1. Spirit Fanfics >
  2. Obsessão - (Taekook - Vkook) >
  3. Capítulo 20

História Obsessão - (Taekook - Vkook) - Capítulo 20


Escrita por: TiaJJ

Notas do Autor


- quero que saibam que a história que mais amo atualizar é essa💫

- boa leitura a todos .

Capítulo 20 - Capítulo 20


Taehyung 



- Amor? Vai sair? - pergunto - aonde vai?

- Woozi me ligou,disse que Yena estragou alguns papéis que talvez sejam importantes - ele suspirou 

- ah...tudo bem,tenta não demorar okay? - sorrio 

- irei tentar - ele deixou um beijo em minha bochecha - se cuide e não deixe nenhum estranho entrar 

- pode deixar - bati em suas costas - não é como se eu fosse te trair não é? 

- Taehyung por favor,pare com essas brincadeiras,não sabe como me sinto ouvindo isso - ele suspirou,parecia querer manter a calma - eu te amo,está satisfeito com o meu Amor? 

- bobo,estou mais que satisfeito.

- não quero fazer algo ruim com você... - ele sussurrou,e por conta da distância não conseguir ouvir 

- não escuto quando sussurra - fiz um biquinho - mas tudo bem,anda não vai querer que sua secretaria faça mais alguma coisa idiota. 

Ele riu

- estou indo - pegou as chaves do nosso carro e saiu pela porta 

Subi as escadas e fui para o quarto.

- onde eu deixei mesmo..? - penso - talvez de baixo da cama!

Me apressei em ir até a cama e me abaixar,olhei em volta a procura dela e quando a achei me enfie no ambiente escuro em busca da mesma 

- peguei você - voltei a minha posição normal e me levantei com a máscara em mãos - esse sangue...preciso tirá-lo dai 

Fui em direção ao banheiro e coloquei a máscara na pia. Liguei a torneira e comecei a lavar,o sangue saia lentamente e a máscara voltava a ficar branca 

- está quase saindo... 

Parei ao sentir um cheiro forte de sangue subir. Sangue falso tem cheiro? 

- aish,esquece - dei de ombros e continuei o ato 




Jungkook 


Estaciono meu carro e saio de lá raivoso. Sem me importar com as pessoas ao meu redor passo por elas rapidamente 

Avisto Woozi mais a frente,ele estava nervoso podia perceber isso pela sua inquietação 

- onde ela está? - foi a primeira coisa que eu perguntei para ele - quais foram os papéis que ele arruinou?

- S-Senhor,eu tentei consertar,mas eu não conseguir por isso te chamei aqui - ele começou a explicar - Yena derrubou café em três contratos senhor,um da empresa de cosméticos,outro da de automóveis e a última.... 

Respirei fundo e contei até três,ela estragou contratos que continham minha assinatura,eu já não quero mais essa garota na minha empresa 

- qual foi último? 

- peço que tenha calma senhor - o olhei raivoso - t-tudo bem,lembra que o senhor queria muito se aliar com a empresa do Japão? A de aeronaves. Yena iria enviar parar eles hoje,mas...esse foi o papel que ela também estragou 

Comecei a negar com cabeça,ela não pode ter feito isso,eu fiz tanta coisa para eu poder me juntar com a empresa de lá para ela chegar e estragar tudo?! 

- cadê ela? - perguntei já sem paciência - me fala aonde ela está!

- ela está na sua sala - ele respondeu trêmulo 

Mordi o canto de minha boca e fui em direção ao elevador. Apertei no penúltimo andar e esperei 

- como uma pessoa pode ser tão incompetente? - estralei os dois lados do meu pescoço e sai pelas portas do elevador assim que ele abriu 

Em passos pesados caminho até minha sala,empurro a porta com força fazendo ela se abrir fortemente 

- Senhor? - observei sua figura se levantar da cadeira  - então você já sabe?....olha,eu não queria realmente não que--

