha aqui?

-Eu to aqui agora- falei e me sentei do seu lado e a puxei para perto de mim, esse foi o único momento que me senti bem

-Sasuke eu to com medo, assustada e cansada- passei a mão no cabelo dela fazendo cafuné, não sabia o que dizer. Eu a fiz ficar desse jeito, assustada e com medo, talvez a Ino esteja certa, Sakura ir morar com ela seja uma ótima opção

Casamento do Itachi seria quarta e pela minha surpresa ele me chamou para ser padrinho dele, quando ele me ligou para confirmar aproveitei e falei que levaria a Sakura e ele se alegrou, fui ver as medidas para o meu terno e pegaria na segunda pois viajaríamos terça para dar tempo de chegar em Paris quartas para o casamento

Como viajaria terça e voltaria sexta tinha que deixar algumas coisas em ordem para que os meninos não fiquem me ligando durante a viajem 

Por conta do trabalha eu cheguei cedo no escritório e me sobrecarreguei e fui buscar o terno no centro, fumei além da conta e acabei chamando a Guren para ela vim aqui e a mesma me respondeu na hora falando que já estava vindo. Ela chegou e veio até mim

-Tranque a porta e tire sua roupa- falei, estava sem paciência. Ela fez o que eu pedi sem êxita 

Apaguei meu beck e ela veio até mim e me beijou, estava encostado na minha mesa, segurei na sua coxa e ergui uma perna sua, levei minha mão para sua buceta e enfiei dois dedos, ele gemeu durante o beijo, beijei seu pescoço 

A coloquei de quatro apoiada na mesa e enfiei meu pau na sua buceta e comecei a meter fundo e forte e dar tapas na sua bunda e arranhar suas costas e sem contar nós puxões de cabelo

-Sasukee- ela gemeu e eu lembrei da Sakura gemendo meu nome e cenas da noite que dormimos juntos me veio na cabeça

Virei a Guren de frente, a peguei fazendo ela entrelaçar sua pernas na minha cintura e a prensei na parede e meti nela, ela beijou meu pescoço e deixou um chupão e ficou gemendo no meu ouvido

Depois de um tempo ela gozou, fiz ela pagar um boquete e gozei na boca dela

Abotoei meu short e joguei dinheiro na mesa enquanto ela se vestia, ela pegou e saiu sem dizer nada

Fiquei fumando e olhando algumas coisas e quando anoiteceu voltei para casa, Sakura estava sentada no sofá de pijama

-Você quer que eu prepare algo para você comer?- ela perguntou, peguei uma cerveja e me sentei do seu lado- Tá tudo bem?

-To cansado, e amanhã de manhã vamos viajar, tive que adiar umas coisas...- suspirei e bebi a cerveja

-Sabe o que pode te alegar?- Sakura falou tocando no meu membro e subindo a sua mão pela minha barrriga, havia esquecido de tirar a arma, a peguei e coloquei do meu lado. Ela arranhou minha barriga e se sentou no meu colo e ficou rebolando enquanto me dava um monte de selinho e depois me beijando, num beijo lento, gostoso 

Coloquei a mão dentro do seu shortinho e dei dedadas na sua buceta e clitóris por cima da calcinha, ela rebolava no meu dedo e gemia

-Anwww- ela gemeu no meu ouvido baixinho e me beijou e depois beijou meu pescoço, estava preste a tirar o short e comer ela ali mesmo- Foi a Samui?- ela perguntou segurando no meu rosto e o virando e vendo o chupão que a Guren havia me dado, olhei para ela

-Não- falei e ela saiu do meu colo e se sentou do meu lado- Qual é... você deveria saber que não é a única- falei bebendo a cerveja- Você me acordou, vem terminar o serviço

-Pede para umas das suas vagabundas- Sakura falou se levantando, estava com ciúmes 

-Eu não quero que elas terminem uma coisa que você começou- falei provocando ela

-Então usa a mão- ela falou e fechou a porta do quarto com força, ri negando com a cabeça, tomei minha cerveja e depois fui tomar banho e dormir

Acordei e terminei de fazer a minha mala e desci, depois de alguns minutos Sakura apareceu 

-Pronto?- perguntei 

-Uhum- ela respondeu seca, provavelmente ainda está brava comigo 

Entramos no carro e fomos ao aeroporto em silêncio. Chegamos 07:40 e o voo saia 08:30

-Quer comer alguma coisa enquanto não embarcamos?- perguntei 

-Não- ela falou se sentando e mexendo no celular, suspirei e fui até a lanchonete e comprei um café e me sentei. Tomei com um sanduíche, vi a Sakura vindo

-O que foi?

