1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 42

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que vocês gostem. Obrigada por terem acompanhado até aqui e me motivado a continuar escrever ela.
Teve um imprevisto mas aqui tá o capítulo...

Capítulo 42 - Capítulo 42


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 42 - Capítulo 42

Acordei e estou vestida dentro de um carro em movimento 

-Acordou- escutei o Sasuke, ele está dirigindo e ainda está escuro lá fora, me belisquei- Não é um sonho

-Pra onde estamos indo?

-Você vai saber quando chegarmos lá- to com um pressentimento ruim

-Sasuke...

-Sakura quando você foi sequestrada eu pirei, não conseguia te achar e você já estava quase que uma semana desaparecida então eu fiz uma loucura- Sasuke falou normalmente mas parecia nervoso 

-O que você fez?- estava querendo chorar não sei porque, olhei pra ele

-Eu precisei da ajuda do Madara, mas na minha família havia uma regra, se eu ou o Itachi precisássemos da ajuda dele ou dos benefícios do sobrenome Uchiha herdaríamos a empresa pois ela é do nosso pai, ele deixou essa regra pois sabia que não queríamos a herança ou nada que viesse dele

-Não to entendendo Sasuke a onde você quer chegar com isso?- comecei a chorar do nada

-Eu precisei da ajuda de um cara para rastrear o celular da Karin e de uns policiais- não acredito 

-Porque?- perguntei quase que num sussurro, ainda chorava, mesmo não tendo motivo 

-Eu queria te encontrar Sakura, eu precisava de você e saber que alguém poderia estar fazendo algo com você isso me deixou com muita raiva e saber que o Sasori estava por trás disso me deixou com mais raiva ainda, eu te queria do meu lado de novo

-Você falou que não queria se envolver na empresa da sua família

-Mas eu queria você, eu larguei mão do que eu queria para te achar. Nisso eu me tornei o dono da empresa e o chefe da minha família Sakura e eu não me arrependo das decisões que tomei

-Sasuke...- o carro parou e finalmente eu olhei em volta e estávamos na frente do aeroporto- Porque estamos aqui?

-Vem- ele saiu do carro e foi ao porta malas e pegou uma mala e me puxou, entramos no aeroporto e vi a minha tia um pouco longe

-Sasuke eu não to entendeu o que tá acontecendo- ele deu um sorriso e tocou no meu rosto

-Sakura eu não posso deixar você desistir da sua vida por mim, por mais que eu queira que largue tudo por mim, por nós, eu não posso deixar você fazer isso

-Não...- comecei a chorar mais

-Sakura minha mãe fez essa carta antes de morrer pra você- ele estendeu e eu peguei lendo na frente o nome dela e o meu 

-O que?...

-Ela também fez uma pra mim, lá dizia que você estava incerta do que queria e que provavelmente deixaria tudo para ficar ao meu lado, minha mãe não falou o que eu deveria fazer só falou que quando chegasse a hora eu saberia o que fazer, e agora eu sei

-Isso não depende de você- falei com raiva 

-Eu sei- ele falou baixo mas alto

-Eu não quero ir, eu já falei isso- estava chorando 

-Uma vez você me perguntou o que você significava pra mim, naquela época eu não sabia direito o que sentia por você ou se sentia algo mas agora eu tenho certeza do que eu sinto

-Eu também, não podemos...

-E por eu sentir isso não posso ignorar o fato de você escolher ficar comigo invés de escolher seu futuro, o futuro que sua mãe queria pra você no qual confiou a Tsunade para realizá-lo 

-Não...

-Você foi a namorada de mentira que eu mais gostei, na verdade a única que eu me importei de verdade e que eu considerei. Eu vou guardar todos os nossos momentos juntos, eu nunca vou me esquecer deles Sakura, eles foram os nossos momentos, nossa história. Nunca achei que fosse me importar tanto com uma menina que eu mal conhecia ou que você fosse se tornar tão especial pra mim...- olhava nós seus olhos, ele está com os olhos lacrimejando 

-Para, não...

-Quanto mais eu ficava do seu lado, mais certeza eu tinha dos meus sentimentos por você, você me tirou tanta risada, eu... Sakura esses vão ser os 6 anos mais longos da minha vida, você vai sentir raiva de mim e tá tudo bem tá? 

-Não faz isso por favor Sasuke- falei baixinho chorando enquanto olho em seus olhos

-Sakura eu to fazendo isso por nós, eu sei a mulher incrível que você vai se tornar, algo que eu não vou poder fazer se você ficar do meu lado. O que eu mais quero é te ter pra sempre mas não vou ficar feliz comigo mesmo se souber que não fiz nada a respeito sobre a sua decisão relacionado a faculdade 

-Sasuke...- eu não consigo pensar, cada palavra que ele fala é como se eu estivesse levando uma facada 

-Sakura saiba que eu te amo muito e apesar da distância nada do que eu sinto vai mudar. Promete pra mim que vai se controlar na bebida pois sabemos do que você é capaz- ele deu um sorriso meio forçado- Não deixe ninguém menosprezar você, agora vai Sakura, por favor, viva sua vida

