1. Spirit Fanfics >
  2. Obsessed By You - Hyunmin Second session >
  3. Deu certo?

História Obsessed By You - Hyunmin Second session - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Quem é vivo sempre volta, neah?
LAVEM A MÃOS, SE CUIDEM PARA NÃO PEGAR O CORONGA.

Boa leitura! :3

Capítulo 6 - Deu certo?


P. O. V's Seungmin

-A-ah! Hyunjin...

-Calma garoto...- Hyunjin ditou com voz calma, mantendo seus olhos em mim. -A dor já vai passar. -Ele deu um beijo em minha bochechas

-M-mas tá d-doendo- Choraminguei, vi ele revirando os olhos, resmungando algumas palavras que não consegui identificar

-Omo! Só estou estralando seus dedos! -Largou minha mão e começou a estralar os próprios dedos.

-Eu nem deixei você mexer nos meus dedinhos. - fiz um biquinho, mas ele nem deu atenção e continuou a mexer nos seus dedos. -Amor? Amor!

Continuei o chamando, até o mesmo desistir e olhar para mim, com uma expressão de poucos amigos

- O que foi? -falou sem paciência, me olhando torto

-Eu quero atenção... -Falei manhoso, o mesmo suspirou e veio me abraçar e me pôs pra sentar em uma de suas coxas.

-Tá, desculpe por ter falado daquele jeito. - Senti seus dígitos pousarem sobre minha bochecha, acariciando ali.

-Você me ama, admita! -Ele deu uma risada gostosa, e apoiou seu queixo em meu ombro, envolvendo meu corpo em um abraço caloroso. -Você me ama, Hyunjinnie?- Insisto, cutucando sua bochecha.

-Sim, eu te amo Seungmin.- Sua expressão não tinha nada haver com derrotada, pois ocupava um belo sorriso em seus lábios cheinhos. - E você, me ama?

Balancei a cabeça em afirmação, sentindo meus lábios serem tomados por Hwang Hyunjin, agarraei-me ao seu pescoço e aprofundei o beijo, mexendo levemente contra seu colo

Não sei se eu já falei isso, mas toda vez que eu beijava aquele lábios, parecia que nada ruim ia acontecer. Estávamos em seu quarto, mas senti que estávamos naquele mesmo jardim onde tivemos o nosso primeiro beijo.

E lembranças vieram a ocupar minha mente, lembranças que antes daqueles três dias eu não fazia ideia de que eu iria guardá-los com tanto carinho.Três dias maravilhosos, que, mesmo que tudo isso acabe -O que não quero que aconteca-, eu vou esboçar um sorriso besta sempre que eu lembrar dos momentos que tive com aquelas pessoas que simplesmente são loucas

Mas, como dizia a Alice no País das Maravilhas: As melhores pessoas são assim.

-Minnie...- Hyunjin sussurrou contra os meus lábios.- Eu te amo, hm?- Dou uma breve risada, levando meus dedos até sua nuca, acariciando os pequenos fios.

-Eu também te amo, bobão.- Abanei meu rosto com uma mão, tentando segurar o choro. Pois é meus amigos, boiolei com o >>HYUNJIN<< falando que me ama.

Meu subconsciente lutavam contra aquele garoto, tentando não cair nos encantos dele mais uma vez.

-Amor? Tá chorando?- Hyun me olhou com um sorriso largo.

-N-não, é apenas um cisco que caiu no meu olho!

-Essa é velha, Seung, sabe que não vou acreditar nisso.- Suspirei em derrota, apoiando meu queixo em seu ombro- Quer me dizer por que lacrimejou assim?- falou baixinho, e esbocei involuntariamente um sorriso no meu rosto.

-Acho que você não sabe, mas não estou acostumado com algum carinho assim.- Suspirei.- Há muita coisa que ainda não sabe, mas vou te revelando aos poucos.- Ele murmurrou e fez um breve carinho nas minhas costas.

-Se acostume, vou te mimar muito, hm?- Fez um pouco de cócegas, o que me fez soltar risadas para o garoto parar. Hyun me fez encostar minha cabeça em seu peito.- Então, Kim Seungmin: O garoto inteligente mais gostoso e perfeito dessa galáxia, têm segredos escondidos do seu lindo namorado?- meu rosto esquentou um pouco, enquanto sorria dando um leve tapinha em seu braço.

