1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 38

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 38


Escrita por:


Notas do Autor


espero que vocês gostem...

*aviso*
hentai

Capítulo 38 - Capítulo 38


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 38 - Capítulo 38

Sasuke on

Acordei sozinho na cama e com o quarto escuro, me levantei abri a janela, escovei meus dentes e tomei um banho 

Desci e a Sakura não estava na cozinha e nem no deque, procurei pela casa e ela não estava no lugar nenhum, são 14:40 para onde ela iria sozinha?

Peguei meu celular e liguei para ela que me atendeu no terceiro toque

ligação on

-Oi querido- ela falou

-Na onde você tá?- a porta foi  aberta e ela entra segurando um buquê e com o meu motorista segurando sacolas, ele deixou no sofá e saiu

ligação off

-Na onde você estava?- perguntei e ele se aproximou de mim

-Aqui- ela me deu o buquê de rosas vermelhas- Queria comprar um presente pra você, por você ter sido muito legal comigo- peguei e ela foi pra cozinha, peguei o bilhete que estava em cima das rosas

“Sasuke, te quero para sempre comigo”

-Porque? 

-Como eu disse, um presente- ela se aproximou de mim e me deu um selinho

-Nunca ganhei flores antes- falei e ela riu

-Fofo né

-Agora porque você saiu sem eu? fiquei preocupado quando não te vi quando acordei

-Mas eu te chamei, você falou “me deixa dormir” e eu deixei- ela falou imitando a minha voz, fiquei olhando pra ela que sorriu e me abraçou- Tá com fome?

-Uhum- ela me deu um selinho 

-Vou fazer algo para comermos então- ela se soltou de mim e deu um passo mas segurei no seu braço e puxei ela que chocou no meu corpo, dei um beijo nela que retribuiu e quando terminamos ela me olhou sorrindo, soltei ela que saiu andando, dei um tapa na sua bunda

-Sabe a gente poderia ficar aqui mais alguns dias, tão legal aqui- Sakura falou, estamos comendo a comida que ela fez 

-Porque quer ficar aqui? achei que você estava com saudade das meninas, da sua tia e quisesse voltar logo, não foi isso que você falou quando estávamos em Londres?- falei colocando meu cotovelo na mesa e entrelaçando minha mão apoiando minha cabeça sobre ela

-É...- ela olhou pro lado- A gente nem visitou os lugares direito

-Visitamos praticamente todos os pontos turísticos daqui- ela me olhou mordendo a boca- Tem algo que você quer me dizer?

-Não, só que quando voltarmos a realidade vai vim à tona, eu to vivendo um conto de fadas aqui, não quero deixar ele- sorri de lado

-Eu planejei essa viagem para você distrair a cabeça um pouco mas o objetivo dela nunca foi ser permanente

-Eu sei- ela olhou pro lado e depois me olhou com um sorriso malicioso

Ela se levantou e ficou ao meu lado e segurou no meu queixo 

-Mas o que eu posso fazer para ela se torna permanente?- ela desceu sua mão pela minha barriga

-Isso não vai rolar

-Será?- ela me beijou e colocou a mão por dentro do meu short tocando no meu pau- Vamos senhor Uchiha a gente tem que voltar mesmo?- ela perguntou me olhando

-Sim- falei e ela suspirou e tirou a mão de dentro do meu short

-Então sem continuação pra você- ela falou fazendo bico e pegando nossos pratos, copos e indo para dentro da casa, suspirei e joguei minha cabeça para trás bagunçando meu cabelo

Entrei na casa e fui para cozinha onde a Sakura estava lavando a louça, abracei ela por trás e beijei seu pescoço 

-Sai Sasuke to lavando aqui e você tá me atrapalhando- ela falou, segurei na sua cintura 

-Olha como você me deixou e ainda quer que eu te deixe em paz?- levantei seu vestido e prensei sua bunda no meu pau por cima do meu short

-Você quem fez eu parar- ela tirou minha mão da sua cintura e continuou a lavar a louça, me sentei no mármore do lado da pia- Eu pedi paz Sasuke

-Mas eu não to falando nada- falei e ela secou a mão num pano e começou a guardar a louça 

-Mas eu acho engraçado que eu faço tudo por você e você não pode retribuir?- ela falou e eu suspirei

-Você sabe que eu faria, na verdade faço qualquer coisa por você mas o que você tá pedindo é impossível- ela se aproximou de mim ficando entre as minhas pernas e colocou sua mão em cima da minha coxa

-Você falou que me ama, não quer me ver feliz Sasuke?- ela fez uma carinha triste

-Você sabe que essa decisão não depende de mim

-Depende de nós, eu escolhi você e você me escolheu vamos viver juntos 

-Garota para se não eu vou acabar mudando de ideia- segurei no seu rosto

-Esse é o objetivo 

-Eu não posso mudar de ideia, se eu não te levar de volta sua tia me mata

-Minha tia, quem liga?

