1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 28

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem...

Capítulo 28 - Capítulo 28


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 28 - Capítulo 28

Sakura on

Finalmente dia 24, véspera de natal. Estou me arrumando no meu quarto, agorinha os convidados vão chegar se é que já não chegaram pois eu enrolei para começar a me arrumar 

-Você está linda querida- olhei para minha tia do espelho que dava direção a porta

Estou com um vestido vermelho quase que vinho de alcinha que ia até a metade das minhas coxas, ele tem um decote bem mostrado na frente e deixa minhas costas nua, e estou usando um salto nude, passei perfume e olhei para minha tia que está gata com um vestido branco que super valorizou os peitos enorme dela e sua cintura

-Nossa tia a senhora está gata- falei indo até ela

-Que isso, vem os convidados começaram a chegar- descemos e já tem muita gente. Eu chamo essa casa de campo mas na real ela nem é, ela fica sim um pouco afastada da cidade mas é como se fosse um condomínio mas com casas bem afastadas umas das outras e havia bastante árvores em volta. A casa é de madeira e vidro, na frente ela é feita só de vidro, ela é de dois andar e enorme

-Sakura antes da gente socializar deixa eu te contar um negócio- ela pegou duas taças do garçom que passava com a bandeja

-O que?- ela que me entregou uma taça de vinho

-Vai vim uns amigos de trabalho e um pessoal que vai fechar contrato comigo então se alguém mexer com você, você me fala urgente 

-Tá 

-E... o cara que eu estou saindo também 

-Humm quem é?

-Quando ele chegar eu te mostro- concordei e ela ficou me apresentando os amigos do trabalho e outras pessoas

-Então Oxford, uma faculdade incrível- estou conversando com o amigo dela, chefe cirurgião 

-Sim, dá até um nervoso de saber que fui aceita- falei sorrindo gentilmente. Estou um pouco desconfortável com muita gente aqui que eu não conheço mas para minha tia isso é importante e não posso estragar

-Com licença mas vou pegar a Sakura por um minuto- minha tia falou e me levou para o outro lado da sala- Essa é a minha sobrinha- estou de frente para um homem 

-Prazer- falei sorrindo e apertado a mão dele

-Prazer é todo meu, tão linda quanto você Tsunade- ele falou olhando pra mesma

-Esse é o Orochimaru um grande amigo meu de infância

-É ele?- perguntei pra ela

-Não 

-Ah, tá- sorri para os dois e olhei pro lado, para a janela vendo a Hinata e o Naruto chegando- Se me dão licença- falei e sai dali indo atrás deles que não foi difícil achar, ambos estão junto com o Itachi, Ino, Izumi e o Sai no jardim dos fundos

-Saky- Ino falou me abraçando 

-Oi- falei retribuindo o abraço- Você está linda- falei olhando ela de cima a baixo, ela está com um vestido preto tubinho de alcinha que iam até os tornozelos e um aberto na coxa

-Você também- ela falou

-Naruto quanto tempo- falei abraçando ele, o mesmo está de terno preto e uma gravata vermelha com branca

-Então- ele sorriu sem graça

-Hinata- abracei ela- Você está gata- falei no ouvido dela, ela está com um vestido branco quase que do mesmo modelo que o da Ino

-Você também- ela falou no meu

-Oi Sai- abracei ele que retribuiu 

-Oi Sakura- ele falou

-Izumi quanto tempo, olha essa barriga que linda- falei abraçando ela- Posso tocar?

-Claro- ela falou e eu toquei, senti um chute

-Ele chutou, aí que legal- sorri 

-É raro ele chutar assim do nada- ela falou me fazendo abrir um sorrisão, me sentir especial 

-Itachi- falei abraçando ele que me tirou do chão, ele está de terno preto e gravata borboleta preta também 

-Rosada, quanto tempo- ele falou me colocando no chão 

-Então e pensar que vai ser papai agora

-Então- ele sorriu de lado igual o Sasuke.. Sasuke!

-Viram o Sasuke?- perguntei 

-Acho que ele ainda não chegou- Naruto falou, peguei um vinho e bebi. Fiquei olhando em volta e vi pessoas que eu não conhecia em minha volta e fui ficando assustada pois na minha cabeça ecoava as palavras da minha tia “se alguém mexer com você”

-Sakura- Itachi me chamou

-Oi- bebi meu vinho

-Tudo bem?

