1. Spirit Fanfics >
  2. OBITO UCHIHA x LEITORA >
  3. Capítulo 23

História OBITO UCHIHA x LEITORA - Capítulo 24


Escrita por: Amanda________

Capítulo 24 - Capítulo 23


OBITO  (....)


Ele olhou para tudo ao seu redor.

Estava cheio de escuridão ...

Eu não queria estar lá.

Mas ele não conseguia sair dali.

Se ele se movesse, mergulharia ainda mais na escuridão.

O medo estava presente, mas desapareceu quando ele se lembrou do motivo de seguir aquele caminho.

O caminho das trevas.


Seu olhar escureceu novamente.

-'"Devo mudar este mundo", disse para si mesmo, levantando-se.

-- Obito! Não faça isso! - (S/n) disse

Ele se virou lentamente, encontrando seu olhar preocupado.

Ele sussurrou algo surpreso.

-- Obito ... Você ainda pode voltar a ficar bom! Você pode se redimir! - (S/n)- falou, aproximando-se lentamente.

-- Isso é algo impossível ... Eu fiz um monte de coisas ruins, coisas que são imperdoáveis, não posso ir com você, ... Sinto muito.- Ele se virou e começou a andar.


-- Mas ... Obito ... Tem certeza que quer ir por ali? Não vai te trazer nada de bom ... Venha comigo Obito ... Vamos caminhar para o bem.- Ela estendeu a mão.

O homem de cabelos pretos olhou para ela.

A luz estava voltando.

A dor foi desaparecendo aos poucos.

Ele estendeu a mão, pronto para pegá-la , mas ...

Acorde.

Ele olhou para sua mão.

Estava cheio de sangue.

Ele olhou ao redor.

A escuridão ainda estava lá.

Ele suspirou e saiu da cama.

Ele colocou sua máscara e também seu manto.

Começava um novo dia, o mesmo em que começaria seus planos.

Ele desapareceu do local com a ajuda de seu Kamui, e apareceu na frente daquele garoto ruivo, que não tinha mais a aparência gentil de sempre, agora a escuridão estava em seus olhos violeta.

-- Está tudo bem se começarmos agora? Nagato? - perguntou o moreno, estendendo a mão para ele.

-- "Parece perfeito para mim", ele respondeu friamente, apertando a mão dela.


A Akatsuki renasceu novamente.!!!

Agora no comando de Nagato Uzumaki, agora conhecido como "Pain".

Mas também dirigido por Obito Uchiha, conhecido como "Madara".

--"Vou criar um mundo onde todos vivamos felizes, um mundo onde ela esteja, um mundo onde ela seja feliz." Pensouo Uchiha olhando para aquele homem de cabelos negros, que estava brincando feliz com seu irmão mais novo.

-- Itachi, Sasuke, a comida está servida.

-- Vamos Sasuke.- O homem de cabelos negros entrou em sua casa ao lado do pequeno.


--"Você fará parte da organização muito em breve, Uchiha Itachi."

E desapareceu com seu Kamui.

(...)

--(S/n)-nee-chan, vamos comer ramen! - disse o Uzumaki, abraçando a perna da jovem.

-- Ok, ok, Naruto. Ela sorriu

Ela carregou o loiro nas costas e foi até a barraca de ramen.

-- Bom Dia! Naruto! - Teuchi os cumprimentou animadamente.


-- Bom dia Teuchi-san. Dê-me duas tigelas de ramen, por favor. Ele respondeu sorrindo.

--(S/n)-nee-chan, depois de comer ramen vamos continuar treinando? Naruto perguntou, olhando para o mais velho.

"Claro," ele respondeu.

-- Eu quero bater naquele menino que se acha superior.- Ele fez beicinho.

Ei? Qual é o seu nome? - perguntou ela.

"Uchiha Sasuke," ele respondeu.

“Sasuke hein?” Ela sorriu.

--(S/n)-nee-chan? Conhece? Ele perguntou confuso.