-Fiquei com fome- ela falou e se sentou do meu lado, neguei com a cabeça- Quero dois pão de queijo e um suco de laranja

Comemos e depois fomos embarcar no voo, Sakura estava do meu lado batendo seus dedos no braço da cadeira e mordendo sua unha

-O que foi Sakura?- perguntei 

-Nada..- ela balançou a perna e suspirou- Nunca viajei antes- ri- Não ri de mim

Me acomodei e a aeromoça falou pra gente apertar o cinto e desligar os aparelhos, depois de alguns minutos o avião começou a andar e a Sakura segurou na minha mão a olhei, ela estava engraçada com medo

-Desculpa- ela falou soltando a minha mão. Se passou algumas horas e a Sakura estava lendo um livro- Sasuke pede um vinho pra mim- ela falou me olhando

-Pede você 

-Tenho 17 ela não vai dar para mim- ela falou me olhando

-Moça me vê duas taça com vinho?- falei quando a aeromoça passava

-Claro- ela falou e saiu e logo voltou entregando para mim e a Sakura

-Não sabia que gostava de vinho- Sakura falou

-Não gosto mas deve ser a única coisa de álcool que eles têm- falei bebendo um pouco- O que você tá lendo?

-Romeu e Julieta, tenho um trabalho para fazer

-Hum

-Como você era na escola?

-Como você acha que eu era?

-O melhor- ela falou bebendo o vinho

-É... acho que eu era o melhor mesmo

-Você se arrepende de alguma decisão sua?- ela perguntou ainda me olhando

-Não- falei, estava sendo sincero, não me arrependo de nenhuma decisão minha- Você tem arrependimentos?

-Sim- ela falou olhando pro nada

Assistir a um filme na tevê do avião e dormi, já havíamos parado para trocar de avião e estávamos chegando então dormi

-Sasuke acorda, Sasuke- escutei a voz da Sakura, abri os olhos- Chegamos- ela falou

Saímos e pegamos nossas malas, em Paris o sol já estava se pondo. Saímos do avião e entramos no aeroporto. Avistei a minha mãe e o Itachi, fui até eles

-Filho- minha mãe falou e me abraçou- Como você cresceu, tá bonito e quem é essa?- minha mãe falou olhando para Sakura que sorriu

-Sou...

-Minha namorada- falei interrompendo a Sakura, olhei para ela que me olhou mas disfarçou a cara de espanto e sorriu para minha mãe 

-Que bonita, qual seu nome?- minha mãe perguntou 

-Sakura Haruno

-Lindo nome me chamo Mikoto

-Muito prazer senhora Uchiha- Sakura falou e a minha mãe abraçou ela

-Pega a mala dela Itachi, vamos logo a janta deve estar quase pronta- minha mãe falou saindo

-Oi rosada- Itachi falou

-Oi Itachi- Sakura falou sorrindo

-Deixa que eu pego sua mala- ele pegou e fomos para o carro, Itachi dirigiu até a casa da mamãe 

-Que casa bonita- Sakura falou do meu lado

-Linda né querida, vem vou te mostrar tudo- minha mãe puxou ela e ambas entraram na casa

-Não vai contar a verdade pra mamãe?- Itachi perguntou 

-Alguma hora eu falo, quero ver no que isso vai dar- falei e ele negou com a cabeça e entramos- Aqui mudou tanto- falei 

-Mamãe ama decorar, você sabe- Itachi falou

-Vem queridos, vou mostrar seus quartos- dona Mikoto apareceu do nada junto com a Sakura e uma moça

-Sasuke essa é a minha noiva, Izumi- Itachi falou

-Prazer em conhecê-lo- ela falou

-Igualmente- falei 

-Vem filho- minha mãe falou e subimos a escada- Meu quarto é esse, do Itachi é esse e esse é o de vocês- minha mãe falava apontando e quando chegou no nosso abriu a porta

-Vamos dormir juntos?- Sakura perguntou 

-Sim, vocês são namorados ou não dormem juntos?

-Tudo bem mãe- falei 

-Vou deixar suas coisas aqui- Itachi falou rindo e saindo do quarto

-Descansem até a janta estar pronta- minha mãe falou e saiu

-Vamos tomar banho querida?- falei colocando o braço em volta do pescoço da Sakura ela me deu uma cotovelada

-Porque você falou que eu sou sua namorada?- ela perguntou me olhando

-Minha mãe não iria gostar de saber que eu comprei uma pessoa, tecnicamente 

-Mesmo assim, não gosto que mintam e imagino que a sua mãe também não gosta

-Quem gosta?

-Esse não é o ponto- ela falou se sentando na cama 

-Eu sei, mas me ajuda nisso que eu prometo te recompensa- falei olhando pra ela que se deitou na cama

-Essa cama é macia- Sakura falou e se sentou de novo- Ok- ela entrou no banheiro e tomou banho e depois de um minuto saiu enrolada na toalha- Vamos ficar aqui por quanto tempo?- ela perguntou entrando de novo no banheiro 

-Só até quinta de noite- falei deitado na cama, Sakura saiu vestida com uma calça moletom preta e uma camisa de pijama- Porque se trocou no banheiro?

-Porque sim

-Eu já vi tudo, você sabe né- Sakura corou

-Mesmo assim idiota- ela pegou o livro e se deitou na cama de barriga pra baixo e ficava mexendo seus pés. Ela estava quase que na ponta da cama então eu a olhava e via seus peitos, ela me olhou sorriu de lado e voltou a prestar atenção no livro, então o fechou e veio de joelhos até mim e se sentou no meu colo, estava só de calça moletom e sem a minha camisa

-Eu ainda estou brava com você- ela falou no meu ouvido e segurando no meu pescoço 

-Porque? não fiz nada- falei e ela me olhou com raiva

-Se eu não posso sair com ninguém você também não deveria

-Isso é ciúmes?

