História Obrigado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM)
Tags Bts, K-iludidas, Namjoon, Obrigado
Visualizações 9
Palavras 770
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


 Era o primeiro aniversário dentro do grupo desde que me juntei a esses baderneiros. O aniversariante não era ninguém mais, ninguém menos que Kim Namjoon, o famoso líder Rap Monster.

 Como saio antes deles acordarem para ir para a creche, decidi levantar mais cedo que o normal para fazer uns doces e um cappuccino que ele tanto gosta. Arrumei a mesa e o resto do café para os garotos, mas só o lugar do aniversariante estava cheio de mimos, até eu senti uma invejinha. Antes de sair, dei uma requentada no café, fiz um coração com o creme bem meiguinho e escrevi um bilhete: “Tenha uma ótima manhã Namjoon, bom aniversário!”

 Depois do almoço, voltei para a sala na creche e um triozinho de meninas se aproximou de minha mesa.

3M* (três meninas): Tia S/N, po’ que você tá pensando tanto hoje?

S/N: Minhas lindas, é que hoje é o aniversário de um amigo muito importante e eu não sei se ele vai gostar do presente

3M: Quem é?

S/N: É o tio Namjoon

Elas se entreolham e me encararam com sorrisos sapecas. 5 minutos depois eu não sabia se estava em uma creche em Seoul ou no exército.

M1: Façam desenhos!!

M2: Escrevam catinhas*! (Jeito de criança pra falar cartinhas)

M3: Tia S/N, faz um vídeo da gente falando com a tio Namjoon!

 Atrás dos desenhos, eles escreveram KIM NAMJOON e ficou realmente muito fofo. Mandei umas 4 horas da tarde.

Saí da creche correndo em direção ao mercado para comprar algumas coisas para o jantar, já que Jin foi para o exército.

 Fiz a sagrada sopa de algas e carne que eles me disseram que sempre tem em dia de aniversário. Faltando uns 10 minutos pra ficar tudo pronto, o grupo chega em casa

NJ: S/N, se for você fazendo aquela sopa de aniversário pra mim, eu juro que não vou acreditar.

 Ele entra na cozinha enquanto eu rio, ele se aproxima para me dar um abraço que eu desvio

S/N: Abraços depois, banho agora. Isso serve para todos os 6! Enquanto isso eu termino aqui e arrumo a mesa. Vão antes que fiquem sem sopa!

 Depois de tudo pronto, comemos a sopa com alguns petiscos. Logo na primeira colherada, os 6 tiveram a mesma reação.

BTS: Hm! Como você consegue fazer isso melhor que o Jin?

 Não sobrou nada, e quando eu digo NADA não é NADA mesmo. Nem mesmo uma alguinha, um petisco, nem água sobrou. Levei os pratos pra pia e já comecei a colocar outros na mesa

JK: Ainda tem mais?

S/N: Namjoon, o senhor está sendo intimado a fechar os olhos neste exato momento

NJ: ok, oficial.

 Ele fechou os olhos e fiz sinal para que eles começassem a cantar o parabéns enquanto eu levava o pudim (que havia me rendido um 10 no curso de culinária) com a cara do ursinho favorito dele. Os meninos ficaram meio “como essa doida fez isso?” e o Namjoon “eu não consigo comer essa coisa fofa”

YG: Meu Deus do céu, se essa garota não é a melhor amiga do mundo eu não sei quem é

S/N: Menos Yoongi, bem menos. Quase nada.

 Eles me ajudaram a arrumar as coisas e fomos todos descansar. Lá pelas tantas da madrugada, estávamos eu e Taehyung acordados vendo TV. Vi o momento perfeito para entregar o presente ao Namjoon quando Tae cochilou ao meu lado. Fui ao quarto com passos leves e dei uma espiada  dentro. O encontrei deitado em cima dos papéis sobre a escrivaninha quebrando a cabeça para criar um novo verso

S/N: Namjoon?

NJ: Ah, oi, o que foi? Não consegue dormir?

S/N: Na verdade… É que eu não entreguei seu verdadeiro presente ainda

NJ: O que? S/N, eu não acredito, depois de tudo o que você fez hoje, aquilo não era o meu presente?

 Eu fui me aproximando devagar e sem dizer nada, quanto mais perto mais nervosa, ele parecia meio impaciente mas percebi que queria que eu fizesse o que queria no meu tempo. Respirei fundo e segui tanto meu coração como instinto e o beijei. O mundo começou a girar, pareciam aquelas coisas de cinema e eu estava gostando pra caramba de ser a atriz principal desse filme.

NJ: Superou todos os presentes que já ganhei até hoje hehe

S/N: Na verdade…

NJ: O que?

S/N: Esse não era o presente

NJ: WTF?

 Saquei uma caixinha antes que ele começasse a falar novamente. Era um pequeno colar, com um pingente de estrela

S/N: “You can touch the stars” Você gosta dessa citação, não é?

NJ: Eu amo, assim como amo você. OBRIGADO, S/N.


Notas Finais


Caso estejam reconhecendo esse imagine de algum lugar, ele foi postado inicialmente no canal K-ILUDIDAS no youtube, porém eu (dona do canal) decidi me manter só na escrita e parar de produzir vídeos. Por favor, Aproveitem =3

Beijão recheado de amor
- Jeca


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...