1. Spirit Fanfics >
  2. Obrigada por muda minha vida!(Tobidei) >
  3. Capítulo 3

História Obrigada por muda minha vida!(Tobidei) - Capítulo 3


Escrita por: TitiaYaoi-chan

Notas do Autor


Desculpem a demora pra posta cap. Se não ficou me desculpem eu dei meu melhor 😔✊🏼


Agora leia. Que essa bagaça demorou e meus dedos tão doendo🤡🔪

Capítulo 3 - Capítulo 3


*Deidara on*

Acordo com os raios de sol na minha cara, olho em volta mas não era o meu quarto, era um quarto diferente. Com certeza eu não estava na minha casa. Tento me levanta mas sem sucesso, minha cabeça estáva latejando, meu quadril estava doendo e eu não conseguia fala. Vejo obito do meu lado sentando em uma cadeira dormindo, ele ficou cuidado de mim esse tempo todo? Ele parecia está em um sono pesado, tento me levanta pra chama ele mas não consigo. Eu faço muita força para pode levanta e acabo caindo da cama que fez um barulho, logo acordado o moreno no pulo.

*Deidara off*

Obi: oq, oq, quem morreu?- disse obito meio sonolento ainda.

Dei: De-sculpe n-ão q-uis acor-da v-c as-sim- disse deidara com certa dificuldade por não conseguir fala direto, logo recebendo a atenção do moreno.- aí.. - gemeu de dor, Deidara tinha batido seu quadril no chão com muita força.

Obi:Deidara?!- disse obito preocupado logo indo ajuda.

Obito pega Deidara no colo que logo cora, coloca o mesmo de volta na cama.

Obi: vc está bem? Aonde machucou?- perguntou obito, ele estava muito preocupado com o loiro, isso deixava Deidara se senti amado e acolhido.

Dei: e-eu mach-chuquei um pou-co o qua-dril mas não prec-isa se preo-cupar.- falou Deidara ainda com dificuldade.

Obito se afasta de Deidara e vai até uma gaveta e pega alguma coisa logo indo de volta para o loiro.

Dei: o-oque é isso?- perguntou Deidara.

Obi: É uma pomada, eu vou passar em vc.-disse obito calmo.

Obito começa a passar a pomada no quadril de Deidara, ele tentava se o mas cuidadoso possível, aliás ele não queria machuca o deidara mas do que ele estava.

Obi: Pronto! - disse obito soltando um sorriso no final.

Dei:o-obrigada o-bito- agradeceu deidara.

Obito: Não tem de que. Está com fome?- perguntou obito.

Dei:U-um pouco- falou Deidara um pouco envergonhado.

Obi: ok, eu vou lá em baixo para pega algo para vc come, já volto- disse obito logo saindo do quarto

Dei começa a olha para seus braças e pernas agora que ele foi percebe que os machucados do seu corpo estavam enfaixados, ele se aconchega na cama e começa a lembra de todas as coisas que seus pais fizeram e disseram para ele ontem. Ele simplesmente não aguentando começa a chora, era a única coisa útil que ele conseguia faze, dizia ele pra si mesmo. Deidara estava exausto mesmo tendo dormindo muito, seu corpo estava sem energia e ele mal conseguia se mexer, sua pele estava pálida e seus olhos estavam sem brilho, ele parecia um cadáver. Deidara seca suas lágrimas e fecha seus olhos, ele só queria viver em paz, e queria alguém que o amasse.

*Com obito*

Obito desce as escadas vendo logo madara dando uma paulada no hashirama. seu pai com certeza tinha feito algo para irrita o pai madara. Madara logo avista obito e cumprimenta o mesmo e pergunta se o loiro já tinha acordado, Obito logo acena com a cabeça como sim e madara vai a cozinha.

Madara volta da cozinha com uma bandeja cheia de comida dando a mesma pro obito.

Madara: eu surpus que ele iria acorda com fome estão preparei esse café da manhã pra ele. Tome cuidado para não derrubar isso ok obito?- perguntou madara

Obi: pode deixa pai eu não irei derruba- respondeu obito logo saindo da sala com a bandeja, subindo as escadas.

Obito entra no quarto avistando deidara que parecia está dormindo de novo, Obito coloca a bandeja em cima do criado mudo e vai verifica se o loiro estava mesmo dormindo.

Obi: Deidara está acordado?- Obito para um pouco e começa a admira o rosto belo de Deidara, "como alguém teria coragem de machuca um belo rosto desse?" Pensou obito sorrindo bobo.

