1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 8

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 8 - Capítulo 8

Não sabia se podia contar para as meninas sobre o Sasori então guardei para mim

-Testuda como vai a sua relação com o Sasuke?- Ino perguntou 

-Normal

-Não ficaram mais?

-Não, na verdade não nós falamos muito também, não sei mas e o Naruto Hina?

-Vamos conversar hoje- ela falou nós olhando. Eu evitava o Naruto que já nem ia mais na casa do Sasuke 

Depois do grande beijo, Sasuke não me olha direito, eu até tentei puxar assunto com ele mas ele só fala “uhum” ou “Hum” aí eu desisti e nem faço mais questão. Sobre o Sasori eu evito ele e falei que seria melhor se não conversássemos mais

Tenten teve que ir visitar a avó dela então eu tive que ir a pé para o morro, na verdade a Hinata me trouxe na entrada

-Sakura- Sai quem estava de guarda hoje 

-Sai, quanto tempo 

-Pois é, Sasuke tem cobrado muito da gente e também ele não quer que a gente vai ver você

-Porque?

-Não fazemos esse tipo de pergunta para ele mas se serve de consolo ele falou que quando ele ouvir ou ficar sabendo que alguém te chamou de objeto vai se ver com ele

-Quando que ele falou isso?

-Não me lembro bem mas foi uns dias depois que você voltou

-Entendi, e como vai você é a Ino?

-Estava pensando em pedir ela em namoro, o que você acha?

-Ela vai gostar, não para de falar de você 

-Sério?- ele corou

-Sim, eu tenho que ir mas nós vemos depois- falei subindo a rua

-QUER QUE EU TE LEVE?- ele gritou

-NÃO- gritei e continuei andando 

Para chegar na casa do Sasuke tem que subir uma rua virar na direita e direita de novo e a casa dele fica de esquina e o segundo caminho é mais demorado que no caso eu pego ele pois to evitando pegar o outro para não ver a Karin

-Olha, olha, olha, o que temos aqui- falando no diabo

-Karin, o que você quer?

-O que você fez com o meu Sasukezinho? ele não me procura mais e nem me responde e para variar tem te protegido 

-Acho que é nítido, ele deve ter percebido o qual ridícula você é

-Você acha que é quem?

-Olha Karin não estou procurando briga, só quero ir para casa, a do Sasuke- dei um sorriso e ela ficou vermelha de raiva

-Olha aqui sua vagabunda...

-Eu vagabunda? Karin não sou eu que me vendo por dinheiro ou droga- ela ergueu a mão para me bater mas eu segurei- Nem ouse encostar um dedo um mim, vagabunda, se não quiser acabar igual da última vez- soltei e sai andando até que eu sinto alguém me puxar para trás e sinto um soco na minha boca

-Piranha, acha que você é quem para me ameaçar?- ela falou me dando mais um soco e segurando na cola da minha camisa

-Sakura- falei empurrando ela e jogando a minha mochila no chão, minha visão ficou branca e quando voltei a realidade estava em cima dela a socando, ela estava cheio de sangue e gemendo de dor, minha mão estava vermelha, merda

Me levantei e peguei a minha mochila e sai correndo para casa do Sasuke, todos me olhavam, entrei e joguei a mochila no chão e tirei a minha camisa que estava com sangue pois limpei a minha mão nela, por conta da adrenalina meu rosto não estava doendo 

Limpei minha mão, meu rosto na pia da cozinha e peguei ervilha congelada no frieza à colocando no meu rosto e me sentei no sofá colocando na minha mão outro pacote de ervilha congelada

Liguei a tevê e comecei assistir e aos poucos eu fui sentindo a dor no meu rosto e na mão que não sei como está ralada

A porta foi aberta, olhei para ver quem era e o Sasuke me olha com a sobrancelha erguida

-O que aconteceu?- ele perguntou fechando a porta e deixando seu rádio e sua arma na cômoda e vindo até mim

-Karin- falei e a raiva surgiu no seu rosto, ele se virou e deu um passo mas segurei na sua mão, ele me olhou- Fica aqui- falei e assim ele fez. Ele pegou a caixa de primeiros socorros no banheiro e se sentou do meu lado e passou um negócio na minha mão que ardeu- Aí- gemi de dor

