História Obrigada por existir! - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Família, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Romance, Suga, Taehyung
Visualizações 362
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capítulo 9


IARA

 Eu estava começando a desconfiar do comportamento do Namjoon quando ele foi me buscar em casa, no caminho pro apartamento deles ele acabou deixando escapar algumas coisas. E olha só aonde estou, no telhado de um prédio que tem como uma linda vista Sehul, sem falar na arrumação aqui em cima. Tem uma mesa no centro do telhado, ao redor da mesa tinha pétalas de rosas, na mesa tinha comidas que pareciam ótimas, um cheiro ótimo rondava aquele lugar então percebi que tinha velas aromatizantes que iluminava o local além das luzes da noite de Sehul, isso é  um encontro romântico ?

- Namjoon o que significa isso ?

- Quando ele chegar aqui em cima você vai saber.

  Sorriu mostrando as suas covinhas, como assim ele ? Eu estava admirando cada detalhe, eu não sou romântica, mas confesso que eu estava gostando daquilo, de repente escuto alguém pigarea e quando olhei pra trás Namjoon não estava mais lá e sim Jin, ele estava tão lindo, ele me olhava de uma maneira como se estivesse me admirando e eu não pude conter um sorriso bobo.

- O que é isso Jin ? - Ele parece nervoso.

- É que faz um tempo que eu planejava isso. - Falou pegando em minhas mãos, e me levou até a beirada do prédio. - Eu não sei por onde começar ... - Quando ele falou isso sentir meu coração acelerar e um sentimento estranho tomar conta de mim. - Quando eu te vi a primeira vez me venho algo tão estranho, um sentimento que eu nunca tinha sentido mais que eu já ouvi falar. Quando eu vejo você sofrendo por alguma coisa o meu coração se parte em mil pedaços e me vem a vontade de te proteger, quando eu olho em seus olhos sinto calafrios e logo me vem a timidez, quando estou com você nada mais importa e a única coisa que faz sentido é te fazer feliz, as vezes me pego imaginando como seria se eu tivesse a oportunidade de ser a pessoa sortuda a está ao seu lado. Me pego pensando em você o tempo todo, as vezes sinto que o meu ser depende da sua existência para estar completo. - A essa altura eu já estava extremamente vermelha e com uma sensação incrível. - Sei que somos diferentes mas, ao mesmo tempo tão iguais. Te acho uma pessoa incrível, a pessoa certa pra se construir uma família e o que prova isso é você coloca a sua irmã a frente de qualquer necessidade sua, você é a pessoa que eu quero que esteja ao meu lado, sei que também que o sentimento que eu sentir ao te ver a primeira vez se chama amor. Iara Frost aceita namorar comigo ?

  Meu coração está tão acelerado que está quase pra pular pela boca, ele disse que me ama e ainda me pediu em namoro, sei que tudo isso é tudo muito cliché até porque eu acho cliché, mais ... não tem palavras pra descrever esse sentimento que estou sentindo, ele falou isso tudo olhando nos meus olhos e em nenhum momento desviou o seu olhar do meu, ele é um homem tão perfeito é ... aí para de enrolaçao ele fez a pergunta que vai determinar a sua vida.

- Eu não sei o que dizer, não sou boa com palavras e a única coisa que eu posso te dizer é que eu sinto tudo isso que você falou e muito mais. Mas você é tão incrível, acho que você não merece uma pessoa fria, chata e complicada como eu.

- Não diga nada, eu te amo e agora eu sei que meu sentimento é recíproco, por favor, permita que eu mude a sua vida. - Falou acariciando a minha bochecha com uma de suas mãos é deu um selinho demorado nos meus lábios, não contive o sorriso e ele correspondeu.

- Te amo.

  Sussurrei e sentir minhas bochechas queimando, ele me puxou pela cintura olhando nos meus olhos, sentir o seu olhar ir para os meus lábios e de repente sinto ele selar nossos lábios, ele pediu passagem com a língua iniciando um beijo que transmitia doçura, carinho, amor, respeito e aos poucos transmitia desejo, sentir ele apertar as suas mãos em minha cintura, eu subir uma de minhas mãos na sua nuca acariciando o seu cabelo enquanto a outra estava em seu ombro. Nós separamos para recuperar o fôlego, ele tirou as suas mãos da minha cintura pegou em minhas mãos e me levou até a mesa puxou uma cadeira pra mim sentar.
  Eu sentia em meu peito um turbilhão de emoções, com certeza eu estava parecendo uma retardada com um sorriso de orelha a orelha. Ele me serviu a comida, que estava com um cheiro ótimo.


- Espero que goste foi eu que fiz tudo. - Falou me entregando um copo com uma bebida maravilhosa.

- Olha além de lindo, romântico, fofo e cozinheiro, já está pronto pra casar.

- Só me caso se esposa for você, aceita ?

     Falou com um sorriso que eu estou quase me derretendo. Aí meu Deus, alguém aí avisa a ele que eu sou cardíaca. Ele se sentou e começamos a comer, e minha nossa que comida maravilhosa, eu não falei nada sobre a comida ela estava divina demais pra ser descrita com meras palavras de uma simples mortal como eu. No final de tudo começamos a falar sobre um monte de coisas, quando já estava se aproximando da meia noite ele me levou pra casa, me dando um beijo que eu não queria para, mas infelizmente a realidade me puxou de volta para o mundo real e tivemos que parar.

     Fui dormir pensando em tudo o que aconteceu, aquilo tudo parecia surreal mas não era. E pela primeira vez eu dormir como eu não dormia a anos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...