-Todo mundo tem segredos, Hyunjin!- Me justifiquei, enquanto segurava a risada de sua expressão de "batata"- E eu não sou gostoso, nem perfeito, só inteligente- vi ele mudar sua expressão. Um sorriso perveso me fez arrepiar.

-Ah, você é perfeito sim. - Fez um biquinho fofo, e lhe roubei um selinho para amenizar a grande vontade de apertar aquelas bochechas.- E muito... - Percebi que o maior me olhou de cima a baixo, mordendo levemente seu lábio inferior- E muito gostoso. - Deu um leve tapa em minha bunda, o que me fez da um pequeno pulo.

-E-ei!- O olhei um pouco envergonhado, cruzando os braços.

-Nem vem! Eu posso, sou seu namorado. - Segurou minha cintura, sorriu outra vez com aquele sorriso típico daquele homem. - Além do mais, você gostou disso quando estávamos fodendo.- O olhei incrédulo.

Oh céus, tenho o namorado mais ousado do mundo

[...]

-Boa tarde, Seungmin!

Estou arrumando meus livros no armário, e meu sentindo despertou quando eu ouvi a voz de HyunA. Ela mantia uma aura contente, e um sorriso contagiante.

-Boa tarde. - abaixei meu capuz, sentindo novamente aqueles olhares sobre mim. Respirei fundo e foquei somente na garota. - Parece feliz, algo aconteceu? - fechei meu armário, logo me encostando nele.

-Sim... - Mordeu o lábio inferior, contendo um pulinho. - Fui chamada pra sair!- Bati palmas, feliz por ela está se saindo bem nessas coisas.- Ele é tão charmoso... - Balançou levemente seu corpo, como se fosse a garota perdidamente apaixonada naqueles filmes clichês que todo mundo conhece.

-E quem é o rapaz de quem falas? - Ela me olhou novamente, meio... Nervosa?

-Bem, sobre isso... - suspirou, fechando os olhinhos e abrindo em seguida.- É aquele jornalista que postou a foto do seu rosto no jornal da escola.- Logo após a garota falar, comecei a tossir um pouco por tinha me engasgado com sua palavras.

-O E'dwan? - Ela balançou a cabeça em afirmação, com seus braços atrás das costas. HyunA balançou levemente seu corpo, esperando alguma coisa vindo de mim.

Aquele não é o nome verdadeiro do jornalista, apenas apelido, já que todos o chamavam assim. Sim, ele também faz parte do grupinho do Hyun, mas fazia um tempo que não tinha visto ele andando com E'dwan.

-F-fico feliz por você, espero que dê tudo certo. - Acariciei o ombro dela, sorrindo meigo. Mas não podia ser outro cara? Okay, não tenho nada com a vida pessoal dela, ela pode se apaixonar por quem quiser, afinal ela parece se sentir muito feliz

Dá pra ver pela cara de bobona que ela faz, ou ela tem essa cara mesmo? Tanto faz, ela tá bem e é isso que importa.

-Obrigada, agora é só contar pro Hyunjin oppa... -se despediu de mim e se distanciou de mim, em passo fracos e lentos, como se não quisesse ir

E fiquei plantado ali, sem saber o que fazer ao certo, talvez eu deva esperar o sinal tocar.

O Hyunjin não havia aparecido, não me importava mais com os olhares constantes naquele momento, minha atenção á procura focava apenas em duas pessoas.

E uma delas estava vindo em minha direção.

-Oh! Woojin hyung! - O moreno parou em minha frente, com o mesmo jeito apaixonado de HyunA agora pouco. Ele me encarou com um brilho em seus olhos, e deixou um leve suspiro antes de se pronunciar.

-Te agradeço por tu tudo que me fez. - Sorri vitorioso, já sabendo o que teria acontecido.- Consegui flertar bastante, e... -Sorriu, mordendo o lábio inferior.

-Você quer me contar o que minha obra de arte realizou? - Ele sorriu mais uma vez, parecia estar abobado, talvez até mais que HyunA.

Woojin me puxou para um lugar mais afastado, sentamos em um banco e logo começou a contar o que havia acontecido

•|•Flashback On•|•

-Por que não vamos pra minha casa?- Sugeriu o australiano, sem desviar o olhar do caminho que percorria dentro do carro. - Depois eu o levo até sua casa.