-O que aconteceu exatamente?- ele perguntou passando pomada

-Não me lembro muito bem mas ela me culpou porque você não tem procurado ela e nem respondido às mensagens dela, como se eu tivesse culpa, aí ela tentou me bater mas segurei a mão dela e depois sai andando quando ela me puxou e me deu um soco, eu não aguentei e fiquei com raiva, vi tudo branco e só me dei conta quando estava em cima dela e a mesma estava cheio de sangue na cara aí eu me levantei e vim para cá 

-Eu falei que iria te proteger, porque não me ligou?- ele falou. Sasuke havia me dado outro celular e muito melhor que o antigo

-Eu tinha esquecido disso mas comparado com ela eu to bem 

-Tsc... não precisa mais se preocupar com ela- ele falou tirando a ervilha do meu rosto e passando o líquido para limpar a ferida

-Porque?

-Eu avisei... droga

-Para ninguém mexer comigo, to sabendo, aí Sasuke tá doendo- falei segurando na mão dele e o olhando- Desculpa- falei soltando 

-Para você aprender...- ele falou passando uma pomada

-Não tenho culpa se suas putas tão se doendo e vem descontar em mim

-Para você aprender a se defender- ele terminou e ficou me olhando até que bateram na porta

-Entra- ele falou

-Sasuke a sua mulher se envolveu numa briga...- um cara de cabelos pretos e magrinho falou mas parou quando nós viu, mas o quê? sua mulher?

-Obrigada Utakata- Sasuke falou e ele saiu

-De objeto para a mulher do Sasuke? grande progresso- falei ironicamente e sorrindo de lado 

-Se gosta né- ele falou 

-Amo?- falei pertinho do rosto dele e voltei a me sentar e quando percebi que estava de sutiã, mas Sasuke não olhou em nenhum momento para os meus seios, a conversa toda ele olhou para minha mão, rosto ou nós meus olhos

-Tá com fome?- ele perguntou e imaginei mil besteiras para falar- Pervertida- ele falou e olhei para ele sem entender- Sua cara não engana- ele falou e eu ri

-Não fiz nada

-Mas pensou né- ele falou sorrindo de lado e apoiando a cabeça no sofá, coragem Sakura

Me sentei no colo dele e fiquei olhando para ele

-O que você tá fazendo?- ele perguntou, não to me vendo mas tenho certeza que to parecendo um tomate. Segurei no arco do seu pescoço e dei um selinho nele, depois nós olhamos e nós beijamos

-Estamos atrapalhando?- escutei a Ino, olhei para ela

-O que você tá fazendo aqui?- perguntei 

-O Sai me falou o que aconteceu 

-Opa o que tá acontecendo aqui?- Naruto falou e a Hinata entrou junto com ele

-O que vocês estão fazendo aqui?- perguntei 

-Fiquei sabendo que você entrou em uma briga- Naruto falou- Quer que a gente vá embora?

-Sim- Sasuke falou

-Não- falei. Eu e o Sasuke falamos ao mesmo tempo, olhei para ele e percebi que ainda estava no colo dele, ainda estou no colo dele, me levantei 

-Isso tá ficando estranho- Ino falou me olhando de cima a baixo

-Eu vou tomar banho- falei me virando e subindo as escadas

-Quer que o Sasuke te ajude?- Ino gritou e eu fiquei corada, dei um sorriso e entrei no meu quarto para pegar a minha toalha e entrei no banheiro

Tomei um banho na água gelado e lavei o meu cabelo então me olhei no espelho, não estou tão mau assim, minha boca está meio cortada e doendo um pouco e meu rosto está vermelho e inchado na maçã do rosto e só havia um cortezinho 

Fui para o meu quarto e coloquei um short, uma camisa branca, meu chinelo branco e desci 

-Então Sakura conte para gente como tudo aconteceu?- os meninos não estavam aqui

-Cadê o Naruto e o Sasuke?

-Sasuke falou que tinha algo para resolver e saiu junto com o Naruto- Hinata falou

-Hum

-Tá vai conta tudo agora- Ino falou e eu fui me sentar no sofá com elas- Da onde você tirou essa força?

