História Obsessão (Namjin) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V)
Tags 1022az, Hoseok!uke, Jin!uke, Namjin, Namjoon!seme, Obsessão, Possessão, Psicopata, Taehyung!seme, Vhope, Violencia
Visualizações 159
Palavras 1.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEIII DEPOIS DE MUITOS ANOS♥♥♥
Desculpem a demora onegai, arigato pelo carinho imenso que venho recebendo por todos ao longo desse período sem atualizar e continuaram aqui, vocês não fazem idéia do quanto me ajudaram♥♥

Boa leitura! Espero que gostem♥

Capítulo 13 - É o certo


Fanfic / Fanfiction Obsessão (Namjin) - Capítulo 13 - É o certo

 [Narradora]


Depois de durmir algumas horas naquela tarde, Jin já sentia suas forças revigoradas. Felizmente Namjoon ercebendo seu cansaço físico e mental e não atrapalhou seu descanso, ficou lhe observando ao seu lado na cama. Aqueles últimos dias tinha sido difíceis para os dois, principalmente para Seokjin, seu remorso e conflito interno lhe atormentava sobre estar sendo antiético e desumano em continuar a levar aquela vida como se nada estivesse acontecido. Porém todas as vezes em que tentava fazer o bem para si e para Namjoon, saia totalmente contrário do planejado. Sempre acontecia algo pior, principalmente se suas "escolhas certas" envolvesse o vertente. Então a única maneira de viver -ou sobreviver- na sua nova realidade era ceder aos domínios do mais novo, e também porque infelizmente seu coração não conseguiria viver tanto tempo longe do seu amado.


Entretanto, havia muitas coisas não resolvidas. Seokjin agora tinha a plena certeza que Namjoon teve alguma ajuda para realizar aquele massacre e o que comprova suas suspeitas era ver Taehyung paciente do Sanatório Hope vivo em uma casa semelhante a em que Namjoon e ele estavam. O intrigante foi ver Hoseok que era o médico encarregado por Taehyung quase nas mesmas condições em que estava, e o principal, estavam vivo!


Com toda certeza há um "que" a mais ali, e Seokjin iria descobrir toda a verdade que Namjoon escondia de si.


   --------------••--------------


-Jin isso realmente está um delícia, não é Hoseok?! - O jung somente balançou a cabeça em concordância com medo da reação do outro se não lhe respondesse enquanto engolia um pedaço da carne. Não queria trocar nenhuma palavra com o Taehyung mas parece que o mesmo não se importava com seu espaço pessoal. 


Seus ferimentos foram tratados graças a Seokjin e tudo que queria era fugir daqueles dois malucos (em especial de Taehyung) junto com seu hyung. Mas pelo jeito não será tão fácil. Se sofreu tanto na mão de Taehyung em poucos dias não queria imaginar o que Jin passou na mão daquele Psicopata!


Aliás, Taehyung agia como se nada tivesse acontecido, como se não tivesse lhe espancado dois dos poucos dias em que vivia numa casa no meio do nada totalmente fechada. Hoseok foi desacordado quando estava em um corredor vazio em direção ao seu quarto depois de medicar uma paciente diagnósticada com esquizofrenia no sanatório, logo após esse episódio acordou numa cama diferente e com o Kim. Enfim, daí você pode imaginar todas as tentativas de fuga que resultavam em um Taehyung totalmente transtornado lhe espancando até cansar. Mas da última vez ficou inconsiente por horas e não se alimentou. Ao contrário de Seokjin e Namjoon, Hoseok não amava Taehyung restando para que Tae force a barra. Ele iria fazer Hoseok lhe amar, por bem ou por mal.


Na mesa mediana estava Namjoon na ponta da mesa com Seokjin ao lado direito, Hoseok no esquerdo e por fim Taehyung na outra ponta. Por alguma razão Jin sentiu o clima meio estranho depois do elogio, e quando iria responder por educação, Namjoon lançou-lhe um olhar reprendedor refrescando sua memória do seu "castigo", então pelo seu próprio bem manteu-se quieto. 


-Pelo jeito o Nam virou seu carrasco não é mesmo Jinnie?! - O mais novo da mesa gargalhou alto assustando o Seok e o Jung. Namjoon já farto de suas piadinhas imbecis, bateu na mesa com força.


- Chega de palhaçada Taehyung! Arrume essa bagunça depois vá para seu quarto e leve seu amor platônico. Mais tarde conversamos, não pense que esqueci que você tocou no que é meu!


-E-ESPERA! Jin não me deixa aqui sozinho c-com ele - Jung levantou da cadeira rápido sentindo uma leve tonteira por ter comido pouco e ainda estar fraco. Andou com passos precisos em direção ao outro médico mas a mão pesada de Namjoon o parou quando segurou em seu braço enquanto se colocava à frente de Seok. 


-Não adianta pedir ajuda Doutor Jung! Sua vida e de Seokjin agora nos pertence - Apertou um pouco o braço do menor arrancando um gemido esse se encolhia a cada palvra, porém estava surpreso e com medo. A maneira em que o mais novo lhe chamou era debochada e continha uma pitada de raiva.


-Nam- Seokjin se calou e estancou no lugar assim que viu o olhar sinistro que o mais novo lhe lançou. Assim como Taehyung. 


-E já vou logo avisando, também não adianta fugir e não vai ficar muito perto do Seokjin! Ele é meu! - O Kim soltou seu braço em um empurrão, e seu corpo sem equilíbrio pela força posta esbarrou em Taehyung sendo abraçado fortemente pela cintura, sem disposição para se debater ficou ali. -Estarei de olho em vocês dois, entenderam?


