1. Spirit Fanfics >
  2. Obstinado

História Obstinado


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Obstinado
Sinopse:
(REESCRITA)
Em um momento certo, determinado e calculado, por alguma força externa, um sentimento nasceu. Não de admiração ou reconhecimento, que eram os que o jovem Bakugo temia adquirir.
Embora ele não pudesse impedir de se sentir frustrado, ele continuou “odiando” o maldito Deku.
E como sempre acontecia, mesmo sem ter dado um único sinal, o amigo de infância percebeu sua mudança e claro quis se meter nos seus problemas.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 42.049
Favoritos 2.531
Comentários 191
Listas de Leitura 693
Palavras 21.510
Concluído Não
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Shouto Todoroki
Tags Katsudeku, Tododeku

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Gay / Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
01-03: Rude
28
15.971
5.881
 
2.
02-03: Ingrato
29
10.515
2.965
 
3.
03-03: Obstinado
82
12.478
7.447
 
4.
Extras
31
2.066
512
 
5.
Dicas
21
1.019
4.705

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por Velkroz
Capítulo 3 - 03-03: Obstinado
Usuário: Velkroz
Usuário
Gente
Que babado fortíssimo
Posso nem ver que adoro

Sendo bem franco, tive que ler o cap duas vezes. Na primeira, logo quando saiu o cap, eu li e fiquei meio perdido, não entendi exatamente o que aconteceu e por isso não gostei muito, tanto que nem comentei. Aí chegou hj, 05h da manhã pós-balada, e eu resolvo ler, com mais calma, já que eu amo esse casal

Gente, que choque
Agora consegui perceber as sutilezas, toda a construção emocional que você tentou (até que com bom êxito) compactar nesse capítulo. Foi maravilhoso analisar a mudança de postura gradual entre eles. E perceber o quão coerente e esforçado foi esse trabalho de montagem da história. Isso foi um lemon digno do contexto no qual ele foi gerado, com as implicações e dúvidas do momento. Nada de "Eu te amo" e transarem como se dessem o cu a vida toda, e sim algo cru, inexperiente, nem tão amoroso, mas ainda assim brutalmente real, realista. Não sei se é o poder da Vodka operando em mim, ma a visão atual que tive desse cap foi simplesmente fantástica. E é justo o tipo de obra que se você não souber olhar da forma certa, acaba sendo incompreendida, como eu mesmo o fiz. Então, quero registrar, agora que finalmente acordei pra vida, meus sinceros parabéns a seu trabalho. Você deve ter quebrado MUITO a cabeça pra encaixar um plot demoniaco desses em tão pouco espaço, então nada mais justo do que te dar os devidos méritos. Obrigado por concluir a fic, e, francamente, fico ansioso pra ver uma longfic sua sobre eles (que aliás poderia até utilizar essa história, já que a senhora fez questão de deixar pontos abertos de desenvolvimento que também dariam ótimas tramas pra longfic), então vou esperar o anime sair e torcer muito.

Beijos <3