-Nem eu sei, eu fiquei com tanta raiva e vi tudo branco, um lado meu estava amando bater nela e o outro estava com dó- Hinata entregou taças para gente e colocou vinho

-Me lembra de nunca mais te irritar- Ino falou

-Mas e aí Hina, falou com o Naruto?- perguntei 

-Sim, dei outra chance para ele- ela falou baixinho 

-Sabia- falei colocando mais vinho na minha taça- Mas tudo bem, você gosta dele e não estou aqui para te julgar e sim para apoiar

-Obrigada Sakura. Eu realmente gosto dele e coloquei limites dessa vez- ela falou decidida

-Mas ele está caidinha por você mesmo né e como você se sente em relação ao Sasuke, Sakura?- Ino perguntou do nada

-Não tem o que falar sabe, ele beija bem e quando estou com ele eu me sinto bem em compensação no começo quando odiava ele

-Você gosta dele?

-Não sei- coloquei mais vinho para gente 

Ficamos conversando e bebendo até que o Sasuke chegou com o Naruto 

-Vocês beberam todo o vinho?- Sasuke perguntou 

-Duas garrafa- falei arrastando as palavras 

-Eu levo vocês embora- Naruto falou e as meninas foram com eles

Sasuke se sentou do meu lado com uma lata de cerveja na mão 

-Sasuke agora que a gente é casados vamos ter a lua de mel?- perguntei olhando para ele

-Somos casados?- ele me olhou, sentei no seu colo e peguei a latinha de cerveja e dei um gole mas ele a pegou- Chega de bebida por hoje- ele falou

-Sou a sua mulher, esqueceu?- falei colocando o meu braço no seu ombro 

-Tá sentindo dor?

-Não, acho que o álcool não tá deixando eu sentir nada

-Hum- ele bebeu a cerveja e ficou me encarando 

-Vamos brincar?- falei indo para frente e para trás no seu colo, ele cravou o maxilar 

-Do que você quer brincar?- ele falou colocando uma de suas mãos na minha coxa

-Mamãe e papai

-Como se brinca disso?

-Somos marido e mulher- falei colocando minha mão por debaixo da sua camisa e sentindo seu músculo, ele se arrepiou- E agora vamos fazer o bebê- ri e tirei a camisa dele e o beijei, peguei a cerveja dele e fui para trás para tentar colocar na mesinha mas acabei caindo de bunda no chão 

-Caralho você tá bem?- Sasuke perguntou e eu comecei a rir

-Aí eu to bem- falei segurando na coxa dele e ficando de joelho 

-Tem certeza?- ele perguntou e eu o olhei

-Sim- falei me levantando e me sentando do lado dele- Sasuke eu não sei se vou me lembrar disso amanhã- dei risada- Mas não fica estranho comigo

-Eu não fico estranho com você

-Fica sim, sempre que nós beijamos no dia seguinte você finge que nem me conhece- coloquei a minha cabeça no ombro dele- Eu beijo mal?- perguntei e senti meus olhos pesarem

Acordei na minha cama com meu celular tocando e com um barulho de chuva na janela, minha cabeça está doendo

Me levantei e fui no banheiro tomar um banho e escovei meus dentes, coloquei uma calça moletom, uma camisa e uma meia e peguei o meu celular e desci as escadas, era 13:00 então estaria sozinha

Fui para cozinha e peguei cereal e coloquei leite estava dançando na cozinha pois amo frio

Olhei para trás e Sasuke estava me olhando com a sobrancelha erguida, levei um susto

-Que susto- falei colocando a mão no coração e indo me sentar no sofá 

-Tá sentindo dor?

-Não muita mas estou com muita dor de cabeça, só me lembro de ter tomado duas taça de vinho

-Não se lembra de mais nada?

-Deveria? não me diz que eu fiz algo vergonhoso?

-...vergonhoso- ele falou alguma coisa baixa mas não consegui entender 

-Que?

-Nada

-Achei que eu estaria sozinha hoje- falei olhando no celular e comendo meu cereal 

-Quer que eu fique no meu quarto pra você se sentir sozinha?

-Não né besta- falei olhando pra ele que me olhava com a sobrancelha erguida então me toquei que falei besta- Desculpa

-Por?

-Te chamei de besta

-Não fique pedindo desculpas por tudo, não gosto disso- concordei com a cabeça e voltei a comer. Terminei de comer e lavei o potinho

-Sasuke já comeu alguma coisa?- perguntei 

-Não 

-Quer comer?

-Você vai comer alguma coisa?

-Não mas eu faço pra você 

-Não precisa então 

-Vamos fazer pizza? tem os ingredientes e não deve ser tão difícil assim- falei olhando para ele que vinha para cozinha

-Pode ser- ele falou 



continua...



Notas Finais


espero que tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem, até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...