História Obsessive Anonymous (Jikook) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys(bts), Bts, Imagine Jikook, Jikook, Obsessive
Visualizações 122
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Festa, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Mochis!!

Capítulo um pouco bosta, me perdoem.

Boa leitura!!❤

Capítulo 6 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Obsessive Anonymous (Jikook) - Capítulo 6 - Capítulo 5


Segunda-feira, o dia mais odiado pode ter certeza. Ao menos por mim. Sempre me pergunto por que segunda é tão longe de sábado mas tão perto de domingo. O que é muito ruim. Sério.

Meu domingo foi normal, literalmente normal. Sem telefonemas, sem visitas e por incrível que pareça, sem mensagens. Depois daquilo, que eu ainda me xingo por ter deixado acontecer. Ele, não me mandou nada. O que eu achei estranho. Deveria ter ao menos mandado uma mensagem não é?

Na verdade eu não ligo, sem sei por que estou pensando isso. Eu nem o conheço, deveria para de pensar sobre isso.

Tomo um banho rápido e saio vestindo minha roupa. Uma blusa azul, sem desenhos nem nada, uma calça rasgada nos joelhos e meu tênis. Nada de mais.

Desso a cozinha preparando meu café. Fala serio, café é muito bom. Tomo enquanto como algumas torradas. Sinto meu celular vibrar, avisando que uma mensagem havia chegado. Por um momento senti meu coração acelerar. Sera que era ele?

Mas não, era apenas Taehyung avisando que estava chegando. Não irei mentir, fiquei um pouco decepcionado. Eu realmente esperava uma mensagem. Qualquer coisa mas não chega nada.

Saio para fora vendo V chegando. Ele abre um sorriso quando me vê.


Tae: E ai Tana... - O corto

Jm: Se você me chamar de tanajura eu juro que taco essa mochila na sua cara. - Ameaço segundo a mochila no alto.

Tae: Não disse nada. - Levantou as mãos em sinal de rendimento.


Fomos o caminho todo calados, ao menos eu fui. Escutava tudo o que ele dizia mas não proferia uma única palavra apenas concordava e discordava com algumas coisas. Não conseguia não para de lembra daquela noite. Fiz errado em deixar aquilo acontecer não foi? Mas porque não sinto assim? Por que por mais que tente, não consigo para de saciar por mais?

Sem perceber, reparo que já estávamos entrando na escola, indo na direção dos garotos que esperavam no pátio.


Tae: Jimin, você ouvi o que eu disse? - Perguntou me encarando.

Jm: Desculpe, estava pensando em uma coisa. O que disse?

Nj: Yoongi disse que um amigo dele vira estudar aqui hoje.

Jm: Um amigo? Quem?

Jin: Não sabemos ainda. Mas ele está vindo, olha lá. - Apontou na direção onde Suga vinha junto de um garoto que me era muito familiar, mas não lembro de onde.

Sg: Olá nobres plebeus. - Disse chegando perto. - Lembram de que disse do meu tal amigo? Lhes apresento ele.


Ele me encarava sem ao menos piscar do mesmo modo que o encarava de volta. De repente levo um susto lembrando da onde o vi. Era o garoto do parque.


Jm: Você! - Falei um pouco alto pelo pequeno susto.

JK: é um prazer lhe rever Jimin. - Ele abriu um sorriso.

Sg: Calma que to fora do assunto aqui. Se conhecem? - perguntou apontando para nos dois.

Jm: Eu conheci ele quando fui ao parque perto de minha casa. - disse mas sem cortar o olhar do dele.

Sg: Calma ai. Jungkook, ele é o garoto do parque que você me disse? - Concordou com um asceno de cabeça. Então ele chama Jungkook...

Sg: Esse menino não parava de falar um segundo sequer sobre o tal "garoto do parque", tava irritando já.

JK: Hyung, não era para falar isso. - Olhou envergonhado na direção de Yoongi, o que me fez soutar um riso baixo junto dos demais.

