História Obsessão do bem - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, V
Tags Escola, Jeongguk Professor, Jeongguk!top, Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 71
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá genteeeeeee.
Vocês não sabem como eu estou feliz se voltar a escrever depois de tanto tempo!!!!!!!
Quem me conhece sabe que eu sou louca por Fluffy, então toma!
Espero que gostem, fiz hoje mesmo e queria postar hoje mesmo! Akakkajs

Ahhh esse capa é temporária porque estou com pressa.

Capítulo 1 - Obcecado de amor ( Único)


Eu gosto de preservar coisas. Coisas pequenas, não coisas como espécies extintas de aves, formaturas de ensino médio ou baleias que encalham todo ano na costa no Pacífico. Coisas bobas, mas que se tornavam mais importantes no meu ponto de vista. Quaisquer simplórias coisas que tenham haver com ele.

(...)

-Jeongguk, pelo amor de Deus esqueça essa idéia!-

Jimin gritava comigo pelo celular enquanto eu me dirigia a costumeira sala em que eu dava aulas de Literatura toda segunda-feira para o terceiro ano.

-E o que você quer que eu faça Jimin?

-Em que nível você chegou Jeongguk?! Taehyung é um estudante de ensino ensino médio, e você um PROFESSOR de ensino médio! Não percebe que isso é uma loucura?  

-Eu gosto dele. - Falei já cansando de repetir aquilo dezenas de vezes para meu amigo.

-Você está obcecado!

-Eu gosto dele.

-Desista dessa idéia absurda!

-Ele também gosta de mim.

-Não Jeongguk, você está deixando influenciar pelo Taehyung!

-Até mais Jimin. - Desligo.

Eu não estou obcecado, não é pecado amar alguém, e se um relacionamento entre aluno e professor é rotulado anti ético, então eu serei anti ético, mas com Kim Taehyung ao me lado.

Entrei na sala caminhando em passos lentos até a mesa e lançando um olhar discreto ao meu amante, este que sorriu.

-Bom dia turma! Vamos começar corrigindo a atividade que passei aula passado, por favor tragam seus cadernos.- Falei já me virando para sentar. - Começando por você senhor Kim.

Vi o sorriso cúmplice de Taehyung aumentar enquanto ele vinha em direção a mim.

- Aqui está professor.- Taehyung me entregou o caderno com a atividade toda bem feita e junto dela um post-it laranja escrito: " Ansioso para mais tarde." Sorrio e corrijo sua tarefa.

-Muito bem.

(...)

Taehyung e eu tínhamos marcado de ir ao Teatro da cidade vizinha comemorar nosso aniversário de namoro, já que não podíamos  correr o risco de que nos vissem juntos aqui em Seul. Resolvi ao menos hoje conceder esse pedido dele, já que ele dizia constantemente  que não aguentava mais viver se escondendo e inventando as mais diversas coisas para fazermos juntos no meu apartamento. Eu também não aguentava essa tortura, é tão difícil não fazer qualquer coisa com ele que não tenha direta e unicamente haver com a escola. Taehyung é um jovem impulsivo, e é complicado ter que lidar com as provocações dele constantemente e não poder fazer absolutamente nada.

Combinei com Taehyung de ir busca-lo na casa do amigo dele, Hoseok,  já que o mesmo mentiria para os pais que iria mais uma vez dormir lá.

Vejo Taehyung saindo pela porta da casa do amigo e vindo rapidamente em direção ao meu carro.

-Amor!- fala enquanto me dá um selinho.- Feliz aniversário de namoro.

-Feliz aniversário de namoro,meu anjo! -Falo sorrindo sem mostrar os dentes.

-O que foi? Não está feliz Kookie? - Pergunta desmanchando o sorriso.

-Eu estou, só não me sinto bem em saber que temos que sair da cidade para ir em um Teatro para não correr o risco de que nos vejam. - falo calmo.- Além disso, Jimin ligou de novo para pegar no meu pé sobre nós.

-Ele não gosta mesmo de mim, não é? - Fala suspirando.

-Não meu amor,  ele te adora, ele só quer que não saíamos machucados dessa história. -Falo acariciando sua bochecha.