-Eu ligo Sakura, gosto da minha cabeça no meu pescoço- ela riu- Eu prometo que ainda vamos viver juntos aonde você quiser mas agora o nosso conto de fadas acaba aqui, na verdade vamos continuar ele só que no nosso lar

-Tá- ela falou suspirando fechando os olhos- Vamos pedir comida? to com vontade de comer algo doce- ela falou e eu ri

-Sakura você é um poço sem fundo- ela sorriu

Estamos no sofá assistindo tevê, Sakura comeu o bolo de chocolate dela e agora está cochilando no meu colo e eu estou mexendo no meu celular, meu tio marcou uma reunião comigo uma semana depois que eu voltasse para o Brasil para ver os detalhes da empresa que ele me deu

Sakura começou a se mexer no meu colo, ela está quente e soando

-Ei Sakura- chamei ela- Sakura- ela acordou e encostou sua testa no meu peito

-Tive mais um pesadelo

-O que você sonhou?- ela me olhou e me beijou ferozmente ficando por cima de mim

-Sasuke me faça sentir algo eu preciso... de você urgente em mim- ela me olhou e tirou o vestido dela ficando só de lingerie- Toca em mim- ela pegou na minha mão e levou até sua coxa passando a pontas dos meus dedos na sua barriga, seios, rosto e chupou meu dedão

Engraçado como tudo o que a gente faz se resume a sexo

Me sentei e segurei na sua cintura e no seu cabelo, beijei ela. Aconteceu algo para que ela agisse dessa forma deve ser o sonho mas ela não quer falar dele se não já teria falado então pergunto depois

-Não quero que você seja bonzinho, pode brincar comigo como quiser- ela falou parando o beijo e voltou a me beijar e desabotoou meu short e massageou meu pau fazendo ele ficar duro

Troquei de posição e fiz ela ficar sentada meio que deitada com a perna aberta, chupei seus seios enquanto passava minha mão na sua buceta

-Me chupa- ela falou passando a mão no meu cabelo, desci beijando pela sua barriga até chegar na sua buceta, beijei sua coxa e olhei para ela que me olhava atentamente, brinquei com a minha língua no seu clitóris enquanto enfiava dois dedos nela e depois massageei seu clitóris com meu dedão e com a minha língua enfiei nela

-Annnnw- ela gemia sem parar- Para e enfia esse pau em mim- ela puxou meu cabelo fazendo eu parar, beijei ela ainda passando minha mão rapidamente no seu clitóris- SASUKEEEEEE- ela me arranhava

-Você disse para eu fazer o que quisesse com você- segurei no seu rosto, ela ficou com boca de peixe, fofa nem parece que vou meter meu pau nela até não aguentar mais. Dei um tapa no seu rosto e me arrumei entre as suas pernas, segurei nas costas do sofá e enfiei meu pau inteiro nela de uma vez

-Annnwwwi que... gostoso- ela gemeu me olhando, comecei a movimentar rápido e fundo- Isso bem fundo e gostoso só do jeito que você sabe fazer Sasukeee- ela me arranhou e passou a mão na minha bunda, segurando na minha cintura

-Vagabunda gostosa- falei olhando pra ela que sorria

-Sou uma vagabunda, sou sua vagabunda anwww- ela gemeu e contraiu sua buceta no meu pau, me apertando, joguei minha cabeça para trás e comecei a estocar fundo e devagar- Hummm Sasuke

-Eu quero gozar no seu cuzinho Sakura- olhei para ela que estava com os olhos arregalados, acelerei e coloquei minha mão no seu pescoço- Você falou pra mim fazer o que eu quisesse e eu vou fazer- beijei ela estocando bem fundo- Agora goza no meu pau e deixe ele bem molhado- ela gemeu e gozou depois de umas estocadas bem gostosas

Tirei meu pau dela e a coloquei de quatro, levei dois dedos na minha boca e enfiei no seu cu para ele se acostumar

-Aí- ela falou quando enfiei os dedos de uma vez

-Eles fizeram isso com você também?- perguntei mas ela ficou quieta, abri suas pernas e fiz suas costas ficarem curvada- Fizeram?