- pegue suas coisas - mandei 

- ...o que? - a mesma me olhou confusa 

- é surda?! Eu mandei pegar suas coisas,a partir de agora você não trabalha mais aqui,sua incompetente,como pode fazer isso?! Sabe a gravidade disso? - ela me olhava assustada,mas a essa altura eu não me importava mais - pega suas coisas e vai embora daqui! - gritei 

Ela continuou parada

- nem pra isso você presta...eu vou sair,e quando voltar quero que não esteja mais aqui,irei ligar para Woozi para saber se você foi ou não - a olhei uma última vez antes de deixar a sala 

Meu único problema é recuperar esses novos contratos,mas deixarei isso na mãos de Woozi




Taehyung 


Limpinha,era assim que o objeto em minhas mãos se encontrava. Depois de secar e guardar em um lugar seguro eu decidi descer para a sala 

Assim que me sentei no sofá a campainha soou 

- deve ser alguns dos meninos - me levanto e caminho até a porta - por que não me avis.....

Parei de falar assim que observei a pessoa á minha frente,como ele sabe onde eu moro? 

- Você? Mas...como veio aqui? O que você quer aqui?! - perguntei confuso 

- espera! Antes de tudo,quero dizer que vim aqui me desculpar e contar o que realmente aconteceu - Bogum disse me surpreendendo 

- se desculpar? - comecei a rir - vai embora! - tentei fechar a porta mas ele impediu esse ato colocando seu pé na pequena abertura que ficou 

- por favor Taehyung,eu não sabia que você era casado,Chanyeol não me contou isso - ele tentou abrir a porta,e como era mais forte que eu ele conseguiu - me escuta por favor,você precisa saber sobre o que  o Baekhyun e o Chanyeol me mandaram fazer 

O olhei desconfiado 

- o que eles tem haver com o que você quer comigo? - me afastei - vai embora,Jungkook não vai gostar de saber que você esteve aqui...

- quero provar que sou inocente,deixe eu explicar o que aconteceu naquele dia - ele me olhou com esperança 

Respirei fundo,é um ato burro a se fazer? Lógico. Mas ele envolveu o nome dos meus amigos na conversa 

- entre - dei espaço para ele entrar 

- obrigado,vou ser rápido eu prometo - concordei com a cabeça 

Andei até um dos sofás e o chamei para se sentar 

- seja rápido,meu marido daqui a pouco está aqui - me sentei longe de bogum 

- tudo bem..



<•••>


Jungkook 


- que bom que ela já foi - falava pelo celular - cuide de tudo aí,e toma mais cuidado - desligo o celular e me desencosto do carro que tinha estacionado. Olhei para a entrada da casa e sorri ao imaginar eu e o Taehyung agarrados enquanto ele me alcamava 

Iria começar a andar para entrar mas parei ao ver a porta se abrir e o Taehyung aparecer,percebi que não tinha só ele ali..

E eu estava certo 

Senti meu corpo vacilar ao ver bogum,o amigo do Chanyeol e do Baekhyun,aparecer em minha visão ao lado de Taehyung 

Eles falaram alguma coisa e depois se abraçaram,meu coração por um momento parou de bater,o que ele está fazendo ali? Por que Taehyung o deixou entrar?


Ele está com outro na nossa casa...?


Mordi meu lábio tão forte que depois de alguns segundos senti um gosto metálico em minha boca

Taehyung olhou para baixo,pude ver seus lábios se mexendo,ele estava sussurrando algo mas é claro que não ouvi nada,estava longe

Ele entrou de volta,sem me perceber ali.

Abaixo meu corpo e seguro fortemente em meus cabelos,descontando toda a raiva que senti ao ver aquela cena. 

- como ele pode?... Meu amor não foi o bastante...ele mentiu - sussurrava as palavras para mim mesmo

Olhei aquela a casa e imaginei coisas horríveis que poderiam acontecer enquanto eu estava fora 

Me levantei com a expressão seria e finalmente comecei a andar em direção a entrada 





Mensagem final: Jungkook paranoico imaginando coisa onde não tem,torçam pelo taetae 


Nota: bogum não estava morto seus doidinhos kkkkkk 


Notas Finais


DESCULPEM OS ERROS ORTOGRÁFICOS 💫💫


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...