Nj: Bom, é um prazer lhe conhecer Jungkook. Como sei que esse açúcar trevozo não nos apresentara, eu sou Namjoon. Ou só Nam ou Appa. Você escolhe. - Ele abriu um sorriso.

Sg: Pra que farie algo que vocês mesmos podem fazer não é mesmo? - Deu de ombros

Jin: Eu sou Seokjin, pode me chamar de Jin, ou como me denominaram, Omma desse grupo.

Jh: Eu sou Hoseok, pode me chamar de Hobi ou Hope. - Disse fazendo um aegyo que fez todos rimos.

JK: Hope? - perguntou sorrindo.

Jh: É claro, eu sou a esperança daqui. - Afirmou colocando as mãos abaixo do rosto.

Tae: Eu como pode ver, sou a beleza do grupo. Taehyung, muito prazer. Mas pode me chamar de Tae ou V.

JK: V? Mas por que V?

Tae: V de vitória.

Jh: V de vitorioso.

Nj: V de verdadeiro.

Jm: V de viado. - Acabei soltando vendo todos gargalharem alto.

Tae: Um viado muito gostoso, só pra constar.

Jm: Já nos conhecemos, então não preciso me apresentar. - Vi ele me encarar de volta com um mino sorriso no rosto.

Antes de dizer algo, o sinal tocou chamando nossa atenção.

Tae: Já sabe de que sala vai ficar? - perguntou olhando para Jungkook.

Ele pegou um papel no seu bolso olhando o que havia escrito logo nos encarando de volta.

JK: Sou da sala 19.

Tae: Então vai ser da mesma que a gente. - Disse apontando para mim e Hobi. - Vem, vamos mostrar o caminho.


Quando Tae apontou em minha direção dizendo que era da mesma sala, vi ele me encarar com um sorriso ladino do rosto. Queria conseguir ler mentes para saber o que ele esta pensando.

Sg: Vê se não contaminam ele.

Tae: Ainda bem que ele não ta com você então.

Fomos rindo em direção a sala. No momento em que entramos todos olharam na direção de Jungkook. Logo a professora entrou pedindo uma pequena Apresentação da parte dele. 

Depois de se apresentar ele se sentou em uma carteira vazia ao meu lado. O que fez ele me encarar e abrir um sorriso para mim.

Os horários passaram rápido, o sinal do recreio já havia tocado e íamos em direção ao refeitório a procura dos outros.

Eu diria que a aula havia sido normal se não fosse pelo fato de Jungkook me encarar o tempo inteiro só desviando algumas vezes. O que me deixou um pouco envergonhado, meu rosto ta sujo por acaso? Ou ele que é estranho mesmo?

Estranho, era como eu estava me sentindo pelo fato de não ter recebido nenhuma mensagem ate agora. Será que algo aconteceu?

Já todos sentados a mesa, começamos a conversar sobre assuntos banais. Nada de muito especial.

Mas ainda um pouco ansioso, fico olhando para a tela do celular esperando algo.


Sg: O que você tanto olha pra esse celular Jiminie? - Quando ele disse esse apelido, me lembrei das mensagens.

Jm: N-não é nada. - Abro um sorriso e bloqueio a tela do celular.


Olho de canto de olho, involuntariamente, na direção de Jungkook e vejo ele com um sorriso nos lábios. Na mesma hora ele pega o celular digitando o que parecia ser uma mensagem.

No momento em que ele bloqueia a tela do celular, meu celular vibra. Uma mensagem. Dele.



" Olá Jiminie, que tal deixar o seu Daddy te satisfazer hoje? "



Olho para a mensagem. Jiminie... No mesmo segundo olho para a mão de Jungkook que segurava o celular. Espera um pouco. Ele terminou de digitar e eu recebi a mensagem. Mas... Isso é uma coincidência, não é?

Não pode ser? Pode?




Notas Finais


Não tão cedo Jimin

BORA SOCIALIZAR COMENTA NESSA BAGAÇA❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...