1. Spirit Fanfics >
  2. Obrigado, Yoongi-hyung! >
  3. Teenage Dream

História Obrigado, Yoongi-hyung! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeira vez escrevendo Sope!!

Nervousa estou!


A playlist do cap pra ocês:https://open.spotify.com/track/6HePVKyIeL20JWLVthsU9c?si=RQDDIs7YQuaARKc9ll9xbA

Capítulo 1 - Teenage Dream


Fanfic / Fanfiction Obrigado, Yoongi-hyung! - Capítulo 1 - Teenage Dream

          Essa típica história clichê na qual um adolescente qualquer se apaixona por seu melhor amigo que por sinal é gato 'pra caralho!

Me chamo Jung Hoseok, tenho dezessete anos e sou loucamente apaixonado por Min Yoongi, vulgo meu melhor amigo.  

Gostoso do caralho!

E sim! Vou repetir que ele é gostoso pra caralho, afinal ele é né !

Yoongi e eu nós conhecemos no início do fundamental, nos nós odiavámos. 

Isso mesmo, inimigos declarados!

Só que com um trabalho aqui, uma ida a casa dele acolá e vimos que somos até que "compatíveis".

Super engraçado, né! Nem parece que se matavam com os olhos.

Nesse exato momento o Min se encontra deitado sobre o meu colo com seus cabelos azuis sobre as minhas coxas com um fone nos ouvidos.

Tudo normal! Bem quase!

Se não fosse pelo fato de eu ser apaixonado por ele e o mesmo ter um puta de um cheiro bom!

Min Yoongi seu gato manhoso, porque tão cheiroso?

- Tudo bem aí, Jung?- Perguntou Min olhando em meus olhos com um ar confuso.

- Tudo sim, Min! Só estou pensativo.- Disse simplista passando as mãos em seus cabelos sedosos.

- Você tá esquisito, Hoseok! O que você tá me escondendo, uhm!- Falou ele levantando sua cabeça do meu colo. Fitando-me em seguida.

- ' Tô escondendo nada não, doido!- Disse rindo.

Min Yoongi é esquisito, puta que pariu, viu!

- Sei...- Disse e logo depois deitando com uma carranca até que bonita no rosto pálido.

- O que está ouvindo, hyung?

-Teenage Dream!- Falou me entregando o fone.

- Seu gay! - Disse sorrindo torto.- Sério mesmo que você está ouvindo Katy Perry?

- Algum problema deu ouvir a porra da maravilhosa da Katy Perry?- Disse com uma sobrancelha arqueada.

Puta tesão esse garoto! Socorro!!!

- Nenhum, é que eu que sempre curti a rainha Katy Perry!- Disse coçando a nuca. - E você só rap e trap, sabe como isso é esquisito Min Yoongi!?

- Sei, mas é tudo culpa sua! - Disse o Min rindo com o seu sorriso gengival. Retribui o sorriso.

Meu celular toca e vejo na tela que é Park. Porra, esqueci do meu "encontro" com Jimin!

- Yoon, eu tenho que sair! Tenho um encontro com Jimin.- Disse levantando pegando minha coisas.

- Você volta, né?- Perguntou olhando com seus olhos de gatinho.

- Juro que tento voltar ainda hoje!- Disse esticando meu dedo mindinho como uma promessa.

Ele esticou seu dedo mindinho sorrindo logo em seguida pra mim.

Min Yoongi eu amo seu sorriso!

- Eu volto logo!- Disse fechando a porta e descendo as escadas da casa dos Min.

***

Park Jimin

Lindo, inteligente, sexy, esperto, tudo o que um cara como eu gostaria de ter como namorado.

 Mas como diz S/N: a gente não manda no coração.

É, ela tem razão... Mas logo ele?

Eu e Park estávamos conversando sobre as aulas de dança, já que o mesmo é da mesma turma que eu.

Marcamos esse "encontro" para falar da coreografia nova que nossa professora estava preparando. E já que somos os melhores daquela acadêmia fomos escolhidos para dançar a coreografia principal do concerto que haveria a alguns meses em nossa cidade.

-Eu ainda não acredito que a professora nós escolheu, Sunshine!- Disse Park empolgado.

- Nem eu, tô com frio na barriga! Nunca sei o que esperar de Cheng Xiao!- Disse com um sorriso nós lábios.

-Acho que nós vamos nos sairmos bem, somos o par perfeito na dança!- Sorriu bonito 'pra mim.

Conseguem imaginar um cara bonito e do sorriso mais bonito ainda? Então esse era Park Jimin.

O garoto já se destacava com seus cabelos roxos e com um belo rosto, imagina sorrindo!

Sério, queria poder dar uma chance para ele, ele é uma pessoa incrível em todos os sentidos. Ótimo dançarino, ótimo aluno, ótimo amigo. Mas sei que ele não quer só ótimo para alguém, quer ser amado.

Park Jimin é um puta de um romântico, e isso é ótimo.

Ótimo.

É até desanimador pensar assim!