-Eu sei que é complicado, mas eu só quero que sejamos felizes. -

-Eu sei Taehyung, mas eu só quero que entenda que eu não me importo em sacrificar minha felicidade para te ver feliz.

-O que está insinuando?- Ele ergue o rosto surpreso.

-Nada, eu não quero que viva em conflito com seus pais por minha causa, eu sei que é um sacrifício para eles deixarem você sair por pensarem que você vem se encontrar comigo.

-Você está dizendo que nosso relacionamento não vale a pena Jeongguk? 

-Não amor eu só...

-Você sabe que minha felicidade é você! Não tem como você abrir mão da sua felicidade para me fazer feliz se eu só sei o que é felicidade ao seu lado,Jeongguk!

Me amaldiçoei internamente por ter iniciado essa conversa. Eu amo ele, eu só desistiria de nós se fosse pelo bem estar dele, apenas dele!

-Tsc, desculpa meu amor, me desculpa? Eu não quero estragar nosso aniversário. - Falo o puxando para um abraço.

-Você já está estragando, seu trouxa.- fala socando meu braço.

-Será que você é capaz de perdoar esse trouxa que te ama demais?

-Está bem!

(...)

Chegamos tarde, o que resultou em um Taehyung completamente apagado com a cabeça encostada na janela do carro. Pensei que não faria mal eu leva-lo para dentro de casa e amanhã bem cedo antes da aula eu o deixaria são e salvo na casa do Hoseok. Coloquei meu carro na garagem do prédio e peguei ele no colo subindo as escadas até o meu apartamento. Entro e deito Taehyung na cama com calma para não o acordar ( mas já acordando).

-Vamos dormir juntos hoje amor? - pergunta me puxando para cima dele ainda de olhos fechados.

-Vamos meu bem, você quer? - Falo dando selinhos inocentes em seus lábios o fazendo sorrir.

-Quero!

-Então me abraça forte.- aconcheguei meu namorado nos meus braços e inalei o cheio embriagante dos seus fios castanhos.

-Te amo para sempre. - sorri. Taehyung tinha esse bordãozinho desde que nós começamos a namorar, podia soar meio infantil, mas me deixava feliz demais.

-Te amo para sempre, querido!

E naquela noite abraçado a esse garoto que eu amo demais eu percebi que nada é errado se for amor de verdade, e que eu não me incomodaria em passar o resto da minha vida me escondendo do mundo desde que eu tivesse Kim Taehyung ao meu lado.

E por fim,para encerrar a noite, sai do aconchego de um Taehyung já adormecido e escrevi uma carta, para que ao acordar ele lembrasse sempre que eu o amo e que essa obsessão que dizem que tenho por ele existe, mas é uma obsessão do bem.

Manhã, assim que acordo,

é de você que eu me recordo?

Por que, olhando o dia que amanheceu,

fico só lembrando como tudo aconteceu?

Por que, no som do telefone tocando,

quero que seja você me chamando?

Por que, toda música que fico ouvindo,

é você que acabo sentindo?

Por que, na campainha insistente,

desejo que seja você, de presente?

Por que, ao sair na rua,

procuro nos rostos, sempre a fisionomia sua?

Por que, no carro que de repente buzina,

fico achando que é você na esquina?

Por que, vendo um filme, um beijo na TV,

desejo ansiosamente que seja com você?

Por que, na tarde que cai, com o sol no horizonte,

ajo como se fosse o desfecho dourado,

de mais um dia feliz como o de ontem?

Por que, será que eu sinto de montão,

essa gostosa obsessão?

Será que tudo isso é porque

eu amo demais você?!

Do seu amado professor Jeongguk. 


Notas Finais


Desculpem os erros *-*
Gente esse poema do final eu achei aleatoriamente na Internet porque meus planos eram fazer uma fanfic com um Jeongguk obsesivo tipo aqueles psicopatas mesmo sjsksjs mas saiu isso e eu nem tinha lembrando desse poema. Daí quando terminei de escrever eu quis acrecentar e acho que caiu super bem. Os créditos dele vai pra um pessoal chamada Dani que eu não conheço sksskjsjs.
Até maissssss!

E feliz dia das criançassssssssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...