-Anda logo com isso- ela falou, cravei meu maxilar e a virei de frente para mim ela estava com os olhos vermelhos cheio de lágrimas 

-O que foi?

-Nada, vamos eu falei que você poderia fazer o que quisesse pode continuar- ela falou virando o rosto e o seu corpo em seguida mas eu fiz ela se sentar de frente para mim

-Sakura- falei cravando meu maxilar, estava ficando bravo 

-Eu sonhei com eles me fazendo transar com ele e você só ficava olhando, eu gritava pra você me ajudar mas você ria enquanto me olhava e quando eu gritei pela última vez enfiaram o pau na minha...- ela limpou uma lágrima que caiu- Sasuke eles abusaram de mim de todos os jeitos possíveis, eu sentir tanta dor que achei que não aguentaria- ela me olhou e limpava o rosto enquanto caia lágrimas 

-Ei desculpa...

-Não pede desculpa, você não fez nada eu que sonho e sou uma idiota

-Não é- a puxei para um abraço apertado 

-Achei que tinha superado

-Faz quanto tempo que você tem sonhado?

-Desde Londres, desculpa não contar- ela falou com voz de choro, me separei dela e toquei no seu rosto limpando as lágrimas que caiam com o meu dedão 

-Apesar de eu amar você querer fazer sexo para escapar dos seus medos eu to aqui para te ajudar chorona- ela sorriu

-Eu sei, vamos continuar da onde paramos- ela colocou a mão no meu peito

-Melhor não, tá sem clima

-Desculpa- ela falou se sentando 

-Tsc.. relaxa

-Eu vou tomar banho- falei me levantando do sofá

Achei que a Sakura fosse vim atrás mas nenhum sinal dela, me apressei no banho e vesti uma roupa e voltei para sala onde ela não estava, então olhei para o deque e fiquei parado na porta

Sakura colocou sua cabeça para fora e me olhou sorrindo e voltou a mergulhar depois saiu da piscina tipo aquelas mulheres em filmes, subiu pela escada que havia grandona na ponta da piscina e veio andando até mim e pegou a toalha que estava na minha mão que eu estava usando para secar meu cabelo e se enrolou nela

-Quer assistir filme?- perguntei 

-Quero, faz pipoca enquanto eu tomo um banho- ela me deu um selinho e subiu para o quarto

Fiz a pipoca de microondas e fiquei olhando para ele enquanto o tempo passava e comecei a sentir frio

-Sakura trás uma coberta- falei

-Tá aqui- escutei sua voz, ela estava na sala. Deu o tempo da pipoca, a tirei do microondas e coloquei num pote e peguei duas cervejas e fui para sala onde a Sakura está deitada no sofá que é enorme em largura mexendo no celular e debaixo da coberta

Me sentei meio que deitado, Sakura colocou a cabeça no meu ombro, dei uma cerveja pra ela e ficamos assistindo e comendo 

-Isso não vai mais acontecer diariamente né?- ela falou baixinho

-O que?

-Sexo todo dia, esse tempinho nosso

-Acho que não

-Sasuke porque você não me deixou? a gente nunca teve nada sério mas mesmo assim você esteve do meu lado até agora, porque?- ela perguntou sem me olhar, a pipoca já havia acabado assim como a cerveja e o filme, estava chovendo 

-Não sei porque você fala que nunca tivemos nada, não é porque eu nunca oficializei que não te considero como namorada ou coisa assim. Sempre achei que o que temos é muito bom, você me mudou e eu te devo muito por isso, como você esteve comigo nós meus piores momentos eu quero estar no seu- ela me olhou e colocou seu braço em volta da minha barriga e sua perna em cima da minha

-Então a gente estava namorando esse tempo todo? que interessante- ela sorriu- Obrigado- abracei ela

-Vamos Sakura- falei da sala, íamos a um restaurante já que hoje é nosso último dia aqui na Grécia, peguei meu celular vendo algumas mensagens 

-Pronto- ela falou, olhei pra escada e ela está linda. Com um vestido rosa bebê que vai até a metade da sua coxa e colado no seu corpo

-Você está linda- falei olhando para ela de cima a baixo

-O mesmo eu falo pra você- ela falou sorrindo

-Vamos- estendi meu braço e ela entrelaçou com o seu e fomos para fora e adentramos no carro

-Será que um dia vamos enjoar um do outro?- Sakura perguntou tomando o vinho dela

-Você enjoaria de mim?