Droga, Jung Hoseok! Porque logo Min Yoongi??

- Tudo bem aí, hyung?- De novo essa pergunta? - Tá viajando no seu mundinho, foi?

Disse o Park meio sarcástico com um sorriso no rosto.

-Sabe, Jimin eu gostaria de dar uma chance para uma pessoa mas eu gosto de outra. Eu sei, soa horrível! Mas mesmo assim seria muito injusto eu gostar de uma pessoa e ficar com outra para esquecer!- Disse suspirando.- Eu seria muito horrível...

Como pode? 

- Eu te entendo, tô na mesma situação! - Disse o Park brincando com sua bebida.- Sabe o Tae?

Eu assenti.

-Eu tô tão perdidinho por ele, e desculpa Hope mas estou tentando esquece-lo com você!- Disse suspirando pesado.- Desculpa.

Okay, que coisa estranha.

Não sei o que me deu, mas senti minhas bochechas esquentarem e uma gargalhada sair da minha garganta.

Vi um Park confuso, mas logo começou a rir junto comigo.

Okay, que situação esquisita!

- E eu estou caidinho por Min Yoongi... 

Vi o sorriso de Jimin aumentar e ele começar a gargalhar.

Porra, qual a graça? Ele pode se apaixonar pelo melhor amigo e eu não? Como pode!

- Seu melhor amigo?- Disse meio confuso, afinal todo mundo sabe que Min Yoongi é o maior mulherengo da face da terra.- Bem o hétero , Hoseok??

É, bem o hétero!

-Eu não mando no coração, caralho!- Esbravejei irritado com tudo aquilo.- E você que tá todo apaixonadinho pelo Tae, bem o que pega geral também!

Bufei irritado com a conversa.

- Foda-se, ' tô mesmo! E daí?

Eu apenas dei de ombros e logo tomando um gole do meu café.

Vi Taehyung entrando na cafeteria com Namjoon e Seokjin. 

- Jimin, o Tae tá aqui!- Eu disse discretamente para que os três que estavam vindo em nossa direção não ouvissem.

- Puta merda, eu não tô falando com ele Seok!!- Disse ele pra mim.

- E porque?

- Ele falou umas coisas bem pesadas pra mim.- Falou num sussurro olhando para sua bebida.

- Babaca!- Rosnei.

- Quem é babaca?- Perguntou o Kim mais velho para mim.

- Ninguém, só pensei alto demais.- Disse comprimento os três com um toque de mãos.

- Oi Jimin.- Disse Taehyung para o Park.

É o clima tá tenso por aqui. Jimin apenas ignorou o Kim mais jovem e tomou um gole da sua bebida.

- É sério que você vai agir assim, Jimin?- Falou Taehyung com o semblante tenso.

Jimin apenas levantou da mesa e não disse nada para o Kim.

- Vamos, Hope?- Perguntou olhando para mim e eu logo assenti, pegando em sua mão.

Vi Taehyung se incomodar com o ato, mas logo sou puxado pelo Park.

É o dia estava indo de mau a pior para Park Jimin.

***

Estava exaustou, a semana passou voando e já estávamos em pleno sábado e eu jogado na minha cama.

Eu, Jung Hoseok, nunca fico deitado na cama por muito tempo mas parece que meu corpo não sabe reagir nada no dia de hoje.

Sexta-feira, dia no qual Cheng Xiaon virou o capeta e nos fez ficar até às 20:00 na academia para treinar. Ela estava determinada a nós fazer decorar a nova coreografia.

Aquela vaca um dia me mata!

Sinto meu telefonar tocar e logo pego, no visor estava o nome de Min Yoongi. O que deu nesse garoto? Nunca me liga.

- Alô!

- É melhor você abrir a porra da porta antes que eu arrombe ela!- Falou e ele e depois desligou.

Bicho esquisito esse Min Yoongi!

Desci as escadas correndo e logo abri a porta, é ele estava puto da vida...

- O que aconteceu?- Perguntei dando passagem para ele entrar em casa.

Sou puxado escada a dentro, paramos quando entramos no meu quarto.

- Porque não me disse que é gay, Hoseok?

Gelei!

Porra como ele descobriu? Moleque maldito!

- Pensei que fosse óbvio, hyung.- Disse sentando em minha cama ficando de indiozinho.

Fechei os olhos, um nó se formou em minha garganta.

Senti ele se aproximar de mim sentando como eu estava.

- Quando descobriu?- Perguntou brincando com seus anéis.

- Tem um tempo já. - Disse soprado.- Desculpa não ter falado 'pra você.

Levantei meu olhar para o pálido e vi ele me fitar com os olhos felinos. Me deu um sorriso de ladino e disse:

- Ficou com medo?- Perguntou e eu apenas assenti.- Entendo.

- Como descobriu?

Como?

- O Tae me falou que vocês já ficaram e nunca vi você ficar com nenhuma menina.- Deu de ombros.

- Ah, tinha que ser!- Revirei os olhos e bufei.

- Relaxa, tudo bem!- Sorriu gengival 'pra mim.