-Não, vamos dizer que um direito de igualdade- ri- Você quem sabe- ela tentou sair mas segurei na sua cintura

-Tá, não vou mais ficar com nenhuma menina- ela sorriu e me deu um selinho que se transformou em um beijo de língua 

Ela passava a mão na minha barriga, levei minha mão para baixo da sua camisa nas suas costas e arranhei. Tirei sua camisa e a deitei, beijei seu pescoço e dei uma mordida, Sakura riu e colocou a mão no meu peito e foi descendo sua mão... a porta foi aberta

-Sasuke a mãe... uau- Itachi falou olhando pra gente e depois pra Sakura que se sentou e colocou a camisa dela na frente dos seus peitos- Vocês estão namorando mesmo?- ele perguntou 

-Não- falei

-Sim- Sakura falou ao mesmo tempo que eu, nós olhamos

-Não- Sakura falou

-Sim- falei e nós olhamos

-Tá... o jantar está pronto- Itachi falou e continuou nós olhando

-Tchau Itachi- falei e ele ficou nós olhando e depois saiu

-Que constrangedor- Sakura falou colocando a camisa dela

-A gente não tem privacidade nem aqui- falei me deitando

-Porque diz isso?

-Lembra que antigamente éramos interrompidos lá em casa?

-Verdade- Sakura falou e se aproximou e me deu um selinho e outro e outro

-Já tá apaixonada é?- perguntei a pegando no colo e rolando pela cama fazendo ela ficar no meu colo

-E se eu estiver?

-Seria um problema- falei

-Porque?

-Não sou o tipo de pessoa que alguém deveria se apaixonar- falei e a Sakura tocou no meu rosto

-Ainda bem que eu não to então- ela falou se levantando

Sakura on

Estávamos sentados na mesa, Mikoto na ponta, Itachi na sua esquerda e a sua noiva Izumi do seu lado, Sasuke na direita e eu do seu lado, a mesa é grande

-Quer vinho?- a empregada perguntou 

-Não obrigada- falei sorrindo

-Então como se conheceram?- Mikoto perguntou pra mim e para o Sasuke 

-Sakura é amiga da namorada do Naruto que nós apresentou- Sasuke falou

-E vocês como se conheceram?- perguntei olhando para o Itachi e a Izumi, não poderia deixar o foco em mim e no Sasuke

-Na faculdade

-É médica?

-Advogada- ela falou sorrindo 

-Que legal..- sou interrompida com uma mão na minha coxa, levo um susto e olho pro Sasuke que está tomando vinho- Como foi o pedido?- perguntei e ela se animou e Itachi sorriu 

-Itachi me levou para jantar à luz de velas e me pediu, foi muito lindo

-Imagino, vindo...- Sasuke colocou o dedo na minha intimidade ainda por cima da calça- Vindo do Itachi já era esperado  algo assim- terminei de falar, peguei a mão do Sasuke e tirei de mim

-E você querida pretende seguir carreira com o que?

-Medicina- falei tomando suco 

-Você e o Sasuke estão junto o quanto tempo?- Izumi perguntou 

-Quase 3 meses- falei antes do Sasuke

Terminamos de comer e depois comemos a sobremesa e fomos nós sentar no sofá

-Achei- Mikoto voltou de algum lugar e se sentou entre eu e a Izumi

-Não mãe- Sasuke falou com um copo de whisky na mão 

-Esse aqui é o Sasuke na maternidade- Mikoto falou ignorando o Sasuke

-Nossa ele era bonitinho- falei 

-Eles dois correndo pelados- ela mostrou uma foto que a toalha do Itachi caiu e o Sasuke corria pelado- Sasuke não gostava de ficar com roupa- olhei pra ele

-Esse daqui é o ursinho dele não?

-Dino- Itachi falou e veio ver- Ele era chato com esse ursinho em

-Porque?- perguntei 

-Ele não fazia nada sem ele- Mikoto respondeu por ele- Aqui todos nós no jantar de natal- ela mostrou uma foto da família reunida, o pai do Sasuke parecia ser bem bravo e então senti o clima estranho no ar

-Acho melhor subirmos- Itachi falou e a Izumi se levantou

-Boa noite- ela falou e todos respondemos e ambos se levantaram

-Eu vou indo também- me levantei e olhei pro Sasuke

-Vai indo que eu já vou- ele falou

-Boa noite Mikoto- falei 

-Tchau querida- ela falou e eu subi para o quarto, escovei meus dentes e arrumei a cama e me deitei

Sasuke não apareceu, olhava para o relógio a cada minuto e nada dele. Já era 01:50 quando escutei a porta sendo aberta devagar. Fechei meus olhos então alguém se deitou do meu lado e eu senti o cheiro de cigarro e depois eu dormi realmente 


continua...



Notas Finais


espero que vocês tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...