1. Spirit Fanfics >
  2. Obrigada, Universo! >
  3. CAPÍTULO ÚNICO

História Obrigada, Universo! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiê espero que gostem desse estilo de história curtinha. Aproveitem a leitura e desculpa qualquer erro :)

Capítulo 1 - CAPÍTULO ÚNICO


 Percy saia tarde de seu trabalho hoje. Annabeth e Grover já haviam ido embora. Os três trabalhavam em uma empresa muito renomada em Nova Iorque. Ele agora dirigia em direção ao apartamento que dividia com os dois melhores amigos de infância. Não era um apê grande, mas também não era pequeno. Tinha duas suítes, um banheiro, sala e cozinha. Logo, Percy e Grover dividiam um quarto com uma beliche. Deixando o outro para Annabeth. Os dois não reclamavam afinal, foi assim a vida deles inteira. Percy sorriu ao lembrar que desde o fundamental ele e Grover dividiam o dormitório na escola, isso não mudou na faculdade e até agora não mudou. Eles eram como irmãos e nada poderia mudar isso.
        Os dois conheceram Annabeth no ensino médio e a amizade com ela, para Percy, sempre foi confusa. Eles sempre viviam em pé de guerra, mas em compensação sempre protegiam um ao outro. Para ele, Annabeth era a única mulher capaz de proporcionar uma mistura de irritação e paz nele ao mesmo tempo. Já fazia um tempo que para Percy Jackson ela significava muito mais que só uma amiga. Mas, ele não entendia ao certo o que Annabeth Chase realmente significava para ele.
         Já faziam três horas que ele estava preso em um engarrafamento. Seu celular havia descarregado e ele não podia ligar para seus amigos para avisar que estava bem. Ele tem consciência do tanto que Annabeth se preocupa, principalmente depois do episódio que Percy e Grover se atrasaram por causa de um assalto a mão armada, que quase custou a vida dos dois rapazes. Percy começou a se sentir culpado, não queria preocupar a amiga com bobagens.
         Exatamente 15 minutos depois ele entra no apartamento. Estava tudo escuro e ele escutava o ronco de Grover  no sofá. Percy escuta um barulho na cozinha e se dirige para lá. Ao adentrar no cômodo ele se depara com uma Annabeth sentada a pequena mesa encarando o fogão e chorando baixinho. Ele entra no campo de visão dela e abre os braços. A loira se levanta rápido e corre para ele aceitando o abraço.
          O cansaço vai saindo do corpo de Percy assim que Annabeth Chase o aperta pela cintura e ele respira o cheiro de morango que seu cabelo tem. Ele está claramente preocupado com a garota. Afinal, ele nunca havia visto ela chorando mesmo dividindo o apê a cinco anos e conhecendo ela há  10. Ela aos poucos vai se afastando e logo já está sentada de volta na mesa e Percy sentado de frente para ela. Já era meia noite, ainda bem que amanhã ele não tinha que trabalhar.
         -Me desculpe, Sabidinha! Não queria que você se preocupasse. Meu celular descarregou e fiquei num engarrafamento enorme.- ela abre um sorriso triste.
        -Tudo bem, Cabeça de Alga. Você não fez por mal. Mas, você está bem? Está com fome? - ele abre uma sorriso para ela. Havia muito tempo que eles não se tratavam pelo apelido exclusivo deles.
          -Tô bem, Annie. Não precisa se preocupar. Porém eu estou realmente com fome. Tem pizza na geladeira?- ela faz que sim e ele se  levanta pra pegar dois pedaços um para ele e um para ela.
          Cometam em silêncio até ele pegar a segunda  e última fatia de toda a pizza disponível.
         -Divide essa comigo. Não comi nada desde o café da tarde.- Annabeth fala.
         -Por que não comeu nada?- ela antes com os olhos no dele desvia eles para o seu prato agora vazio.
         -Eu não consegui. Não consegui comer por causa da minha preocupação com você. Percy, eu pensei que você tivesse sofrido um acidente. Na verdade eu pensei em tudo de ruim que poderia estar acontecendo com você. Não aguentaria te perder e essa droga de engarrafamento me fez pensar que havia te perdido. Perdido você antes de...- ela se interrompe e volta a  encarar ele.- Divide comigo ou não?
        -Lógico que eu divido. Mas, antes do que?  Porque se interrompeu? - Annabeth se sente desconfortável. Considera realmente a ideia de tentar sumir magicamente. Será que era hora de contar o que sentia por aquele homem na sua frente?- Sabidinha, você sabe que pode me falar qualquer coisa né?!- O rapaz ja preocupado com o estado da amiga se preocupa ainda mais ao ver que ela parecia estar sofrendo por causa de algo. O que piorava era a sensação de que ele era o responsável por esse suposto sofrimento dela.
        -Sei que posso. Mas, não sei se devo. Venho percebendo coisas que me deixam  confusa e estranha.
         -Que tipo de coisas?- ela respira fundo fechando os olhos cinzas e logo depois abrindo para encarar os olhos verdes intensos.
         -Ah, Percy! Deixa isso pra lá. - ele levanta uma das sombrancelha e pega uma das mãos dela que estava em cima da mesa. Ela desvia o olhar para o seu colo