-Sim

-Ok, então você recebeu alguma resposta da faculdade?

-Oxford, começo em fevereiro 

-Que incrível e você não tá ansiosa?

-Não, não pretendo ir- ele me olhou com uma cara de dúvida

-Porque não? não era seu sonho? medicina

-Antes de tudo o que aconteceu acontecer, eu estava cogitando ir mas agora é como se tudo estivesse claro, depois do meu ocorrido eu fiquei sem dormir por semanas mas o Sasuke me trouxe uma paz e eu não quero perder isso

-Nossa, não sabia disso, ele parece significar muito pra você 

-Sim, eu faria qualquer coisa para manter essa paz e se isso significa deixar minha tia com raiva e ficar do lado do Sasuke eu fico- ele sorriu de lado

-Ao sacrifício?- ele estendeu o copo de whisky dele

-Ao sacrifício- ergui minha taça de vinho e brindamos

-O Sasuke está vindo- ele falou olhando para frente, olhei na mesma direção que ele e o mesmo vinha até nós. Sasuke está em um terno completamente preto exceto pela sua gravata vinho forte

-Oi maninho- Itachi falou assim que ele se aproximou da gente

-Oi Itachi- Sasuke falou, senti o cheiro do seu perfume amadeirado mas um pouco doce, cheiro de quem não vale nada- Sakura- ele me olhou, no fundo dos meus olhos e sua voz saiu rouca e sexy ou talvez seja o efeito do vinho 

-Você está tão gato- falei e ele sorriu de lado, Itachi pegou a minha taça e saiu de perto nós deixando sozinhos

-Você está tão sexy nesse vestido- ele segurou na minha mão e me fez dar uma volta- Valorizou seu corpo em todos os detalhes que...- ele falou olhando de cima a baixo pra mim

-Isso tudo é seu sabia?- falei colocando a mão dele na minha cintura, ele apertou me trazendo até ele, coloquei minha mão em volta do seu pescoço 

-Fala isso de novo

-Meu corpo te pertence, eu sou sua Sasuke...- olhei nós seus olhos e para sua boca, ele fez a mesma coisa- Seria loucura te beijar agora- falei pertinho da sua boca, ele me deu um selinho

-Loucura seria se não beijasse- ele falou, segurei no seu rosto e nos beijamos de língua, um beijo de tirar o fôlego, ele colocou seu braço em volta da minha cintura e eu mantive minha mão no arco do seu pescoço, tanto eu quanto o Sasuke queria isso desde o começo 

-Isso é tão bom- ele falou me olhando, sorri acariciando seu rosto com meu polegar

-Senhor Uchiha- um homem se aproximou da gente, assim como eu o Sasuke olhou para ele- Desculpe atrapalhar mas é uma surpresa o senhor aqui- ele está sendo tão formal com o Sasuke

-Estou passando o natal com a minha namorada e a família dela apenas senhor Mizuko- namorada? eu? quando?

-Então essa bela jovem é sua namorada, bem reservado a sua vida afinal não saiu em nenhum lugar 

-Praze Sakura- falei estendendo a minha mão, ele a apertou. Sasuke colocou a mão nas minhas costas e a levou para cintura me aproximando dele

-Prazer é meu Sakura, sua tia falou coisas boas de você- ele sorriu- Eu te esperei segunda Sasuke

-Eu estive ocupado mas a senhorita  Yomozuki remarcou não?- eles ficaram falando e eu parei de prestar atenção pois a minha tia apareceu na porta e fez um sinal para eu ir lá 

-Com licença- falei dando um beijo na bochecha do Sasuke e um sorriso para o moço e sai dali indo até ela

-Ele chegou- minha tia falou e me levou até ele

-Essa aqui é a Sakura, Sakura esses são Kushina, Minato e o Jiraiya

-Senhor e senhora Uzumaki- falei sorrindo e apertando a mão deles- Olá, muito prazer em te conhecer Jiraya- falei apertando a mão dele também 

-Sua tia não para de falar de você “a minha encarnação” Tsunade fala- Jiraya falou e a minha tia deu uma cotovelada nele