Deidara começa a se mexer logo abrindo os olhos, ele senta na cama E coça os olhos; "ele é tão fofo" pensou obito ficado corado.

Dei: o-bito, oi!- disse deidara percebendo a presença do mesmo ficado meio envergonhado.

Obi: eu trouxer o seu café, meu pai já tinha feito sua comida estão eu só trouxer para vc- disse obito sorridente.

Dei: O-obrigada Obito- agradeceu deidara olhando para o lado vendo uma bandeja com um monte de comida.- uau.- disse o mesmo surpreso, fazendo obito solta uma pequena risada.

Obito pega a bandeja que estava em cima do criado mudo, deixado do lado do loiro. Deidara pega um bolo e começa a comer, seus olhos brilharam quando terminou de mastigar.

Dei: Uau obito, seu pai cozinha muito bem- falou o loiro colocado mais comida na boca. O mesmo estava realmente encantando com a comida do pai de obito.

*Um tempinho depois deidara e obito descem as escadas indo até a sala*

Obito ver que seus pais haviam saindo, provavelmente pro trabalho. Os pais de obito sempre iam trabalha e deixavam ele sozinho em casa, não sozinho completamente, pois os pais de obito pediam para a vizinha fica de olho no obito.

Dei:O-nde estão seus pais obito?- Perguntou deidara um pouco confuso.

Obi: ahm, eles foram trabalha provavelmente.- respodeu obito.

Dei: uau, os seus pais te deixam sozinho em casa?

Obi: não completamente, eles pedem pra vizinha do lado me vigia. Mas, sim! Eu fico sozinho em casa.

Dei: Que legal*sorri* hawm. *gemido de dor*.

Obito pega Deidara nos braços, impedindo o mesmo de cair no chão.

Obi: Você está bem dei?- perguntou obito olhado nos olhos do Deidara, preocupado.

Dei: e-Estou sim! Só a minha cabeça que tá doendo .um pouco.- disse Deidara saindo dos braços do obito, ficado em pé sozinho.

Obi:..ok... Mas se estiver doendo muito, me fale!- disse obito.

Dei:...*sorri* obrigada Obito.- respodeu Deidara.

Obito logo corar virado o rosto pro lado. Obito logo lembra que kakashi é rin viriam aqui hoje!

Obi: ahh, quaser me esqueci. O kakashi é rin vão vim aqui hoje!- disse obito voltando a olha pro deidara.

Dei: oh, porquêe vão vim aqui?- perguntou Deidara curioso.

Obi: b-em, pelo o que aconteceu com você, eles disseram que viriam só pra ver se você está bem.- explicou obito.

Dei/Pov: Rin... ela é a garota que o obito gosta?*fica cabisbaixo*.

Dei:O-h, que ótimo, fico feliz que ele venham aqui pra me visitá!*sorri de lado*.

Obi: SIM! Daqui a pouco o kakashi e a... rin...*cora*

Deidara olha meio cabisbaixo, mais tenta parece o mais feliz possível. Deidara sabia que Obito gostava da rin, é ele não deveria está se importando com isso mas... por que doí tanto?

*batidas na porta*

Rin:Obito eu e o kakashi trouxemos remédio para o menino loiro!- disse rin gritando.

Obi: Já tô indo!- disse Obito logo correndo para a porta, para abri pros seus companheiros.

*obito abre a porta*

Kakashi: Que demora obito.- resmugou kakashi.

Rin: Oi obito!! Onde está o menino loiro?- perguntou rin.

Obi: ele está na sala, e você pode chama ele de Deidara, esse é o nome dele.- disse obito sorrindo um pouco bobo olhado pra rin.

Rin: eu e o kakashi compramos remédio enquanto estávamos vindo pra cá.

Obito: oh, obrigada rin. Gentil como sempre!*pega a sacola com remédios*

Rin: Que nada, isso e tudo que eu posso fazer pra ajuda. Não é grande coisa*risos*

Obi:*risos* É mais que o suficiente.*cora*

Dei/Pov:... ele realmente gosta dela né? Como ele gostaria de alguém como eu? Ele com ctz me acharia entranho, se descobrisse que eu gosto de homens. E gotso dele...


*Pensando off*






Continua...




 


Notas Finais


Comfia na mãe, eu vou continua essa bagaça. Sem interrupções!!😤🤚🏼


Lámen?🍜🍥

Obrigada por ler e desculpe a demora, de novo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...