        -Annabeth estou preocupado. Nunca tinha te visto chorar e nem tinha... Tinha percebido que eu sou tão importante assim para você. Por favor, me conta.- ele aperta sua mão de leve fazendo ela encarar ele.
         -Olha, venho me sentindo estranha em relação a uma pessoa. Ele é importante pra mim mas, tenho medo de... Ser rejeitada.- ela estava levemente corada. Mas, não desviou o olhar. Percy solta a mão dela e se sente desconfortável com o assunto.
         -Você está apaixonada?
          -Sinceramente eu não sei. Acho que é mais que isso acho que sempre amei ele. - Percy respira fundo e se controla para não começar a chorar. Agora, que ele viu que podia perder ela sabia o que sentia em relação a Annie, ele ama ela e não suportaria ver ela na mão de outro.
          -Sinceramente, acho seu medo um pouquinho bobo.- ela olha para ele indignada.- Antes que fique brava, acho impossível alguém em sã consciência te rejeitar. Tipo, olha para você! Inteligente, bem sucedida, forte, carinhosa e se me permite dizer muito linda. Só um homem muito louco não iria te querer. Você é a garota perfeita, dos sonhos de qualquer um. - ele toma coragem para desviar os olhos das mãos dele que estão na mesa e olhar para as orbes cinzas a sua frente.
          -Você se considera um homem louco?- ele não entende a pergunta dela de imediato.
          -Sim. Mas, não tão louco ao ponto de te rejeitar.- ela sorri. Sorri de verdade.
           -Você é a pessoa, Cabeça de Alga.- ele fica estático. Ele se levanta da mesa rápido. Ela também.
          -O que disse?- ele pergunta sem acreditar.
          -Que você é a pessoa que eu amo. Não consegui enxergar isso com clareza até hoje, quando tive real medo de te perder pra sempre. - Ele agora em pé continuava a encarar a mulher na sua frente sem acreditar. Não se mexia. Não falava. Annabeth já estava começando a ficar preocupada.- Percy, fale algo por favor.
          -Eu... eu também, Sabidinha, quer dizer, também te amo. Quando você começou a falar do cara que tinha conquistado você pensei que tinha te perdido para sempre. - ele dá uma risada.- Eu senti ciúmes de mim mesmo.- ela o acompanha na crise de riso.
           Assim que os dois pararam de rir eles se encaram. Eles já estavam muito perto. Parece que inconscientemente eles andaram na direção um do outro enquanto riam. Agora estavam muito perto. Percy acaba com o espaço ao puxar Annabeth para um abraço. Esse abraço foi diferente. Annie passou seus braços pelo pescoço de Percy e esse passou os seus pela cintura dela. Ele encaixou seu rosto na curva do pescoço da loira e ela na curva do pescoço dele. Ambos respiraram fundo e sentiram o cheiro um do outro. Percy foi invadido pelo cheiro gostoso de morango do cabelo dela, trazendo a tão conhecida sensação de paz. Já Annabeth, sentiu o cheiro de maresia que causava nela uma sensação de estar em casa.
          -Annie, sabia que eu amo o seu cheiro? Sempre me acalma. - ele fala baixo contra o pescoço da garota que se arrepia por causa da respiração do rapaz.
         -O seu cheiro me traz uma sensação de estar em casa.- ele se afasta um pouco. Mas ainda mantém ela nos seus braços.
         Percy a observava de um jeito diferente, como se quisesse guardar todos os detalhes para ele. Isso fez ela corar. Percy sorriu assim que percebeu. Uma das mãos dele sobe para sua bochecha e faz um carinho ondes estava vermelho. Os olhos dele não desviou dos dela uma só vez. O carinho da bochecha chegou a seus lábios. Esses o rapaz contornou com a ponta dos dedos. Ele desviou o olhar para aquele ponto. Segurou o queixo dela e levou de encontro os lábios dos dois.
         O beijo começou com um leve encostar de lábios. Mas, assim que Percy ia se afastar, Annabeth segurou pela nuca e o manteve ali. Aprofundando o beijo um pouco mais. Levando seus dedos aos cabelos extremamente negros e desarrumados do rapaz, enquanto esse tirava a mão de seu rosto e depositava essa em suas costas. Ela sorriu em meio ao beijo assim como ele. Se separaram somente por causa da falta de ar. Mas suas festas e olhos mantiveram-se juntos e fechados.
          -Aleluia! Se demorassem mais um ano pra perceber que são feitos um para o outro eu me matava. Graças aos deuses! Não aguentava mais o Percy falando de uma garota e a Annie falando de um garoto, sabendo que estavam falando um do outro. - Grover diz escorado no batente da porta com um sorriso imenso no rosto.
       -GROVER!- o casal grita juntos. Grover se limita somente a rir. Logo os três estão rindo.
        Juntos, era assim que os três estavam. Juntos como uma família. Todos estavam felizes e todos sabiam que dali pra frente tudo iria melhorar. Agora todos três agradeciam ao péssimo trânsito de Nova Iorque, a bateria descarregada, a preocupação de Annabeth e de Percy e por último agradeciam ao universo por ter cruzado o destino deles três a tantos anos atrás, quando ainda eram  apenas crianças.


Notas Finais


Tchauzinho!!! Espero que tenham curtido. Não esqueçam de comentar o que acharam é bem importante pra mim. :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...