1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 19

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem

Capítulo 19 - Capítulo 19


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 19 - Capítulo 19

Já era o dia seguinte e nada da Sakura, acordei achando que ela estaria aqui mas nada

Me arrumei e fui ao meu escritório, liguei pro Naruto

Ligação on

-Falou com a Hinata?

-Meu celular desligou, foi mal mas ela não sabe e também a Sakura não responde ela

-Naruto você não acha que isso é coisa que eu deveria saber na hora? 

-Sasuke... amor, tá eu já vou

-Naruto

-Hinata falou pra você não se preocupar, ela sumia assim de vez em quando 

-Tá, tchau

ligação off

Talvez eu esteja exagerando, peguei meu celular e agora que as minhas mensagem chegaram na Sakura, o celular dela deve ter descarregado 

Era terça e nada da Sakura, eu administrava o morro mas não conseguia me concentrar direito. No domingo eu fui numa festa e Hinata e o Naruto estavam lá, Sai também mas a Ino não. Falei com a Hinata

flash back on

-Por quanto tempo a Sakura ficou sumida?

-4, 5 dias

-O que vocês faziam?

-Sakura se desconectava de tudo e aparecia uma hora ou outra, ninguém sabia para onde ela ia, então não precisa se preocupar 

Talvez ela esteja certa, to me preocupando à toa 

flash back off

Quando anoiteceu voltei para casa e a luz estava acesa, peguei a minha arma e abri a porta lentamente e entrei

-Não se mecha- falei apontando a arma para a pessoa que estava sentada no sofá 

-Sou eu- Ino falou se levantando e me olhando de cima a baixo

-Garota você é doida de entrar na casa do dono do morro?

-Cadê a Sakura?

-Sumiu e não apareceu

-Como assim?- ela falou e parecia nervosa

-O que foi? a Hinata falou para eu não me preocupar porque ela vivia sumindo

-Quando ela sumia Sasuke ela tinha o porque não passou isso pela sua cabeça? aqui ela estava feliz- Ino falou e sabia que minha intuição estava certa

-Na onde ela pode estar?

-Não sei nunca sabíamos para onde ela ia

-Ela te responde?

-Meu celular quebrou e só amanhã pra eu comprar outro, cheguei a pouco tempo de viagem 

-Ino...

-Descansa e amanhã vamos procurar por ela

-Tá, quer que eu te deixe no Sai?

-Não precisa, mais obrigada- ela falou e saiu

Tomei um banho e fiz uma comida e comi em seguida subi para o meu quarto e me deitei, era estranho dormir agora sem a Sakura me atiçando ou contando algo engraçado que só ela achava graça e falando do seu dia até dormir. Acendi um beck e fiquei fumando enquanto pensava, me veio a minha mãe e finalmente criei coragem e fui ao quarto dela, Itachi não havia mexido aqui

Me sentei na cama dela e abri suas gavetas e na última havia cartas, uma para mim e a outra para Sakura. Abri a minha

Para meu querido Filho, Sasuke

Filho se você está lendo isso, significa que eu infelizmente faleci. Queria deixar algumas coisas claras que provavelmente eu não deixei quando estive viva. Seu pai te amava Sasuke, ele podia ser um alcoólatra mas sempre que estava sóbrio ele perguntava de você e do Itachi e torcia para que você fosse melhor que ele, ele sabia que você se tornaria um grande Uchiha, ele teve orgulho de você desde o último dia de sua vida assim como eu. Eu me perguntavam como era isso, ter ódio e amar ao mesmo tempo mas então cheguei à conclusão que você sabe. Itachi me contou tudo que ele sabia sobre a sua relação com a Sakura, e ela me contou algumas coisas mas sempre fazia você ser o certo da história e ela a errada, você odiava ela mas agora a ama, não? Sakura é uma ótima menina, ela foi a nora de mentirinha mais legal que eu tive, você acredita que ela me chamou de mãe algumas vezes sem querer e sempre que nós abraçávamos ela me abraçava mais forte e eu percebi que ela nunca teve isso, um dia ela vai embora e provavelmente não vai saber se essa é uma opção certa pois ela tá se apegando a você, então faça o que é melhor pra ela não pra você. Eu te amo e saiba que eu tenho orgulho de você, nunca me arrependi de nada e espero que você nunca se arrependa também. Filho queria pode falar mais coisas mas é isso que o tempo me dá, me perdoa se eu não fui uma ótima mãe pra você ou fiz algo que não foi bom para você. Eu te amo querido.