Meio constrangido e um pouco amendrontado o citato anteriormente acenou com a cabeça observando seu irmão mais velho puxar Seokjin pelo braço escada à cima. Olhou para Hoseok sorrindo sem graça.


-Não vamos contraria-lo, acredite você não quer vê-lo bravo - Hoseok baixou a cabeça com os olhos merejados de terror e pânico, por enquanto não poderá ficar perto do seu Hyung e pensar em fugir sem ele está fora de cogitação. Taehyung afroxou o aperto enquanto deixava metade da ordem do seu irmão de lado e subia as escadas rumo a um quarto da casa arrastando um garoto choroso atrás. - Precisamos descansar!


          -----------••----------


Seokjin observou Namjoon sair do banheiro enchugando os cabelos com uma toalha qualquer vestido com uma calça moleton folgada o que permitia ver a entrada perfeitamente desenhada da sua viriha. Seus olhos percorreu todo tronco e a barriga levemente bronzeada definida. 


Oh, Céus! Por que tão gostoso?


Mas o que prendeu sua atenção foi a marca perfeita de toda extensão grossa e grande sobre o tecido fino da calça. Muito provável dele não estar usando cueca somente para lhe provocar. Comprimiu os lábios vermelhinhos pelas pequenas mordinhas que deu desde o momento em que começou admirar o mais novo, não dando permissão para que nenhum som vergonhoso saísse naquele momento. 


Sem que Jin desse conta Namjoon estava centado em sua frente na cama observando as expressões exitadas do mais velho. Talvez estivesse na hora de se divertirem…


-O que tanto olha? Hum? -Sorriu sugestivo aproveitando a posição para se inclinar sobre o corpo miúdo em direção ao pescoço, fungou algumas vezes ali sentido um leve aroma de eucalipto antes de dar algumas lambidas. Jin arfava a cada vez que sentia o membro molhado e quente lhe tocar descaradamente, a cada lambida ele imagina o que aquela língua poderia fazer em outros lugares do seu corpo. 


Droga! Foco Seokjin! -encorajou-se mentalmente


-Espera Nam… precisamos conversar!Ya t-temos que conversar! - Ainda sentia algumas mordidinhas sendo distribuídas marcando a região do seu pescoço. Empurrou de leve os ombros do mais novo até que conseguiu tira-lo de cima do seu corpo. Observou a carranca que se formou na face "bruta e sexy" antes de ouvir um suspiro enquanto Namjoon se sentava corretamente. 


Respirou fundo algumas vezes antes de tocar no assunto delicado que ainda lhe afetava de uma forma devastadora. Precisava fazer isso, precisava ser forte!


-O que quer saber meu amor? -Namjoon suavisou sua expressão de tédio e raiva compreendendo que era "necessária" para Seokjin ter aquela conversa.


-É sobre… o que aconteceu no Hospital…- Olhou un pouco para o cochão da cama tomando coragem para decolver aquele olhar fuminante. -N-não foi só você que…


-Não, tive ajuda de alguns pacientes e Taehyung é um deles. 


-Por que? - Jin ouvia tudo horrorizado, não conseguia acreditar que mais pessoas participaram daquele episódio medonho. - Então tem mais sobreviventes?! Por que que não contou?! -Alterou a voz.


Em um movimento rápido demais para os reflexos do mais velho seguirem, Namjoon puxou seu braço com força até que seu corpo esteja caído no meio das pernas grossas ainda em cima da cama os rostos estavam bem pertos podia se ouvir a respiração acelerado dos dois, Seokjin já tinha os olhos marejados mas daquela vez não iria chorar!


-Fala baixo! Não tenho culpa se mais pessoas queriam sair daquele inferno, eu só as ajudei! - puxou o corpo magro para seus braços o prendendo -sem resistência por parte do mais velho- ali ainda encarando seus olhos já um pouco avermelhados.


-Não posso acreditar que isso aconteceu, Namjoon!


-Não vamos discutir sobre isso de novo Hyung


-Tudo bem -Fungou fechando os olhos por alguns segundos, se aconchegou nos braços fortes e quentinhos. - E-e o que vamos fazer agora?


-Vamos ficar juntos aqui nessa casa, Taehyung e Hoseok também, agora somos uma família e devemos ficar unidos!


Aquilo parecia loucura aos olhos do médico, mas estava sem argumentos e escapatorias; porém não queria ter e nem queria escapar, porquê parecia ao mesmo tempo que era errado parecia tão certo. Afinal, aquela era sua nova realidade felizmente ou infelizmente. 


-Mas viram atrás de nós...


-Eu não vou deixar que leve você para longe de mim, você é meu, me pertence! Não podem tirar a única coisa que eu amo. - Namjoon olhou para si de maneira desesperada só com o pensamento de afastarem Jin de si, era para como assinar seu atestado de óbito. Ninguém pode ao menos encostar em Seokjin!


Mesmo com o semblante abatido permitiu que pelo menos um sorrinho brotasse com a declaração simples mas linda e meio obsessiva.


-Eu também te amo!


Os dois sorriram antes de se beijarem apaixonadamente e deitarem abraçados aquecendo o friu um do outro embaixo dos edredons.



-Sou capaz de fazer de tudo para proteger você meu amor... 


Notas Finais


!ATENÇÃO!
Atualizarei OBS sem tempo estipulado mas podem acreditar não será terá mais essa demora toda. Portanto fiquem tranquilo vocês irão receber capítulos só que não terá um tempo estimado. (Quem me acompanha sabe que sou péssimo nesse quesito).

PODEM ME XINGAR NOS COMENTARIOS EU DEIXO ;-; ♥♥
E O QUE ACHARAM?! ME DIZEM AI!!

Obrigada por ler e ainda continuar comigo♥ até a próxima! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...