História Obsessive love - Jeon Jungkook (Incesto) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Briga, Bts, Fanfic, Incesto, Jeon Jungkook, Kim Taehyung
Visualizações 118
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


<3

Capítulo 20 - Sook


Fanfic / Fanfiction Obsessive love - Jeon Jungkook (Incesto) - Capítulo 20 - Sook


S/n On


Taehyung sai do banheiro e sua cara não estava nada boa.

- Oque aconteceu? Perguntei, e ele disse que não era nada.

Fomos os dois para a sala de aula, que estava vazia por ainda não ter dado o sinal.

- Quero que me prometa uma coisa. Disse ele.

- Oque? Olhei em seus olhos.

- Que não vai mais chorar pelo Jungkook. Se aproximou.

- Tae, eu gosto muito dele, isso é algo muito difícil e... Ele me interrompe, com um abraço apertado.

- Eu sei que gosta dele, mas eu gosto de você e não quero te ver triste por causa dele. Me abraçou mais forte. - Eu não suportaria. 

Não disse mais nada, apenas o abracei de volta e ficamos ali em silêncio por um longo tempo, seu abraço me fez sentir muito melhor. Eu estava calma e em segurança... Mas logo a sala foi tomada pelos outros alunos e nós fomos cada um para o seu lugar.

Não conseguia me concentrar na aula, muito menos ouvir as explicações dadas pelo professor, odeio história.


Jungkook On


Me levantei do chão e lavei meu rosto, havia um corte em meus lábios e um machucado em minha bochecha direita, que ardia muito... Mas eu mereci oque aconteceu mais cedo.

Ao sair do banheiro dei de cara com Sook, fechei a cara e a encarei.

- Pensei que tivesse morrido lá dentro. Ela disse.

- Não teria sido nada ruim. Disse.

- Já disse para não me responder assim amorzinho, sabe muito bem oque pode acontecer com S/n. Falou séria.

- Porque está fazendo isso? Sabe que eu não te amo, eu amo S/n. 

- Você não precisa me amar, só precisa estar comigo, e você já está. Rio sinica.

- Você não presta. Estava ficando com raiva.

- Eu sei disso, agora cala a boca e vamos pra aula, e se você se comportar mal, a sua preciosa S/n irá pagar o preço, e você também. Me mostrou a arma que carregava consigo e depois a guardou.

Pegou minha mão e nós fomos para a aula que já tinha começado, me sentei no fundo como sempre, toda a aula eu passei olhando para S/n.

Seu olhar estava triste, ela não dava um sorriso e nem conversava com ninguém. Tudo oque eu mais queria ela abraça- lá e beija- lá, mas se fizer isso Sook fará algo ruim.

Após o intervalo fomos para a quadra com o professor de educação física, já estava indo com a cara dele, até que ele não é tão ruim.

Resolvi arriscar e mandar uma mensagem para S/n que estava do outro lado da quadra, mas a mesma apenas visualizou e desligou novamente o celular, voltando sua atenção para as meninas do seu lado.

- Você é um idiota. Yoongi se senta do meu lado.

- Cala a boca. Disse

- Eu falo quantas vezes for preciso. Essa garota que não desgruda de você é muito estranha, e ela não é tão bonita. 

Pensei em contar tudo a ele, mas sabia que isso chegaria aos ouvidos de Sook, e ela não ficaria quieta. Eu só quero proteger S/n, sinto muito que tenha que ser assim.

- Yoongi me deixe em paz, eu gosto dela ok? Não toque mais nesse assunto. Disse e olhei para qualquer outro lugar que não fosse sua cara.

Ele ri, se levanta e sai me deixando sozinho. Uma onda de tristeza atingiu meu peito, meus olhos se encheram de lágrimas e logo elas enxarcaram todo o meu rosto, logo as enchuguei para que ninguém notasse.


Sook On


Jungkook chorando por S/n, isso é totalmente patético, como ele pode gostar daquela garota sem graça? Ela não tem absolutamente nada de mais, não tem atitude. Sinceramente, é uma merda ter alguém como ela na terra, gostaria muito de meter uma bala na testa dela.

Meu celular apita avisando que uma nova mensagem chegou, na mesma hora abri o chat.

"Como estão as coisas? Ainda está no controle de tudo?"

"Claro que sim, sou a melhor no que faço."

"Ótimo, agiremos no baile, esteja preparada"

"Eu sempre estou."

Desliguei o celular e voltei para os meus pensamentos... Você terá uma grande surpresa S/n.



Notas Finais


Oque irá acontecer ????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...