-Minha tia é incrível, seria esplêndido até mesmo surpreendente se eu alcançasse ela ou pelo menos fizesse um terço das coisas que ela faz 

-Não é pra tanto Sakura- minha tia falou bebendo- Mas é verdade

-Sempre se gabando- Jiraya falou

-Mas Sakura quanto tempo em- Kushina falou

-Então vocês se conhecem?- Minha tia falou

-Sim, uma vez nós encontramos na minha casa ela havia ido numa festa do Naruto- Kushina falou

-Pois é tanta coisa aconteceu- falei colocando minha mão para trás e fechando num punho enquanto sorria

-Espero te ver mais vezes- ela falou. Depois de um tempo eu sai dali e voltei para o pessoal e o Sasuke estava do lado do Naruto bebendo Whisky

-Voltei- falei 

-Sakura você não acha melhor sexo sem música do que com música?- Ino falou

-Meu Deus gente, do que vocês estão falando?- perguntei pegando uma taça de vinho da bandeja de um dos garçons que passou perto de mim. Fiquei atrás do Sasuke e coloquei uma de minhas mãos no seu ombro 

-Naruto falou que criar um clima é melhor

-Já você discorda?- perguntei 

-Mais ou menos

-Ino você é esquisita- Itachi falou e eu fui me sentar ao lado da Izumi para ficar tocando na sua barriga

-Não sou esquisita, tipo Naruto quando você tá no ato, tira roupa e pá você para pra colocar uma musica?- todo mundo olhou para Hinata que ficou vermelha e o Naruto que bebeu o whisky dele tranquilamente e sorriu de lado

-Ino para de colocar pilha nesse assunto- Sasuke falou

-Que barulho foi esse?- escutei um barulho de água, olhei pra piscina mas ninguém havia pulado nela

-Droga... a minha bolsa estourou- Izumi falou tocando na barriga dela

-Que?- Itachi se levantou da cadeira 

-Minha bolsa Itachi- ela falou com a respiração desregulada. Se ela não sentiu nenhuma contração com certeza vai sentir agora

-Respira fundo- falei ajudando ela a levantar junto com o Itachi- Sasuke busca o carro- o mesmo levantou e foi- Vamos- fomos andando até a porta, todos já estavam cientes que ela daria a luz, olhei brevemente para a minha tia que deu um sinal de positivo para eu ir junto e assim eu fiz

-Respira querida, estamos chegando- Itachi falou, estamos no banco de trás segurando a mão dela que geme de dor 

-Não faz força Izumi, com licença deixa eu ver um negócio- toquei na sua intimidade, finalmente as aulas que a minha tia me deu vão servi para alguma coisa- Você tá dilatada, isso é ótimo mas não faz força se não o bebê nasce aqui- ela me olhou, está soando e respirando fundo

-Vai Sasuke- Itachi falou nervoso 

-Tá doendo muito aaaaaa- ela aperta nossa mão- Muito- toquei na sua barriga e o Itachi também, nós olhamos e ele havia notado assim como eu

-Vai dar tudo certo- falei então o carro parou, desci do carro e ela em seguida Itachi foi na frente e voltou com uma enfermeira e uma cadeira de roda 

Ela entrou numa sala, eu e o Sasuke ficamos do lado de fora então o Itachi aparece de novo

-Sasuke vem ver o nascimento do seu afilhado- ele falou e o Sasuke levantou e me olhou 

-Vou ficar bem, vai lá- falei e ambos entraram

-Já nasceu?- Ino perguntou aparecendo depois de um tempo 

-Não sei, eles estão na sala a um tempo mas eu acho que vão demorar um pouco- dobrei a minha perna e coloquei meu braço dobrado na minha frente 

-Porque você acha isso Sakura?- Hinata perguntou 

-Eu toquei na barriga da Izumi e o bebê dela não estava normal, o parto seria normal mas acho que vai ser cesária 

-O que seria?

