História Obsessão 1 - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo Balsano, Simón
Visualizações 99
Palavras 942
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Maratona capítulo 16


Fanfic / Fanfiction Obsessão 1 - Capítulo 28 - Maratona capítulo 16

Buenos Aieres

Emilia narrando

Acabo de chegar na cafeteria,vou para a mesa que reservei e me sento.Estou esperando Benicio para me dar as informações que preciso e,sinto que ele vem com noticias maravilhosas.Agora sim,ela vai pagar.Olho para a porta e Benicio esta vindo,sorrio para ele,e o mesmo se senta na mesa.

Emilia:Iai,conte me tudo(falo com um sorriso de lado)

Benicio:vamos fazer nosso pedido primeiro,o que descobri vai fazer você cair pra trás(fala preocupado e franzo o senho)

O que será que ele tem a me contar,penso mas sou interrompida pela garsonete

Garçonete:O que desejam.(fala sorridente)

Emilia:Que ela morra(falo e a mulher olha pra mim assustada mas não me importo)

Benicio:È...o nome de um doce da cidade dela,não mora aqui em Buenos Aires.(fala tentando reverter a situação)vamos querer 2 croassaint,suco de laranja e morango,e dois brigadeiros.(A atendente sai,me impressiono com Benicio,parece que esses meses juntos fizeram ele me conhecer bem)

Emilia:Olha,fez o pedido certo,parece que sabe bem meus gostos agora(Ele sorri)

Benicio:Não é difícil já que voce é bem parecida comigo.

Emilia:Bom,vamos começar,me de as noticias(Ele fica serio,e presumo que não seja bom)Fala logo Benicio.

Benicio:Falei com o cara que contratamos pra atacar a Luna,ele falou que ela conseguiu fugir.

Arregalou os olhos,como ela consegui,o cara era muito musculoso,ela só pode ter feito uma macumba muito boa pra tudo que faço contra ela,a mesma fica bem.

Benicio:Ele me disse que encontrou por acaso ela andando em uma rua deserta no bairro dela,foi sorte,então ele aproveitou que não tinha ninguém,assim ninguém veria,começou só que ela deu um chute no saco dele e saiu correndo,quando ele levantou já não viu mais ela.

Emilia:vaca(digo entre dentes)

Benicio:Calma Emilia,não grita aqui.(fala assustado)Essa não nem a pior parte.(franzo o senho e pergunto)

Emilia:E tem algo pior do que o plano ter dado errado.

Benicio:Ela esta grávida.

Emilia:Que.(minha voz quase não sai)Não,isso é impossível,ela perdeu o bebe quando caio da escada.

Benicio:Pois ficou grávida de novo.

Emilia:Não consigo acredita(falo decepcionada)Tem certeza disso Benicio.

Benicio:Tenho.Ele falou que a barriga dela já esta um pouco grande,dá pra perceber.

Emilia:Arhg.(a garçonete chega com o pedido e fica me olhando com aquela cara de sonsa,ridícula,se ela soubesse o que estou pensando não ficaria nem mais um segundo na minha frente)vai ficar me olhando.Deixa o pedido e vaza antes que eu desconte minha raiva em voce.(A garçonete sai assustada)

Benicio:Pega leve.(fala tentando me acalmar)

Emilia:Não vou pegar leve,que desgraça,ela esta grávida Benicio,isso não podia ter acontecido(falo com os olhos marejados e uma lágrima desce)

Benicio:voce esta chorando(fala e toca meu rosto)

Emilia:Estou,de ódio,agora ela não me escapa(Benicio sai do seu lado e se senta do meu lado tocando meu rosto)

Benicio:Ei,acho melhor pararmos,olha como voce esta isso não te faz bem(Olho nos dele)

Emilia:Não me faz bem é saber que não consegui,que foi Benicio não quer mais me ajudar.

Benicio:Não é isso,vamos dar um tempo,quando eles voltarem fazemos algo,isso de mandar alguém fazer lá na Itália não deu certo.

Emilia:Eu sei,vamos fazer o que deveríamos ter feito desde o começo.

Benicio:O que(fala confuso)

Emilia:Não vamos mandar ninguém,eu mesma vou acabar com eles,vou para Itália,e então esta comigo(olho pra ele esperando a resposta)

Benicio:Estamos juntos nessa(Ele fala e se aproxima de mim e me beija,começa a sugar e morde meus lábios,faço o mesmo com ele até que paramos por falta de fôlego)

Emilia:Então vamos pra casa arrumar nossas coisas e pegar o primeiro voo que encontrarmos para Itália.(falo sorrindo me aproxima dele como se fosse e beijá-lo de novo,mas apenas mordo seu lábio inferior e me levanto)Te encontro no aeroporto daqui 3 horas(falo sorrindo malicioso e vou embora)

Se prepare Luna,eu vou fazer o impossível pra que essa viajem pra Itália seja a pior experiência de sua vida.Dá primeira vez foi o Matteo que te derrubou dá escada e te fez perde o bebe,agora é minha vez de ter o prazer de fazer isso,não sei como nem quando,mas vou vigia-la e na melhor oportunidade atacado no seu ponto fraco(continuo andando na rua,indo em direção ao meu apartamento)

Matteo narrando

Acordo ,me sento na cama e esfrego os olhos, vejo Luna ao meu lado dormindo parece ate um anjo,hoje vou fazer uma surpresa a ela,vamos a veneza fazer um passeio de barco pelos canais do rio na cidade,é um ótimo jeito dela conhecer veneza e ficarmos sozinhos,tirando o homem que vai estar remando mas nos vamos falar português,não vai entender nada.Me levanto e pego o telefone do quarto,ligo para recepcionista peço o café da manha e que peguem meu carro e estacionem na frente do hotel.vou tomar banho.

Ínicio do  Sonho

 Luna narrando

Acordo e vejo que Matteo não esta a meu lado,melevanto e saio do quarto,quando vejo um rastro de sangue,começo a segui-lo quando chego na sala vejo Matteo,ele esta com um jeans escuro e sem camisa,seu peitoral esta melado de sangue, vejo uma mão também melada de sangue no peito dele,começo a subir o olhar,é Emilia os dois estão se beijando,sinto um aperto no coração,eles param e olham pra mim sorrindo,a boca deles também esta melada de sangue.Emilia se afasta de Matteo e vem ate mim,o braço direito dela que eu não podia ver agora vejo,do ante braço ate os dedos esta melado de sangue,em sua mão tem uma faca ensangüentada,o liquido escorre e cai no chão enquanto ela vem ate mim.Ela para na minha frente e diz:

Emilia:Chegou seu fim Luna.

Enfia a faca no meu peitoral que atravessa meu corpo,e grito.

Acordo gritando,e me sento na cama ofegante.Matteo sai do banheiro todo molhado e com o corpo ensaboado.

Matteo:Que foi isso(fala espantado)

Luna:Nada,foi só um pesadelo(falo e ele entra no banheiro de novo)

Coloco a mão no peito e respiro fundo,que sonho foi esse



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...