-- Sim. Ele é irmão de um dos meus amigos, é um pequenino muito simpático!



O Uzumaki se virou, fingindo estar ofendido.

-- Calma Naruto, o fato de eu conhecê-lo não significa que ele deixe de te amar. Ela deu uma risadinha.

O Uzumaki sorriu.

-- Duas tigelas de ramen prontas!

(...)

“Ela é a garota que foi sequestrada há muito tempo.” Uma senhora disse a outra, vendo a (S/n) passar.

- Coitadinha, coisas terríveis devem ter acontecido.- sussurrou outro.


-- Acho que tudo isso foi planejado, ela tem que trabalhar para um inimigo, ela é uma traiçoeira. - Outro falou, encarando


Ela já havia se acostumado a todos os tipos de boatos, mas não lhes dava tanta importância.

(S/n) suspirou e apressou o passo, passando também olhares de ódio para o garotinho que dormia deitado de costas.

Ela chegou em casa e foi para o quarto da loira, deitou-o na cama e cobriu-o.

Ela saiu da sala e foi para a dela, recostando-se para ler um pouco.


Toques suaves vindos da janela a fizeram deixar de ler, encontrando os olhos escuros daquele garoto...


(...)


--“O que há de errado, Itachi?” Perguntou (S/n) olhando curiosamente para o jovem de cabelos negros que estava sentado na frente dela.

--“Perdoe-me (S/n)-san.” Ele se desculpou, baixando o olhar.

--“Por quê?” Ela perguntou confusa.

- Pelo bem da aldeia ... terei que fazer coisas terríveis ...- Ele fechou os olhos.

--"Que ... tipo de coisas?" Ela perguntou, Ficando séria. 


-- Confio a você porque você é uma pessoa muito importante para mim. Suspirar. - Mate todo o meu clã e ... Traia Konoha.

--“Q-quem mandou você?” Ela perguntou, franzindo a testa.

--“Todos no conselho ... Incluindo o terceiro hokage.” Ele respondeu.

A garota  cerrou os punhos com força.

-- Eles são idiotas ... Por que te forçariam a fazer uma coisa dessas? Ela perguntou, claramente irritada.

--Pelo bem de Konoha ... Segundo eles, dizem que nós Uchihas somos uma ameaça para a aldeia, por isso mantêm todo o meu clã em um lugar separado ... E traindo Konoha ... É necessário porque um organização de criminosos muito perigosa está em andamento ... Meu dever é entrar nessa organização para extrair informações e enviá-las para Konoha.

- Eles são idiotas...

-- Da mesma forma, acho que é o melhor ... Tudo é para proteger a aldeia ... E para proteger você ... (S/n)-san ... Eu sei que você passou por coisas terríveis, e eu não gostaria que eles voltassem a acontecer

-- ... É por isso que estarei protegendo você das sombras ...- Ele sorriu levemente.


-- Itachi ...- Ela fez uma cara triste.

- Eu gostaria de te pedir um favor. Ele colocou sua máscara anbu. "Vou confiar você para Sasuke, meu irmão mais novo." Ele se aproximou e deu-lhe um abraço rápido, depois saiu.

Seu olhar estava perdido no chão.


(....) 

-- Obito Uchiha ... Este não é você ... Por que você descarrega toda a sua raiva e ódio sobre nós?

Você está certa, eu não sou Uchiha Obito, esse nome nem tem nada de valor para mim.- O cabelo preto respondeu, jogando pedras no rio.


--Você está perdendo sua identidade Obito ... Quem é você então? - Ela ergueu uma sobrancelha.

--Eu rio. “No futuro, serei um ser perfeito, e eles me louvarão como um Deus, por ter realizado seus desejos.” Ele sorriu.

-- Você sabe? Uma vez pedi que a vida fosse mais simples ... Mas isso significaria ser covarde! Fugiríamos da realidade! Devemos aceitar isso Obito.- Ela pegou sua mão, olhando para ele preocupada.

--“Não consigo entender como você sempre aparece em minha mente.” Ele riu sem graça.