-C-claro, vamos lá então.- Kim voltou seus lábios para cima, disfarçando seu olhar sobre o rapaz que dirigia o carro, o mesmo rapaz no qual está perdidamente apaixonado

Depois de alguns minutos de uma puro silêncio, Bang estacionou na frente de sua casa. Os dois saíram e seguiram para o interior do imóvel.

-Quanto tempo eu não venho pra cá? - Bang Chan deu uma risada, envolvendo seus braços na cintura definida do mais velho por trás.

Aquilo deixou Woo um pouco nervoso, mas sabia o quanto Chris gosta de ser carinhoso com as pessoas, ainda mais com os amigos no qual tem muita intimidade.

-Sim, faz um bom tempo que não vem... -O loiro esfregou levemente o nariz dele no pescoço alheio, deixando Kim um pouco arrepiado. - Aigoo-ah, seu cheiro é bom, hyung.

Se afastou, mas puxou o mais velho para o quarto, onde passaram o resto da noite jogando conversa fora, de vez enquando flertando sem perceber.

Depois de muito tempo, perceberam o quão tarde estava, olharam entre si e sorriram envergonhados.

-Você quer dormir aqui?- Bang indagou olhando a hora em seu celular, desligando-o em seguida.- Está um pouco tarde, mas se quiser eu posso te...

-Tudo bem, eu durmo aqui.- o australiano sorriu largo, sabendo que teria mais uma daquelas noites no qual passava conversando com seu hyung. O loiro emprestou algumas roupas pro mais velho, este que foi tomar um banho para depois o dono da casa fazer o mesmo.

E ficaram conversando, até que não viram o tempo passar, e resolveram dormir. O dois se jogaram na cama e ficaram se olhando, até pareciam estar lendo a mente um do outro.

-Woojinnie... -O chamou manhoso, dando mais um daqueles sorrisos que mostrava sua covinha, aquela covinha de acrescentava um charme especial no sorriso do Chris.- Eu gosto de passar o tempo com você, me sinto... Me sinto muito melhor.

-A-ah... -Sorriu de volta, sentindo suas bochechas se esquentarem ao escutar as palavras ditas pelo outro.- Talvez nós precisamos disso, de passar o tempo juntos para se sentir melhor.

-É, você tem razão. - Bang se aproximou um pouco mais, ficando a centímetros de distâncias.- Talvez devêssemos ficar juntos...

Quando perceberam, os lábios de ambos estavam levemente colados. Bang percebeu que aquilo fez com que voltasse com suas palavras ditas há um tempo. Sobre dizer que não haveria nada entre os dois, já não importava mais á ele.

-Hmm... Bem... -Quando se separaram, Woojin ficou meio desconcertado. Bang roubou um selinho dos lábios bonitos do moreno, acariciando sua bochecha e logo o envolvendo num abraço.

-Podemos conversar sobre isso depois... -Deixou um beijo no pescoço do outro, suspirou e apertou um pouco contra si.- Temos que dormir, vou te levar para comer amanhã.

Depois disso não falaram mais nada, apenas aproveitaram a proximidade que agora os dois conquistaram.

•|•Flashback off•|•

P.o.v's Kim Seungmin

Agora eu encarava o hyung boquiaberto. Parece que eu sou o cupido mais competente desse mundo, não demorou dois dias para que eles se apaixonassem?

o sinal tocou e nos despedimos, e segui para a minha sala de aula.

Encontrei o Hyunjin, que parecia estar bem emburrado, e quando nos olhamos ele rapidamente virou a cara

-O que houve? - Sussurrei, e ele me olhou com um biquinho.

-Pergunta pro Woojin, você prefere passar o tempo com ele mesmo... -resmungou, estava tendo mais crise de ciúme desnecessário.

-Hyunjin, quer parar? - Me ignorou, logo roubei um selinho rápido dele e ele sorriu, parecendo desistir daquela carranca

Esse garoto é um tanto bipolar, talvez seja isso que o torna especial para mim


Notas Finais


Ultimamente minha criatividade tem ido pro saco.

Mas eu vou atualizar sim, mas aviso que a fanfic de Minsung entrou em hiatus.

Espero que tenham gostado do capítulo! Nhonho amo vocês 💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...