-Ah você é chatinho às vezes mas acho que não- sorri de lado

-Olha quem fala, a menina que fica brava por causa de tudo- ela me mostrou língua 

-Aqui- o garçom trouxe nossa comida

-Obrigada- Sakura falou e pegou os talheres e comeu- Que gostoso- ela falou colocando a mão na frente da boca

-Eu acho que nunca enjoaria de você

-Eu sei, sou muito legal

-Tsc...- neguei com a cabeça e comi a comida

Sakura pediu a sobremesa e depois fomos embora

-Vamos andar pela cidade, to cansada de carro- ela falou me olhando segurando a minha mão, olhei pro meu motorista e fiz um sinal para ele sair mas ficar por perto- A noite hoje está tão bonita- ela falou abraçando meu braço

-Quem sabe um dia a gente volte

-Talvez, isso me fez querer viajar o mundo com você e conhecê-lo melhor, ele deve ser lindo né?- Sakura andou na frente e me olhou sorrindo com a mão para trás, ela está tão linda- Vem- ela pegou na minha mão e correu para uma colina 

-Na onde estamos indo?- perguntei 

-Você vai ver- ela me olhou de lado e continuou a subir, chegamos no topo e dava para ver a Acrópole de Atenas daqui

-Como você soube desse lugar?

-Quando viemos visitar eu olhei pra cá e fiquei curiosa para ver como era a vista daqui e pelo visto é incrível- ela me olhou sorrindo, beijei ela

-Você é tão linda assim como essa vista, essa noite como tudo que à de bonito- falei segurando no seu rosto, ela corou 

-Para

-É sério Sakura, eu morro de ciúmes de você, quando vejo que tem um cara te olhando nós lugares que a gente vai, dá vontade de bater neles mas aí você parece nem ver eles pois fala algo doido que me faz pensar o quão sortudo eu sou por te ter- encostei nossas testas- Eu queria....- puxei ela pro meu peito, não posso fazer isso. Essa garota me mudou mesmo, pois eu fico me declarando pra ela toda hora

-Não sabia que as pessoas me olhavam assim se não eu teria te provocado e irritado- ela falou me abraçando 

-Tsc...- ficamos ali olhando um pouco à vista depois voltamos para casa no carro

-Vou sentir falta dessa casa- Sakura falou olhando pela porta de vidro a piscina 

-Eu também 

-A minha oferta de ficarmos aqui ainda tá de pé- ela me olhou e eu sorri

-A minha resposta continua a mesa- ela fez uma cara triste, me aproximei dela e fiz cócegas 

-Para Sasuke- ela falava quase que sem ar- Para....- ela se jogou no chão, coloquei minha perna no meio da sua encostando meu joelho na sua intimidade e meu braço do lado da sua cabeça, ela me olhou com lágrimas nos olhos- Para de fazer isso eu odeio cócegas 

-Eu gosto- falei sorrindo

-Mimimi eu gosto- ela falou e me puxou para um beijo- Tenho que ir no banheiro se não vou fazer xixi aqui- ela falou me olhando, me levantei e ajudei ela a levantar e a mesma correu pro quarto

Olhei em volta e acho que vou sentir mais falta daqui do que imaginei, principalmente da área da piscina, sorri ao lembrar das perversidade que fizemos no deque, meu pau tá duro, suspirei e subi para o quarto e a Sakura está tomando banho

Tirei a minha roupa e entrei no banheiro, encostei na sua cintura e subi minha mão até seus seios medianos que eu tanto amo diferente da Sakura que não gosta tanto deles. Ela me olhou e mordeu a boca 

-Aqui não- ela jogou a cabeça para trás, apertei e puxei o bico do seu peito arrancando um gemido da mesma- Não 

-Na onde então?- perguntei no seu ouvido e beijei seu pescoço 

-Vamos tomar banho e depois vamos para o quarto- ela voltou a si e me separou dela, tomamos banho e escovamos nosso dente por ironia e depois fomos para o quarto onde transamos, mas nas palavras da Sakura a gente fez amor e eu concordo com ela, foi lento o processo e não desesperado como sempre fazemos e o sexo em si foi ótimo mas me controlei em gozar dentro dela

Acordamos no dia seguinte e foi um sufoco acordar a Sakura mas assim que consegui ela acordou de mal humor, nós arrumamos e fomos ao aeroporto 


continua...

 


Notas Finais


espero que vocês tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. desculpa pelos erros de ortografia e até o próximo capítulo 🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...