História Obrigado por me ensinar a viver - Chanbaek - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Baekyeol, Byun Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Otp, Park Chanyeol
Visualizações 134
Palavras 1.297
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello pessoas lindas, tudo bom?
Sim, esse é o penúltimo capítulo da Fic... Triste? poisé T^T
Fiz o capítulo com todo o carinho do mundo para vocês, espero que gostem ♥
Boa leitura ^^

Capítulo 9 - Por que demorei?


Fanfic / Fanfiction Obrigado por me ensinar a viver - Chanbaek - Capítulo 9 - Por que demorei?


“Por que demorei?”


( narradora (eu) narrando) 


 Baekhyun estava preste a pular até que é interrompido por uma voz o chamando, ele se vira se deparando com Chanyeol todo suado e cansado :

-Chanyeol? - Baekhyun se pergunta surpreso-

-BAEKHYUN DESCE DAÍ! -Chanyeol aos poucos se aproxima mais e mais de Baekhyun-

-Não quero... Cansei dessa vida! 

-Por favor Baekhyun.. Não diga isso! 

-DIGO E REPITO CANSEI DE TUDOOOO -Baekhyun diz gritando deixando seu choro mais alto-

-B-baek? Me desculpe...Eu não queria ter falado com você daquela maneira.. M-me desculpe.. A verdade é que... Não sou louco como todos dizem, ou como EU digo, fui forçado a virar um por causa de uma vingança que surgiu do passado.. A médica quando eu era pequeno me fez coisas horríveis me deixando com um problema no psicológico.. Deste anti-ontem ela tem me forçado a tomar remédios me deixando mais confuso e fazendo eu ter surtos, agora mais cedo ela estava me observando falando com você, eu tive que ser grosso daquela maneira com você para ela não o machuque como ela faz comigo... Baekhyun você é sim uma pessoa importante para mim! Você é Baekhyun um garoto muito especial que está me dando forças cada dia mais para não  desistir de tudo...Assim como você já tentei me matar, mas depois de várias tentativas percebi que não vale a pena tirar a vida.. E eu percebi isso com você em minha vida, mostrando que minha missão é te ajudar a vencer! Como você está me ajudando... Baekhyun -Chanyeol fica frente a frente para Baekhyun - Eu te amo.. 

-Eu também te amo... Chanyeol -Baekhyun diz engulindo o choro e dando um pulo sobre Chanyeol o abraçando fortemente- M-me desculpe... E-eu... E-eu.... 

-Está tudo bem Baekhyun... Vive Baekhyun, sua hora ainda não chegou...

-C-chanyeol, obrigado... 

-Não precisa nada disso ok? Vem vamos sair daqui! -Chanyeol se afasta de Baekhyun indo um pouco para trás -

-Vamos! -Baekhyun pela primeira vez do dia solta um sorriso sincero -

Estava tudo muito bem, até que por azar do destino Chanyeol acaba tropeçando e com isso perde o equilíbrio, mas como a vida não é como um paraíso um passo falso e Chanyeol cai sobre o prédio. 

A mente e o corpo de Baekhyun se enche por desespero, rapidamente ele olha con o coração apertado para baixo, dando a visão de um corpo jogado com várias pessoas se aproximando dele :

-Não... Não...NÃO! -Baekhyun sai correndo negando várias vezes o que acabara de acontecer - Não pode ser verdade... Não... Não... -lágrimas escorriam sobre seu rosto, o vento gelado que batia em seu rosto rosado de tanto chorar, o cansaço de correr descendo as escadas e a maldita culpa-

Tudo isso era culpa dele, Baekhyun afirmava em sua mente. 

Chegando finalmente na frente, a imagem de Chanyeol jogado sobre o chão, rodeado de sangue e pessoas desesperadas com o telefone na orelha,Baekhyun se aproxima de Chanyeol, caindo de joelhos sobre ele não acreditando na cena que estava a sua frente,Chanyeol estava morto? 

Com todo cuidado do mundo Baekhyun ponha o corpo mole e pesado de Chanyeol sobre seu colo vendo detalhamente seu rosto machucado e sangrento, seus dedos envolviam o rosto gelado e pálido de Chanyeol :

-Chanyeol ? -Baekhyun o chamava inúmeras vezes, querendo não acreditar que era o fim-

Logo os bombeiros chegaram levando Chanyeol e deixando um Baekhyun largado e culpado. 

Baekhyun narrando 

Deste ontem não coloco nenhuma comida sobre minha boca,um vazio tornou em meu redor, já se passou 1 dia, amanhã será o enterro de Chanyeol, não sei se consiguirei seguir em frente.. 

Ele se foi por minha culpa.. 

