História Obsessão - Lutteo - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Sou Luna
Visualizações 631
Palavras 1.134
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 35 - Maratona - capitulo final 10


Matteo Balsano

2 semana depois

Depois que a Luna se foi , eu tentei ao máximo me concentrar no trabalho, me distrair com outras meninas e não ficar pensano nela o tempo todo....eu teria que dar o divórcio a ela pra ela se casar com o tal Pasquarelli e ele na já estava resorvendo isso, o dinheiro que prometeu na já estava na minha conta e eu já podia investir em tudo que eu quisesse , mas antes preciso devolver o dinheiro do meu pai e contar a minha família que o casamento com a Luna havia acabado, inventar alguma desculpa, então liguei pra minha mãe e disse que já havia voltado pro Mexico e que as coisas não foram bem entre mim e Luna é que nos nós decidimos terminar o casamento, que ela seguiu o seu rumo e eu o meu , é que ela não queria me ver mais pois era melhor assim ...claro que minha mãe e o resto da família não entendeu nada , mas eles teriam que aceitar, Tambem disse ela que estava devolvendo o dinheiro do meu pai, que eu não precisaria mais dele ...depois de muitas ecolocações e desculpas pra que minha mãe entendesse eu desliguei e voltei a me concentrar nos investimentos que eu estava planejando para as minhas casas....mas

a droga do telefone tocou novamente

Matteo : alô

***: Matteo? Pefintou uma voz feminina

Matteo : sim , quem fala ?

***: Candelaria...como você esta ?

Era Candelaria....eu havia me esquecido que eu e ela já tínhamos voltado a nos falar é que eu no meu momento de insanidade a perdoei pelo que aconteceu no passado

Candelaria : Matteo? Está aí?

Matteo : sim , oi....oi Candelaria estou bem e você ?

Candelaria: Bem ....sua mãe acabou de me ligar e disse o que houve , quer conversar um pouco ?

Matteo: bom é que...sabe Candelaria eu não to com cabeça pra conversar sobre isso

Candelaria: vai Matt, sou sua amiga lembra? Quero te ajudar...disse ela e eu me lembrei que ela havia dito que ainda gostava de mim é isso , eu poderia aproveitar de certa forma

Matteo: está bem , hoje eu passo na sua casa

Candelaria: Não, eu estou modando sozinha agora, vou lhe passar o endereço... disse ela e eu anotei

Matteo : está bem , até la enta o

Candelaria : até Matt, um beijo

Deliguei o telefone e confesso que eu não sei como eu reagiria ao ve-la de novo, naquela vez eu naonlembrava de nada do que aconteceu entre nós dois , mas agora eu lemneo de tudo e isso me corrói por dentro, eu sinto muita raiva do que ela me fez , não sei se consigo, mas ela estava nada ainda mais bonita e isso eu não podia negar , talvez ela pudesse me ajudar ainda mais a não me lembrar da minha obsessão

Fiquei o dia inteiro cuidando do meu projeto e Quand o já estava anoitecendo eu fui para casa e lá eu já sabia já eu me esperava minha família querendo saber o por que do casamento ter acabado assim ta o rápido e se estamos ta o felizes com isso

Chegando ja estavam todos na sala a minha espera

Antonella : filho, finalmente ...disse minha me me abraçando

Matteo : enta o compromisso mãe nao posso demorar

Simon: onde está a Luna?

Matteo : esta louck lra saber pra ir correndo atrás dela não é Simon? Eu disse com raiva

Simon : o que ? Está maluco, só estou preocupado com ela

Matteo : admita Simon, você gosta dela

Simon : claro que não, está louco, ela era uma boa amiga

Matteo: não precisa maos mentir cara , é eu sinto muito em lhe dizer mas Luna vai pra outro país com uma pessoa que concebeu

Antonella: o que ? Mas pra onde filho?

Matteo : pra Índia, e espero que ela não volte mais , pois preciso me manter longe dela

Antonella : mas você não nos explicou direito porque vocês decidiram terminar o casamento , isso é loucura filho, vocês casaram a tão pouco tempo

Matteo: não foi o que esperávamos mãe, eu vi que eu não estava pronto pra isso r vi que era cedo demais, enfim ...eu vou subir

Antonella : Meu deus que loucura, o que vamos dizer a todo mundo, Luna parecia tão apaixonada por você

Simon: o problema é ele mãe não ela , em que não sentia por ela o mesmo não foi Luna que quis terminar, foi o Matteo certeza

Matteo : porque tá falando isso? Perguntei nervoso

Simon: porque isso mesmo , ela tinha me dito que você era indiferente a ela , ao que ela sentia mas mesmo assim ela quis casar contigo , não ser porque , mas ela quis...e quando você perdeu a memória parece que esqueceu isso é ela ficou muito feliz mas pelos jeito lembrou rápido que não gosta dela ! Disse ele com os olhos cheio s de raiva

Matteo: sabe de uma coisa a Simon você está certo, eu é que não seria nunca oque Luna queria que eu fosse , e por isso não deu e não daria certo, acabou , é isso , ela vai superar e eu vou continuar minha vida do meu jeito

Simon: você é um cobar de Matteo...disse ele mais alto

Antonella: chega Simon....nao se meta nos problemas do seu irmão

Simon: espero que Luna estava bem

Matteo : é está, muito melhor do qhe estava eu posso dizer , na semana que vem ela vai pra Índia e se tiver sorte não vai voltar nunca mais...eu disse subindonpro quarto

Que saco ter que dar explicações , eu não sou homem disso, Simon e que se dane com seu jeito de pensar , tá na cara que ele tá morrendo de raiva por que gostava da Luna é ela não quis nada com ele...enfim, ainda bem que a conversa com meu pai fica pra depois , pois ele não está e também e não é muito de ficar pedindo explicações

Tomei um bom banho e me vesti pra ir a casa da Candelaria , vamos ver como posso me distrair , ser a que ela vai bancar a difícil, espero que não pois estou sem paciência...mas tbem espero que quando eu a ver essas malditas lembranças não tomem conta de minha mente , senão vai ser difícil segurar

Sai de casa rumo a casa de Candelaria e ao chegar eu respirei fundo antes de bater a porta pra vê-la novamente agora recordando de tudo, como ser a que elá estav a, o medo tomava conta de mim , mas eu me recuso a a sentir isso eu não sou um homem fraco , tenho que encara as situações


Notas Finais


Até mais pessoal ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...