-- É por isso que você precisa enfrentar a realidade e perceber! ”Ela suspirou.


--Eu só ... quero te ver mais uma vez, quero me desculpar, e mesmo que você não me perdoe, vou entender, porque estou ciente de todo o mal que te causei ...- Ele fechou os olhos, tocando seu peito.

-- Então vá vê-la, tenho certeza que a da realidade também está procurando respostas.

Seus olhos escuros se arregalaram, sua respiração estava pesada e seu coração estava batendo como nunca antes.

--"Eu preciso vê-la ..." Ele disse a si mesmo, levantando-se da cama.

(...)

Ele já estava limpo, ele colocou sua capa e sua nova máscara.


Com a ajuda de seu Kamui, ele desapareceu.

(...)

- Céus ... Você tem olheiras de novo. Aquele ruivo falou, acariciando a bochecha de (S/n)

--“Não é nada.” Ela estreitou os olhos.

--“Não minta para mim.” Ele olhou para ela preocupado.

--“Bem ... eu só ... tive um sonho estranho, só isso.” Ela sorriu.

Ryu suspirou.

-- Desde o que aconteceu ... Você parou de confiar em mim ... Eu fiz algo errado? olhos avermelhados colidiram com o (C / O) de (S/n)


--"Não é isso ... eu só ... eu não quero falar sobre isso ..." Ele respondeu, baixando o olhar.

--“Eu entendo ... Desculpe se incomodei você.” Ele se levantou da cadeira.

--Não se preocupe. ”Ela sorriu levemente.

-- Ok, então eu tenho que ir, qualquer coisa, fique à vontade para me dizer. Ele acariciou sua cabeça suavemente.

- - Está bem! Diga olá a Teru por mim. ”Ele riu quando viu o rosto corado do ruivo.

- C-como você sabia disso ... Esqueça, da mesma forma, somos apenas ... Amigos .... E sem dizer mais nada, ele foi embora.



- Eu queria ver Yaoi .  ;-; ”  disse ela 

(...)

-- O jantar estava delicioso (S/n) -nee chan! - disse a loirinha, sorrindo alegremente.

--"Estou feliz que você gostou, Naruto", ela sorriu.

-- Podemos treinar amanhã? Ele perguntou entusiasmado.

-- Claro, mas será depois da academia, sim? ”Ele revirou os olhos.

- Sim! - Ele acenou com a cabeça.

Ele se aproximou da mais velha e a abraçou.


A garota retribuiu, dando-lhe um beijo carinhoso na testa.

-- Boa noite Naruto, que você sonhe com ramen e mais ramen.- Ela riu.

-- Pode deixar (S/n)- nee-chan.- Ele riu também. “Boa noite!” E sem mais delongas, ele correu para o seu quarto.

Ela sorriu, juntou todos os utensílios da cozinha e os lavou.

(S/n ) entrou em seu quarto bocejando e vestiu sua roupa de dormir típica, deitou-se na cama confortável e fechou os olhos.

Infelizmente, seus sonhos foram interrompidos pelo som do janela.


Ele não sabiam que portas existiam?

Pior ainda...

Quem estava janela naquela hora da noite?

Um tanto irritada, ela se sentou e olhou pela janela, sentindo o medo tomar conta de seu corpo.

De novo aquela sensação terrível ...

-- Boa noite ...- Disse ele em voz baixa. -Posso falar com você? Ele baixou o olhar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)

Gostaria de esclarecer algumas coisas, primeiro, já faz alguns anos 
(S/N) havia acordado, agora estava bem com seus entes queridos.
A segunda é que  mora com Naruto uwu.
A terceira, é que na parte em que Obito vê sangue em sua mão, não é porque ele o tem, mas porque ele matou muitas pessoas, e sua mente projeta isso de alguma forma. Quase como no caso de Kakashi quando ele assassinou Rin. E bem isso é tudo.

qualquer dúvida comentem ai que eu explico melhor♡


*Desculpem pelos erros ortográficos 😧


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...