Da sua mãe, Mikoto.      

Minha mãe sempre me pega de surpresa, me deitei na sua cama, reli a sua carta varias vezes até que dormir

Acordei me arrumei e fui ao escritório e por um momento havia esquecida da Sakura, me sentei na cadeira e fiquei um tempo olhando uns papéis até que a porta é aberta 

-Você não pode entrar- um dos meus meninos falou pra Ino segurando seu braço

-Ele não se importa, me solta- ela falou e ele me olhou

-Deixa- falei e assim ele fez e fechou a porta

-Peguei meu celular e olha...- ela me mostrou a conversa dela com a Sakura e a última mensagem que ela havia falado dizia “Ino to indo ver meu pai, to pressentindo algo mas tenho que ir ver ele. Se me acontecer algo já sabe onde eu vou estar”

-PORRA PORRA PORRA- falei e bati na mesa

-E agora?- ela falou, fiquei um tempo com a cabeça abaixada, estou com raiva, muita. Peguei o meu rádio e chamei o Naruto e o Neji

-Vai pra casa Ino, eu te ligo assim que encontrar ela- falei em levantando

-Você vai atrás dele?

-Sim- falei e sai da sala, os meninos estavam do lado de fora me esperando

-O que aconteceu?- Naruto perguntou 

-Vamos na casa do pai da Sakura, ela mandou uma mensagem falando que se não aparecesse algo aconteceu com ela- falei e abri a porta do meu carro e dirigi até lá, Naruto e o Neji veio com a moto atrás 

Sai do carro e toquei a campainha, uma moça nós atendeu

-Oi quem gostaria?

-Kisashi está?- perguntei 

-O antigo dono, ele vendeu essa casa para mim

-Sabe onde ele mora agora?

-Não, ele vendeu essa casa a vista e sumiu sem dizer nada- olhei para ela. Uma senhora de 60 anos eu diria

Dei de costa e fui até o meu carro e encostei a minha cabeça nele

-O que aconteceu?- Naruto perguntou 

-A moça falou que ele mudou de casa- falei sem olhar para eles e meu celular tocou, Ino

ligação on

-Oi

-Você achou ele?

-Não, disque ele não mora mais aqui

-To na casa da tia da Sakura com a Hinata, a tia dela colocou um rastreador no carro que mostra no endereço da casa do pai dela

-Mas a velhinha falou que ele mudou

-Velhinha? uma com os cabelos grisalhos, parecia ter 60 anos e com uma voz gentil?

-Uhum

-Ela é a vó da Sakura, Sasuke essa veia não gosta da Sakura 

-Que merda, eu te ligo de volta

ligação off

-Ino falou que o carro que a Sakura usou para vim tá na casa- falei olhando pra casa

-Só dar o comando- Neji falou

-Temos que ser espertos, se a Sakura estiver ali...- fiquei olhando e pensando então vi a cortina se mexer- Vamos- entrei no carro e fui para rua de cima e parei o carro, Naruto e Neji entrou e ficaram quietos, o que eu faço?

-E se você falar com ela de novo enquanto a gente entra por trás, se não vermos nada da Sakura ou da pai dela...

-Ino falou que aquela veia é a avó que não gosta da Sakura, temos que ter cautela, Sakura é refém

-Então vamos entrar com tudo, por trás frente, lados, assim se alguém fugir não vai ter por onde- Naruto falou e ambas estratégias não era ruim

-Chama o Sai, Kiba, Shino e o chouji, vamos entrar com tudo- falei olhando pra janela

Assim que os meninos chegaram eu expliquei para eles na onde deveriam ficar e o que fazer

-No meu comando... Já- falei no rádio, arrombei a porta, entrei junto com o Neji que subiu as escadas, fui na sala onde estava a velha que me apontava uma arma

-Achei ele- Neji falou próximo de mim

-Abaixa essa arma- falei

-Solta meu filho- ela falou trêmula, Kiba estava indo por trás dela e pegou a arma da sua mão 

-Revistem- falei e assim eles foram

-O que vocês querem?- a velha falou, fiquei olhando para o pai da Sakura que me olhava também- O que eles querem Kisashi?