-Por que tive aquela idéia idiota? POR QUE? -grito sobre a cara no meu travesseiro-

-Baekhyun? -ouço uma voz feminina próxima - Trouxe seu remédio meu filho.. Qualquer coisa está sobre sua cômoda! -logo ouço passos se distanciado -

Me levanto da cama pegando o remédio e o encarando, pego o copo d'água ao lado, e em um gole só engulo o comprimido sintanido ele já fazendo efeito, me deito na cama melancólico e logo pego num sono. 

Acordo com cutucadas, abro os olhos me deparando com minha mãe de preto :

-Hora de irmos filho...

-Já vou...

Quebra de tempo


Chegando no velório o padre já havia rezado, então era somente a despidida, me aproximei do caixão tendo a visão de Chanyeol, mas logo pude perceber o ar infeliz, não é ele... 

Toco em sua mão gelada, não é aquela mão quente que limpava minhas lágrimas.. 

Toco em em seu cabelo, não é mais macio como era... 

Cadê aquele sorriso?, aquele que me aconchegava e me dava borboletas no estômago... 

Cadê meu Chanyeol?,aquele que disse me ajudar e nunca iria me abandonar... 

-Quem é você? -pergunto olhando seu último detalha- O que você fez com Chanyeol?.. 

Sinto uma mão sendo posta sobre meu ombro, minha avisa que agora acontecerá o enterro,me afasto de Chanyeol e logo acompanha seus familiares até o cemitério aonde o caixão de Chanyeol era enterrado:

-Baek você vai ficar aqui? Irei na sua avó tá? -minha mãe cochicha e meu ouvido e logo aceno um sim com a cabeça avisando que ficarei mais-

Depois de enterrá-lo ,aos poucos o lugar do túmulo foi se desvaziando de pessoas e por fim sobra somente eu e ele. 

Ele, o único que confiei, o único que me fez ferver, o único que mexeu tanto com minha cabeça, o único que me fez matar aula.. O único que me dizia que me amava...

Olho em todos os lugares vendo se havia alguém e por sorte não tem ninguém, me aproximo do túmulo me sentando ao lado, solto um suspiro :

-Sabe... Eu tente me recompor na frente de todos.. Mas está difícil, eu sei que você não quer que eu chore.. Mas me desculpe... -começo chorar - ME DESCULPEEEE SOU FRACO... AINDA MAIS SEM VOCÊ! CHANYEOL POR QUE ?? EU FUI UM IDIOTA, UM GRANDE IDIOTA! POR QUE NÃO TE DISSE QUE O AMAVA ANTES? POR QUE DEMOREI PERCEBER ISSO? POR QUE EU TINHA MEDO DE TE AMAR? VOCÊ ME FAZIA TÃO BEM! Seus abraços... Seus selares roubados... MERDA CHANYEOL! por que essa culpa que não sai de mim? Por que eu lembro de você? Por que eu sonho com você? Por que te amar me faz sofrer? POR QUE VOCÊ SE FOI ASSIM? SEM SE DISPIDIR? CHANYEOL A VIDA NÃO É BOA! NÃO É MAIS! ELA PERDEU A COR... Sem você... Tudo volta no preto e no branco.. O que vai ser de mim sem um poste orelhudo me encarando nas aulas? Sem um Chanyeol para me fazer gaguejar, sem uma pessoa para me ensinar inglês, o que vai ser de mim? Você era meu braço esquerdo! Eu te amo.. TE AMO... TE AMOOOOOOO -grito entre os soluços altos- Eu estou chorando tanto mais tanto, sei que você deve estar triste, mas não sei como parar! Sem você não tenho mais um suporte para viver... Sem você... Não tenho mais ninguém para amar... -passo minha mão sobre o túmulo - Sem você... Não tem mais Baekhyun... Eramos uma dupla... Eramos mais que amigos, bon para mim eramos duas pessoas destinadas a viver juntas... QUE RAIVA POR QUE NÃO PERCIBI ISSO ANTES! AAAAAAAH, me desculpe por demorar tanto.. Agora é tarde mais... Hoje eu tomei meu remédio, espero que você se orgulhe de mim, sim eu mentia, eu não tomava meus remédios, joguei minha gilete e tudo se cicatrizou... Queria ver sua cara agora -digo rindo no meio dos meus pensamentos- Pode ser louco mas... Já sonhei acordado um dia nós dois juntos velhinhos... -sinto um vento gelado sobre meu rosto- Eu preciso ir... Está escurecendo... -me levanto- Te amo... -olho pela última vez para o túmul ,me viro de costas sentindo ele presente, abaixo cabeça escondendo o máximo de lágrimas possíveis,respiro fundo e ando em direção da saída do cemitério-

...


Notas Finais


Tem uma lágrima no meu rosto :'3
Até o último capítulo <3
Bjjs :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...