-Talvez o bebê esteja na posição errada, não sei- falei balançando a minha perna e olhando para porta

-Cadê o Sasuke?- Naruto perguntou 

-Entrou com eles

Passou uma hora mais ou menos e os médicos juntos com as enfermeiras saíram

-Podem entrar- o médico falou e assim fizemos

-Bem vindo ao novo membro da família, Suzui Uchiha- Itachi falou segurando ele

-Como foi?- Hinata perguntou 

-Fiz cesária, ele estava na posição errada mas tudo ocorreu bem- ela falou e o Itachi deu um beijo na testa dela

-Você é titio- falei perto do Sasuke que estava sem o paletó e com as mangas da camisa no cotovelo. Ele sorriu enquanto olhava para o Itachi e a Izumi, parecia pensar 

-Gente já é 00:30- Naruto falou olhando no relógio 

-Feliz natal- Sasuke falou me olhando

Nós braçados e desejamos feliz natal para todos. Hinata e o Naruto foram embora quando deu 01:00 

-Vai ficar Sakura ou quer carona?- Ino perguntou se levantando. Olhei no meu celular e já era 01:30 

-Pode ir se quiser eu vou ficar mais um pouco- Sasuke falou

-Vou ficar- falei olhando pra ela 

-Tá, me liga qualquer coisa. Tchau gente- ela falou e saiu junto com o Sai

-Vou pegar um café- Itachi falou e o Sasuke foi junto com ele. Me sentei na poltrona ao lado da Izumi

-Quer pegar ele?- Izumi falou, concordei e ela me entregou ele colocando nós meus braços 

-Eu não sei como segurar um bebê- falei segurando ele sem jeito

-Nunca segurou um antes?- ela falou 

-Uhum- neguei e fiquei olhando para ele que está dormindo- Tão pequeno, frágil e lindo- sorri olhando pra ele que deu um sorrisinho 

-Sim, a cara do Itachi

-Verdade, qual a sensação que você sentiu quando segurou ele pela primeira vez?

-Sinceramente eu não sei explicar, eu senti tudo que há de bom- ela sorriu 

-Você vai ser uma ótima mãe 

-Esse é o meu medo, não ser uma mãe boa

-Que isso, lógico que vai

-Como foi...- ela ficou quieta

-Que foi? pode terminar- entreguei o Suzui pra ela

-Desculpa eu esqueci que você não conheceu a sua mãe 

-Ah, sim eu não conheci ela e nunca tive amor paterno- dobrei as minhas pernas- Mas... eu acho que sei o que é isso, o sentimento de ser amada por uma. Quando a Mikoto passou um tempo na casa do Sasuke ela me tratava como filha, ela mesma falou isso- meu olho lacrimejou

-Tá chorando? se você chorar eu vou chorar também- ela passou a mão nós olhos

-Não- ri passando minha mão nós meus olhos também- Ela ia ficar tão feliz em ver o neto dela 

-Ia- Izumi falou- Desculpa por tocar nesse assunto

-Que isso e afinal eu tenho a minha tia também que é como uma mãe pra mim- ela segurou a minha mão e sorriu

-Você é tão bondosa Sakura, espero que o meu filho seja assim também- sorri

Depois de um tempo os meninos voltaram e ficaram em volta da Izumi, me levantei e deixei o Itachi sentar na poltrona, fiquei ao lado do Sasuke e toquei no meu braço, estou com frio. Ele colocou o paletó dele em mim

-Obrigada- falei

-Vamos embora?- concordei. Nós despedimos e em seguida fomos ao estacionamento e adentramos ao carro do Sasuke

-Você sabia que ia ser o padrinho?- perguntei quando ele parou o carro no semáforo e ajustou o ar para sair um ar quente

-Não, ele me pegou de surpresa- Sasuke falou mudando de macha e voltando a dirigir. Paramos o carro em frente à casa da minha tia onde ainda havias pessoas, suspirei- Vamos pra minha casa?

-Uhum- falei e o mesmo dirigiu até o centro da cidade- O que estamos fazendo aqui? sua casa não é no morro?- perguntei vendo um monte de prédios, ele entrou num estacionamento de um hotel, estacionou e saiu do carro, abriu a porta pra mim e eu sai

-Eu moro aqui agora- ele falou segurando na minha mão e me levando até o elevador

-Porque não me disse?- falei quando a porta foi aberta. Entramos e ele apertou o botão 20 então o elevador subiu

-Não falei? achei que tinha contado- ele falou se apoiando no espelho

-Deve ter contado pra outra- falei olhando pra cima

-Quer arrumar caso essas horas?- ele falou me puxando pros braços dele e me abraçando pela cintura

