História Ocean - Shawn Mendes - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 33
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI
postei Our Song e decidi voltar com Ocean
vou tentar manter um capítulo por semana ok?
Boa leitura 💙
(odeio não conseguir fazer capítulos grandes)

Capítulo 13 - 12- take care of her -


-  Shawn Mendes -



 Foram 10 dias que ela não  saía da minha cabeça. Acredite, falar com ela foi o que eu tentei todos os dias. Talvez tivesse sido mais fácil  se meu celular não fosse jogado na piscina pelo meu amigo, ou se eu simplesmente tivesse tomado coragem de mandar uma mensagem antes.


 Depois do encontro eu fui o mais rápido  o possível para LA, essas viagens estavam sendo cada vez mais frequentes por conta do álbum  novo. Eu queria muito ter alguém para poder desabafar e rir de um jeito verdadeiro, e naqueles tempos  Luiza era a única pessoa com que eu podia fazer aquilo, não que os meninos da banda não me ajudassem nisso mas a conversa com eles é  mais superficial entende?


  Andrew tem me cobrado cada vez mais durante o novo processo de criação  do álbum e isso acaba comigo. Meu psicológico e físico estão ficando cansados. Por isso eu pedi uma folga. Confesso que tive de usar muitos argumentos como “ vai ser bom para pensar um pouco “ “ as letras vão  vir com mais facilidade na minha cabeça “ “ as férias da Aaliyah são nesse tempo que eu quero essa pausa, vai ser bom para minha família “ . E eu não menti em nenhuma dessas afirmações, eu precisava de um tempo com minha família.


                               (...)


 Quando pisei em Toronto a primeira coisa que quis fazer foi correr até a biblioteca  e ver a Luiza. Ela deve estar muito puta comigo agora. Pelo o menos eu estaria, qual é, o cara que te beijou e pegou seu número  não dirigiu uma palavra a sua pessoa durante 10 dias.  Porra, eu fiz muita merda. Tenho que resolver isso. Tipo, agora.



   Ok. Passo a passo Shawn:

- Deixar as malas em  casa.

- Ir para a biblioteca

- Tentar não  fazer mais merda


  Esquece o Andrew ele tá demorando  muito, peguei minhas malas agora é só achar um táxi  que chegue no meu apartamento o mais rápido possível.


- Táxi!  - gritei para um carro que passava na rua de saída do aeroporto- hey, preciso  que me leve para perto da CN. - ele assentiu e eu entrei com as malas.


                              (...)


 Por que eu decidi  morar longe do aeroporto? O trânsito  tá horrível e ainda faltam uns 20 minutos para chegar em casa.


- Moço o caminho para a biblioteca é mais perto né? - assentiu - pode ir para ela então.


- Ok, para lá vai demorar uns 10 minutos tudo  bem?


- Sem problemas.


  Acho que esses foram os 10 minutos mais demorados da minha semana. Paguei o taxista e entrei no local ainda com minhas malas. A recepcionista  estava lá e me olhou surpresa.  Pelo o que a Luiza me falou o nome dela é Laura, espero que esteja certo.


- Hey, Laura eu preciso muito falar com a Luiza. Ela está  aqui?


- Boa tarde Shawn - ela riu por conta do meu desespero - a Luh tá no lugar dela, sabe onde vocês  se conheceram?


- Sei, obrigada. - estava saindo  quando Laura me chamou de novo.


- Shawn só por favor não  faça mal a ela. Eu sei que vocês  se conhecem a pouco tempo mas quando você  viajou ela ficou meio triste sabe. Cuide dela. A Luiza é uma menina muito especial, ela merece  alguém que possa sentir o mesmo que ela.


- Eu vou cuidar dela. Eu prometo.


 Fui correndo  até o lugar que nos conhecemos e pude escutar um som que reconheço  bem. Mercy. Sem que ela percebesse abri a porta e me  encostei no batente, assim como no primeiro dia. Ela dançava de olhos fechados, era tão  bonito de se ver. Eu poderia passar um dia inteiro a vendo dançar, dava pra ver que aquilo é a sua paixão. Essa é a menina que me faz querer  voltar para casa


Notas Finais


Deixem suas opiniões 💙

Dêem uma olhada em Our Song ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...