O olhei pasma, não conseguia acreditar no que estava acontecendo, em tudo o que ele falou

-Não fica assim, vem cá me dá um abraço- ele me puxou e me abraçou forte

Ele me pediu um abraço e quando o abracei forte, senti que aquele seria o último, então chorei mais ainda em seus braços. Ele ficou fazendo carinho no meu cabelo e me deu um beijo na testa

-Essa é a última vez que eu te faço chorar- ele falou com um meio sorriso no rosto mais com lágrimas também 

E foi quando eu percebi que amava o Sasuke

-Eu te amo Sasuke, eu te amo mais que tudo, te amo demais. Me desculpa por tudo, pelas vezes que você falou e eu não retribui mas agora eu tenho certeza do que eu sinto por você. Eu te amo Sasuke, não me deixe, eu não quero ficar longe de você- ele sorriu e passou o dedão no meu rosto para secar as lágrimas que ainda caiam 

-Por eu te amar tanto que não posso deixar você ficar- essas últimas palavras acabaram comigo

Vendo agora aquela viagem foi para passarmos tempo juntos, ele havia planejado isso desde o começo 

-Eu me recuso, você falou que não me deixaria, você prometeu Sasuke, VOCÊ PROMETEU NÃO ME DEIXAR....- bati com as minhas mão no seu peito enquanto chorava e olhava no seu rosto que expressava tristeza, talvez- Você prometeu- encostei minha testa ali e senti sua mão no meu braço e depois acariciando meu cabelo 

-Eu te amo- ele me fez olhar para ele e me deu um beijo na testa e se afastou de mim

-Vem Sakura- escutei a voz da minha tia, olhei pra ela então olhei pro Sasuke que me olhava

-Sasuke se eu entrar naquele avião faz o favor de nunca mais me procurar- falei como uma provocação para ver se ele ia mudar de ideia, mas foi em vão

-Eu vou desaparecer da sua vida- ele falou com o maxilar cravado, chorei

Fiquei olhando pro seu rosto e mesmo eu falando isso e estando com muita raiva dele eu chorava feito uma criança, seus olhos lacrimejando. Ele manteve o olhar fixo ao meu, sequei meu rosto com a minha mão e cravei o meu maxilar

Segurei a minha mala e sai andando junto com a minha tia, subimos na escada rolante e ela mostrou nosso passaporte. Fiquei olhando pro chão e segurei firme na minha mala, fiquei pensando se olhava ou não para trás para ver se ele estava ali ainda

-Sakura- escutei a minha tia e fomos andando, no fim acabei que não olhei

Embarcamos no avião e estávamos na primeira classe, olhei para o papel na minha mão que estava um pouco amassado e havia lágrimas nele, vi o anel que ele havia me dado ontem. Ontem... foi a nossa despedida, ele havia mesmo planejado isso

-Você sabia né- falei sem olhar para minha tia

-Eu falei pra ele que você foi aceita na faculdade mas ele quem planejou isso tudo, eu havia aceitado o fato de você querer ficar mas ele não- funguei meu nariz enquanto olhava para a carta da Mikoto. O avião decolou e eu finalmente abri ela

Querida Sakura,

Nunca pensei que meu filho fosse arranjar uma menina tão linda e simpática como você, ele teve as desventuras dele sim! Com a Kiyomi mas convenhamos, nunca gostei tanto dela assim como gosto de você. O que vocês tiveram pode ter sido fingimento no começo mas nós duas sabemos que em um certo ponto deixou de ser né? Você ama o meu filho e eu sei que ele também te ama. Eu te falei que sempre quis ter uma filha mas Deus só me deu menino? Os dois meninos mais astuto que eu conheço, mas ele me trouxe você também e pode ter sido um curto tempo mas eu pude sentir como é ter uma filha, amá-la e Sakura eu te tratei como uma, eu te amei como uma. Você faz bem para meus filhos e fez para mim, todos que conversam com você se sentem bem, pois você transmite uma positividade incrível. Sua vida tá uma bagunça eu sei, muitas coisas podem acontecer depois que eu for embora mas não deixe seus objetivos de lado minha filha, eles são mais importantes, lembra o que você me disse uma vez? “quero fazer todos que duvidaram de mim tamparem a boca e me ver se tonar a melhor médica que esse mundo já viu” eu vou estar te observando daqui. Não sei qual foi a sua escolha e nem se vai ler essa carta mas independente dela eu te apoio. Apenas viva minha filha, viva como nunca, não crie arrependimentos e por favor me dê netos, de preferência com o meu filho, eu iria amar muito. Eu te amo Sakura, você foi a nora de mentirinha mais legal do mundo

com amor, Mikoto.

Eu consegui chorar de novo



Desculpa gente mas não vai ter uma continuação.



Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. Obrigada a todos que apoiaram a obra, eu não sei se vou continuar ela mas se vocês quiserem muito eu faço uma “2 temporada” assim vamos se dizer. Obrigada de coração mesmo
Até a próxima ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...