-Sakura- ele falou e eu senti uma raiva, me sentei na poltrona e suspirei, peguei meu cigarro e acendi

-Nada- Naruto falou e os outros vieram e balançaram a cabeça negando, fechei meus olhos e soltei a fumaça

-Você tem uma chance e talvez eu posso não acabar com você- apontei meu dedo que segurava o cigarro- E ela- apontei para a mãe dele

-Você não teria coragem- o olhei 

-Cadê a Sakura?

-Então aquela fedelha significa alguma coisa pra você?- ele falou

-Cadê a Sakura?- repeti

-Não sei- ele falou, me levantei e fui até ele, me abaixei e apaguei o cigarro no seu rosto ele gemeu de dor, me levantei

-E você?- olhei pra velha

-Eu não sei...- ela falou gaguejando, apontei minha arma para ela

-1.. 2...

-Eu não sei- ela falou e eu atirei do seu lado- Eu sai e ela ainda estava aqui e quando cheguei ela não estava

-Engraçado ela sumir no dia do aniversário dela

-Já ouviu aquela frase? “o que é seu sempre volta?”- o pai dela falou

-Por isso que eu vou ter ela de volta, ela é minha- bati com a arma na cara dele- Vai me dizer onde ela está ou vou ter que tirar a vida de alguém hoje?

-Você não tem cora...- não esperei ele falar, me levantei e atirei na cabeça da mãe dele

-AGORA FALA QUE EU NÃO TENHO CORAGEM CARALHO, VOCÊ ESQUECEU COM QUEM ESTÁ FALANDO, COM QUEM ESTÁ MEXENDO NÃO É MESMO?- Neji havia levantado ele- SOU O SASUKE UCHIHA PORRA E VOCÊ VAI ME FALAR ONDE ESTÁ A SAKURA SE NÃO VAI SER DUAS PESSOAS MORTAS

-Não sei quem é Sakura- ele falou me olhando. Segurei na seu camisa e dei um soco na sua cara, outro e depois outro

-Vou te fazer lembrar quem é ela- me levantei e olhei para os meninos que pegaram ele e levaram

-Limpem isso é se livrem do corpo- falei para o Shino, Sai, Kiba e o Chouji

-Sasuke eu achei isso- Sai falou me entregando o celular do pai da Sakura, peguei e sai da casa

-Levem ele para o porão e amarrem ele, eu vou ver ele quando resolver umas coisas

-Quer que brincamos com ele primeiro?- Neji perguntou 

-Não, ele é meu- falei e ambos concordaram e saíram

Entrei no meu carro e dirigi até a casa da tia da Sakura, toquei a campainha e uma empregada atendeu a porta, segui ela até uma sala e quando entrei era um escritório, Ino estava lá junto com a tia dela

-Sasuke- Ino falou

-Sasuke Uchiha, quando eu te vi você tinha 5 anos- tia dela falou

-Sasuke essa é a Tsunade, a tia da Sakura- Ino falou

-O que tem pra mim? espero que seja a Sakura- ela falou sentada na cadeira dela, coloquei a mão no bolso e cravei meu maxilar

-Ela não estava na casa- falei

-Ino falou que você daria conta, to começando a duvidar da sua capacidade garoto- ela falou colocando o cotovelo na mesa e a mão na frente da boca

-Eu vou encontrar ela...

-Como tem certeza?- ela perguntou olhando nós meus olhos

-Porque eu prometi cuidar dela e falhei mas... Eu vou cuidar disso e vou trazê-la de volta

-Ino vai ver a Hinata- Tsunade falou e a Ino se levantou sem falar nada mas me olhou antes de sair- Sakura falou bastante de você- Tsunade se levantou- Coisas boas claro mas eu gosto de pesquisar as coisas a fundo e não foi difícil descobrir que você bateu nela e foi bem rígido em certas coisas- ela me olho e colocou whisky em dois copos e voltou a se sentar- Sente-se- ela falou e assim eu fiz, ela me deu o  outro copo, o peguei

-Foi no começo, antes de eu conhecer ela

-Fiquei pensando no porque dela proteger você, então procurei saber sobre você e olha foi bem difícil mas logo descobrir do seu acordo e do seu pequeno império 

-Onde você quer chegar?

-Eu não tenho filhos mas a Sakura é como se fosse uma filha para mim

-Tsc... onde você estava quando ela apanhava?

-Então ela te contou?