-Não to arrumando caso- olhei pra ele e fiquei olhando para os seus olhos escuros e nem percebi que a porta foi aberta, ele pegou na minha mão e me levou até uma porta, na verdade havia só duas, uma de frente pra outra, ele colocou o dedão na porta que abriu

Ele abriu a porta e me deu espaço para passar. A decoração é toda de cinza e preto, de frente pra porta é a sala onde havia um sofá enorme que ficava de frente para um teve enorme e havia um piano perto da parede de vidro que dava a vista para fora, atrás do sofá era a cozinha onde tinha uma mesa redonda

-Que lindo- falei indo até a parede de vidro

-Sim, eu comprei esses dias

-Porque? e a casa do morro?

-Ainda está lá só achei essa mais perto da sua tia- olhei pra ele que ainda estava perto da porta e me olhava com as mãos no bolso

-10km?- ele sorriu de lado

-Você não deixa passar nada né 

-Gosto de observar

-Tá com fome?

-Acho que sim- falei tirando o paletó e colocando nas costas do sofá e abaixando o meu vestido que havia subido. Olhei pro Sasuke que me olhava, ele cravou o maxilar e foi até a cozinha

Me sentei no sofá com as pernas cruzadas enquanto mexia no meu celular

-Aqui está, lasanha feito no microondas e arroz, para bebida vinho branco- ele me estendeu o prato que peguei e colocou o dele na mesa de centro assim como as taças onde serviu o vinho

-Muito gostoso sua lasanha de microondas- falei e ele sorriu me entregando a taça, bebi

Comemos enquanto conversamos sobre algumas coisas aleatórias 

-Eu nunca assisti os filmes de herry potter- falei

-Porque não?

-Eu prefiro ler do que assistir, toda vez que leio um livro e vou assistir o filme ele mudam tudo e me deixa com raiva- falei colocando o prato na mesinha e limpando a minha boca, tomei meu vinho, Sasuke colocou mais

-Eu estraguei o seu natal?- ele perguntou bebendo o vinho

-Que? não! ele foi simplesmente maravilhoso, passei com todos que eu amo e sinceramente aquela festa da minha tia me deixou desconfortável 

-Porque?

-Muita gente que a minha tia ficava me apresentando e sei lá eles me olhavam...- olhei para lareira e bebi meu vinho

-Com segunda intenções?- olhei pra ele

-Como foi o parto da Izumi?- mudei de assunto

-Aterrorizante mas bom, quando eu segurei o Suzui eu senti... algo

-Achei que você não quisesse filhos- bebi meu vinho

-Querer eu quero mas sei lá- ele encostou suas costas no sofá, coloquei meu braço no sofá que apoiava minha cabeça e dobrei as minhas pernas, estava de frente pra ele que olhava para tevê então me olhou- O Itachi quando descobriu da gravidez falou comigo e falou que estava com medo de ser igual o meu pai, eu falei pra ele não pensar daquele jeito pois ele é melhor que o nosso pai, Itachi salva vidas entende? Meu pai tirava vidas- ele bebeu o vinho assim como eu- E quando eu segurei o Suzui eu entendi o medo dele, não era ser igual meu pai e sim não ser o suficiente pro Suzui

-Esse é o seu medo também?

-Sim- ele encostou a cabeça no sofá, me aproximei dele e toquei no seu cabelo, ele me olhou- Eu vou esperar você pra gente ter um filho

-Humm ter um filho do senhor Uchiha que tentador- ele sorriu de lado

-Tentador é você com esse vestido e a gente não pode fazer um bebê agora- sorri e dei um selinho nele

-Tentador foi ver você de terno, tão lindo e falando em bebê eu esqueci seu presente na casa da minha tia

-Você quer o seu agora?

-Sim, mas é o que? Aí Sasuke vamos entregar juntos para ser mais legal

-Você que sabe

-Mas é o que?

-Não vou falar

-Você é tão chato- ele sorriu e serviu mais vinho pra gente. Ficamos bebendo e conversando até o sol aparecer e então fomos dormi na cama dele que é tão macia 


continua....



Notas Finais


espero que tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. desculpa pelos erros de ortografia e até o próximo capítulo 😎🥰🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...