História Obscure Pleasures - Imagine : Jungkook - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Bts, Jimin, Jin, Jungkook, Submissão
Visualizações 1.787
Palavras 1.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - Yes


Fanfic / Fanfiction Obscure Pleasures - Imagine : Jungkook - Capítulo 55 - Yes

-Jeon? – pergunto pela milésima vez tentando me soltar das amarras. Desde ontem estou presa em seu quarto e faz algumas horas que permaneço deitada na cama com duas cordas me prendendo – JEON – grito mais uma vez mexendo minhas pernas e sacudindo meu corpo.

-Vai ficar marcada se continuar assim – ele fala entrando no quarto com um caixa na mão – Trouxe um presentinho pra você. – sorri e se senta ao meu lado.

-Me tira daqui agora – falo firme pretendendo mostrar que não estou para brincadeira – Estou grávida.

-E daí? – dá de ombros e reviro meus olhos – Vai perguntar o que tem na caixa não? – mexo minha cabeça em sinal de negativo e ele desconsidera total a minha atitude – Vou te mostrar.

Viro minha cabeça para o lado vendo a caixa abrir, meu olhos se arregalam quando percebo que dentro tem um vibrador.

-Um vibrador? – começo a rir e ele faz o mesmo – Tá dando conta do recado mais não? – Jeon sobe na cama e fica em cima de mim – Cuidado com os bebes – ele desce mais um pouco ficando quase sentado em minhas pernas.

-Comprei para usar junto comigo. – ele sorri e passa o objeto na minha cara – Vai gostar.

-Pensei que homens não gostassem de tocar em vibradores.

-Ah gostam, mas só quando enfiam em vocês.

- O que... não entendi direito.. você que vai usar em mim? – Jungkook revira os olhos e se deita ficando a poucos centímetros da minha boca.

-Vou enfiar na sua bucetinha lambuzada enquanto estiver te comendo por trás – engulo em seco e tento fechar minhas pernas para conter a excitação, puta que pariu – Já está molhada, não é? – sua voz mansa em meu ouvido faz meu corpo arrepiar e sinto sua mão parar em cima de minha calcinha – Quer que eu continue? Diz pra mim...

Fecho meus olhos com força tentando conter um gemido, não posso me render tão facilmente...não posso...

Grito quando sinto a palma da sua mão esfregar em meu clitóris, ele ri abertamente e desamarra as minhas mãos parando com o que estava fazendo.

-Continua... por favor – sabe a parte de não se render fácil? Pois é, morreu total.

-Vou sim, baby – ele beija meu pescoço e passa os lábios por minha boca sem me beijar, desce a língua pela vale dos meu seios e abocanha um enquanto puxa o bico do outro. Peço para que continue e ele finge não me ouvir, tento me mexer embaixo do seu corpo, mas seu peso não permite. – Pare de se mexer.

-Jeon.. pelo amor de Deus – ele muda de seio e o suga com força me fazendo gritar de prazer e dor. Seus dentes circulam meu bico e sua mão desce na lateral me deu corpo me fazendo desejar cada vez mais por ele - Jeon...

Ele desce trançando beijos pela minha barriga e quando chega em minha calcinha para. Seus olhos verdes grudam em mim e me perco naquela imensidão sem fim. Ele é tão lindo, todo meu... MEU. Tenho vontade de criar um facebook com a foto de nós dois juntos para que todos saibam que ele ME pertence.

-Vou te chupar tanto... –me tira de meu devaneio descendo lentamente minha calcinha para despois guardá-la no bolso – Linda... – estou totalmente exposta e sem qualquer pudor – Minha.

Quando penso em falar que não sou sua, sua língua encosta em minha umidade e arqueio as costas em satisfação.

-Puta merda – ele começa a me chupar como fez com meus seios e tento conter meus gritos altos por causa dos empregados – Oh, minha nossa – estou em outro planeta e não consigo pensar em mais nada. Minhas mãos puxam seu cabelo com força fazendo com que se aproxime cada vez mais da minha intimidade.

-Fazendo assim vou acabar visitando nossos filhos em seu útero. – seguro com mais força seu cabelo quando percebo que se levantou um pouco, ele não pode parar... –Tao molhada... Ta assim por causa de quem? Me diz,(S/n)  – volta a me chupar e enfia um dedo em mim.

-Por sua causa... – digo logo de uma vez sem querer entrar em seus joguinhos de sempre.