Sorri de volta.

- Mas você podia ter vindo outra hora Yoongi hyung. - Disse deitando de bruços.

Como estava cansado. Eu realmente odeio Cheng Xiaon!!!

- Está cansado né , Sunshine!- Disse fazendo cafuné em meus cabelos. Apenas resmunguei um sim meio abafado pelas cobertas.

Sinto o Min deitar sobre mim.

- O que está fazendo, hyung?

- Deite direito, Seok!- Falou saindo de cima de mim.

Deitei logo fechando os olhos o hyung nos cobriu com as cobertas e os edrons deitando-se comigo.

Min Yoongi é realmente estranho, mas gosto de como cuida de mim.

***

Acordei com meu telefone e era Kim Seokjin. Levantei devagar para não acordar o azulado que dormia ao meu lado.

Vou a sacada que tem no meu quarto, fecho a porta de vidro para que o Min não acorde.

- Alô, hyung!

- Oi Seok! Como você ' tá?- Perguntou o Kim mais velho.

-Bem cansado para ser honesto.- Suspirei pesado.

- O Tae falou para o Suga que você é gay.

- Eu sei, hyung. Ele veio até aqui, ele chegou furioso mas chega a ser engraçado a troca de humor dele.- Sorri pequeno.- Eu acho que já tava na hora dele saber, né!

- Sim, mas não achei certo o que Taehyung fez. Quem deveria falar para Yoongi deveria ter sido você.- Bufou Seokjin.

- Fica tranquilo, hyung. Vou resolver com Taehyung, ele foi um babaca com Jimin e deve se resolver tanto comigo como com o Park!

-Jimin te falou que gosta dele, né?

- Sim, hyung. Mas e você porque não diz pro Kookie e pro Nam que gosta dos dois?- Perguntei.

- Por que Hoseok é bem difícil. Mesmo se déssemos certo seria muito complicado para nós. Você sabe ,num país tão preconceituoso como a Coreia do Sul um casal de gays já é uma aberração imagina um trisal!- Suspirou Seokjin.

- Você cuida de todo mundo, Seokjin- hyung. ' Tá na hora de cuidar você!- Eu disse, vi a porta sendo aberta dando a visão de um Min Yoongi em completa bagunça pelo sono.- Hyung, preciso ir, Suga-hyung acordou. Mas lembre-se você precisa cuidar de si! Tchau, hyung!

- Tchau, Seok!

Desligo o celular e fito o azulado que não parava de olhar para o chão.

- O que foi, hyung?- Perguntei passando minhas mãos em seus cabelos.

- Só vamos voltar pra cama, estou com sono.- Disse, pegou em minha mão e me guiou até a cama.

Deitamos mas parece que todo o meu sono sumiu quando fixei meus olhos nos de Yoongi.

Vi o mesmo abrir e fechar a boca como se tivesse algo importante para me dizer mas logo desistiu.

- Hyung, se você está assim por eu ser gay por favor não fique!- Disse levantando abrutamente do travesseiro.

- É que... Seok eu...- Puxou o ar para os pulmões e disse: é que eu tenho minhas dúvidas sobre a minha sexualidade, eu me sinto atraído por meninas mas...- Suspirou.

- Você não precisar saber  o que quer , Yoongi-hyung. Tudo bem não saber ainda!- Sorri para o mesmo.

- Mas é que eu me sinto muito atraído por garotos, Seok!- Levantou e mordeu os lábios.

Sorri ladino e sincero.

Yoongi estava confuso, e mesmo muito feliz eu também me preocupo com o mesmo. Ele é mais do um gato manhoso e mandão pra mim.

- Hyung, respire e respeite seu tempo, certo?- Abracei o mesmo.

- Você também se sentiu assim?- Perguntou cessando o abraço.

- Eu sempre me senti confuso, tanto que no começo achei que fosse bissexual, mas então eu me apaixonei.- Fechei meu sorriso.

- Você se machucou muito com ele?- Perguntou preocupado.

- É que ele nunca soube, hyung. Até hoje não sabe!- Sorri tímido para ele.

- Você passou essa barra sozinho mas agora tem a mim!- Sorriu aberto pra mim.

- Obrigado, e você sabe : tudo no seu tempo. Não se obrigue a sentir as coisas, tudo bem?

Ele assentiu sorrindo logo deitou novamente me juntei ao mais velho.

O sono bateu novamente e acabei dormindo feliz de certo modo, eu iria ajudar o Yoongi a se entender.

Se descobrir é uma merda, você tem medo de ser rejeitado pelas pessoas que você ama, tem medo não ser machucado, de ser ferido de todas as formas. Mas tudo fica bem se você tiver pelo menos uma pessoa.

E essa pessoa é Min Yoongi.

Sinceramente fiquei confuso com tudo o que aconteceu hoje mas sei que dormi com o coração quentinho e feliz.

É, eu tenho que continuar sorrindo como o sol!






Notas Finais


Ufffa, acabei!! Namoral mano me veio essa ideia assim do nada, espero que vocês gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...