-Sim

-Eu lutei pela guarda dela mas o Kisashi tem mais influência que eu nós tribunais, eu só podia ver ela a cada 15 dias e um dia quando eu fui ver ela ele falou que eu não poderia mais e me mostrou os papeis da guarda completa e sem visitas, eu ligava para ela todo santo dia- ela bateu com o copo na mesa- Mas um dia ela ficou sem me atender e no dia seguinte estava diferente e ficou diferente até esses dias- ela me olhou- Mas hoje ela é a minha Sakura, a Sakura que era 6 anos atrás

-Eu vou trazê-la de volta

-Sakura é herdeira da minha herança e da família dela Sasuke, Sakura tem um futuro promissor, a única Haruno digna. Quando a mãe dela morreu eu prometi que cuidaria dela então não foi só você que descumpriu uma promessa 

-Eu vou interrogar o Kisashi 

-Ela me falou que você quem deu o celular para ela, então..- como não tinha pensado nisso

-Eu tenho que ir- falei

-Eu conto com você pra resgatar a nossa Sakura- ela falou e eu me levantei e voltei pro morro, fui até a minha sala e fui no rastreador de iphone e arrumei com os códigos do celular da Sakura, 3 horas para achar ele, ótimo 3 horas para ver o Kisashi

Desci para o porão onde estava o Neji e o Naruto fumando enquanto olhava para o Kisashi, olhei para eles

-Podem sair- falei e eles saíram, me sentei numa cadeira de frente para ele e acendi um cigarro

-Na onde eu to?- ele perguntou 

-Vai me falar onde a Sakura está ou vou ter que tirar a força?- perguntei soltando fumaça

-Sakura, já ouvi esse nome antes- ele falou me deixando com mais raiva ainda

-Meu plano é conversar com você numa boa mas se você não ajudar vai acontecer o seguinte, vou te bater até a minha mão doer e se eu não estiver satisfeito um dos garotos que estavam aqui vão fazer por mim, vou cortar dois dedos seu fora e te queimar com cada cigarro que eu fumar e te cortar. Se eu não me satisfazer com isso tem o cabo de vassoura que eu vou enfiar no seu cú e depois vou te matar Kisashi da forma mais dolorosa que eu consigo imaginar, então pense duas vezes antes de falar que não conhece a Sakura 

-Como eu disse, não sei do que você tá falando- ele falou, sorri de lado e fui até ele e apaguei meu cigarro na barriga dele

-Naruto, Neji- gritei eles que se aproximaram- Amarra ele em cima- falei e eles fizeram, amarraram o Kisashi com os braços para cima e os pés no chão 

-Não mudou nada

-Mudou para mim- dei um suco na sua costela- Muito melhor bater assim- acendi outro cigarro- A gente tem bastante tempo- falei olhando para ele

-Eu não sei de nada- ele falou e dei um tapa na sua cara e enfiei meu dedão no seu olho

-Eu não tenho uma reputação atoa- falei apertando mais e mais- Alicate- falei e o Neji apareceu com o alicate, coloquei na sua boca e tirei um dente

-aaaaa- ele gemeu de dor e cuspiu sangue

-Quando você estiver pronto- falei voltando a me sentar e acendi outro cigarro

-Eu não sei... do que você tá falando- ele falou

-Neji- falei e o Neji começou a bater nele, fiquei olhando ele gemer de dor, seu rosto sangrar e ele cuspir sangue

O celular começou a vibrar no meu bolso, era o dele e estava escrito Sasori

conversa on

Sasori- depositei o dinheiro

Sasori- terminei de depositar, realmente ela é boa nisso. Vou aproveitar bem a sua filha

conversa off

-Chega- falei e o Neji parou- Sasori está com a Sakura?- perguntei e eles cuspiu sangue

-Sasori?- dei um soco na cara dele que quebro seu nariz

-Não estou para brincadeira, Sakura está com ele?

-Quem sabe- ele falou e eu comecei a dar socos na sua cara sem parar até que ele desmaiou

Depois de um tempo ele voltou 

-Fraco, não aguenta uns soquinhos- falei sentado tomando whisky na frente dele

-Quando... quando a Sakura ainda estava na barriga da minha mulher eu fiquei pensando se seria um ótimo pai então descobri que a mãe dela havia me traído, fiz as contas, Sakura não é a minha filha- ele falou me olhando e cuspindo sangue


continua...



Notas Finais


espero que tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. Desculpa pelos erros de ortografia, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...