Jungkook para o que está fazendo e sobe ficando cara a cara comigo. Sua respiração está irregular e percebo o seu nervosismo...

O que foi agora?

-Posso te pedir uma coisa? – quando vou responder ele sai de cima de mim tirando sua calça. Observo cada gesto seu e lambo meus lábios ao ver saindo de sua ereção um líquido pré-ejaculado – Responde – ele deita novamente se ajeitando para entrar em mim – Em?? – ele entra um pouquinho e sai.

-Qualquer coisa, você sabe disso... – sorri e beija meu nariz levemente – Fala logo...

-Calma, não é assim. – respira profundamente e fico impaciente por ele ter que perguntar algo logo agora – Na verdade são duas coisas.

-Sim, meu amo. – ele sorri –Peça o que quiser, mas enfie logo dentro de mim.

-Meu deus, criei um monstro – beija de leve meus lábios e puxa meu lábio inferior fazendo meu corpo tremer – Quero que jure que nunca mais seus pais vão ficar no nosso caminho.

-Juro – Jungkook enfia de uma vez seu membro e, rapidamente, tira tudo – PUTA MERDA.

-Shhh... – ele passa o dedo em minha boca me calando – A outra coisa é mais importante.

-Pelo amor de Deus, meu deus... por favor, diz...

-Quero saber se você quer casar comigo.

Paraliso imediatamente e minhas mãos começam a suar. Nós já somos casados? Não é? Jungkook fica nervoso esperando por minha resposta e não sei, exatamente, o que ele quer dizer com isso.

-Nós já somos casados... – respondo baixo controlando minha voz para não chorar.

-Já sim, mas quero agora de verdade. – alisa minha cara – Quero que casa comigo porque quer.. sem contrato, sem nada. Quero que a gente fique juntos porque você me ama e eu te amo.

-Quem disse que eu te amo? – pergunto e ele enfia forte em mim saindo logo em seguida – Puta merda...

-Vai dizer que não me ama?

-Vai ficar me torturando? – ele responde que sim com a cabeça e ponho minhas mãos em sua nuca o trazendo mais para perto de mim – Sim.

-Sim que você me ama? – ele pergunta roçando seus lábios no meu.

-Sim para o casamento – sua língua entra em minha boca e rapidamente correspondo seu beijo, meu coração está a mil por hora por causa de todo o acontecimento recente e quase sai da boca quando sinto seu membro todo dentro de mim. Jungkook continua me beijando quando coloca minhas pernas ao redor da sua cintura e depois começa a criar um ritmo devagar de estocadas – Mais – peço entre beijos e ele começa a ir mais rápido me fazendo delirar de prazer.

-Você...é... minha – ele fala em minha boca e quando estou quase gozando para – Agora vamos brincar.

Jungkook sai de cima de mim e me puxa para que fique de quatro. Olho para trás e percebo que está com o vibrador em mãos.

-Vou te mostrar a melhor coisa do mundo – ele pressiona o vibrador em meu clitóris e depois o enfia só um pouquinho em minha vagina – Fique quietinha – pede enquanto estou nervosa sem conseguir ficar parada – Vamos lambuzar um pouquinho – passa o vibrador molhado de minha excitação em meu anus e começa a fazer movimentos de entrar e sair rapidamente – Tao pronta.

Quando vou pedir para fazer logo de uma vez ele enfia seu pau em mim juntamente com o vibrador. Não consigo dizer o que estou sentindo, nunca pensei que o prazer fosse tão grande ao fazer isso. Minhas mãos tremem e deito no colchão ficando com a bunda pra cima. O ritmo das estocadas aumenta, mas do vibrador é mais lento. Sinto meu gozo chegar e grito o mais alto que posso sem me importar dos empregados ouvirem. Jungkook continua com seus movimentos e depois percebo que estou gozando, de novo, junto com ele.

-Gostou? – pergunta deitado em minhas costas – (S/n)?

-Estou morta. – respondo e sinto que sai de cima de mim e me vira pra que fique em seus braços.

-Já já tem mais, acalma o coração – ele diz e aperta meu seio esquerdo e beija minha cabeça – Linda.

-Você quer mesmo casar comigo? – pergunto me virando para ele – Para todo o sempre?

-Sim, doce. Quero construir uma família com vocês. – me beija novamente e sinto meu coração encher de uma alegria que quase não cabe em mim.

-Te amo – digo e o vejo gargalhando.

-Eu já sabia.


Notas Finais


Até o próximo meus amores! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...