História Ocean eyes 'l.s' - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Ed Sheeran, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Visualizações 31
Palavras 1.492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura. 💙

Capítulo 2 - An idiot.


Fanfic / Fanfiction Ocean eyes 'l.s' - Capítulo 2 - An idiot.

Harry estava com raiva, com muita raiva, a pele pouco pálida de seu rosto estava vermelha, algumas poucas veias saltadas em seu pescoço é os olhos verdes que na maioria das vezes costumava ser tão calmo e transmitir um tipo de suavidade, agora estavam algo mais negro com a pupila dilatada. As mãos do rapaz cacheado fechadas em punho, ele andava pela calçada em passos rápidos e firmes.

Pela primeira vez, pelo que parecia em semanas, ele estava andando livremente por uma rua, sem seguranças na sua cola ou apenas dentro de uma dos carros de luxo da sua família. Harry era um garoto rico e mimado, que sempre ganhava oque queria, porém hoje isso não aconteceu.

E isso estava fazendo o cacheado quase ter um surto.

Ele só queria ir ao shopping comprar um par de tênis novos, talvez algumas camisas também já que ele havia se enjoado da maioria que estavam em seu closet. Só que Anne, a sua mãe, o negou dizendo que não! Tinha roupas guardadas que ele nunca havia ao menos usada, não tinha a mínima necessidade de comprar roupas novas.

Ela negou.

Anne negou algo que Harry queria muito!

Isso o fez sair correndo de casa e andar sem rumo, como o bom, dramático e muito mimado, garoto que era.

Só que Styles não conhecia essa parte da cidade, aonde havia mais lojas e mercados do que casa, que as ruas tinham tantas pessoas andando que o deixava com um pouco de falta de ar. Harry se arrependeu no mesmo instante por ter, basicamente, fugido de casa.

Depois de tanto andar, viu a alguns metros de distância oque parecia ser uma loja de discos, a decoração por fora era algo meio retrô é isso no mesmo instante chamou a atenção de Styles. Se tinha uma coisa ao qual ele era completamente apaixonado, essa coisa era música, não importava se Harry estava triste feliz ou com raiva- como agora- a música sempre tinha um poder quase mágico sobre si.

Com início de um sorriso nos lábios vermelhos é a carranca aos poucos sumindo, Harry foi rapidamente rumo a loja. Assim que entrou na mesma os olhos verdes estavam arregalados tentando olhar cada detalhe dali, e ok talvez não era o que ele havia esperado.

As paredes pintadas por um amarelo pastel com vários é vários pôsteres- alguns autografados- grudados na mesma. As prateleiras abarrotadas de discos, de vários artistas que Harry nem ao menos conhecia. O cheiro do local lembrava a café fresco oque fez Styles torcer o nariz, ele detestava café, mas também lá no fundo tinha um leve toque de cigarros- outra coisa que Styles não gostava.

Um Rock dos anos 80 tocava baixinho, Harry sorriu com isso. O chão estava coberto por um enorme tapete que tinha uma aparência fofa, é a loja não era enorme mas também não era muito pequena. Não era o luxo todo que Styles estava acostumado mas ela tinha uma coisa que o fazia se sentir confortável... Era estranho, na verdade.

Ele nunca havia sentido essa sensação em lugar algum.

Harry só se deu conta de que estava parado no meio da loja, olhando vagamente para a parede a sua frente quando escutou alguém limpadando a garganta, na tentativa de chamar sua atenção.

— Boa tarde... posso ajuda- lo em alguma coisa? - o rapaz atrás do balcão perguntou educadamente. Ele tinha uma caneca preta que saia fumaça, em suas mãos. O cabelo castanho e liso tinha uma franja que caia de uma forma até delicada pela lateral do seu rosto, as maçãs do rosto rosadas e bem desenhadas, as sobrancelhas arquiadas enquanto esperava uma resposta de Styles. E embora o tom do rapaz fosse gentil, não tinha nenhum resquício de sorriso nos lábios finos.

— Oi... — Harry respondeu ainda analisando o ser a sua frente. A camiseta preta que deixava a clavícula, uma bela clavícula, exposta. Dava para ver o início de uma tatuagem também, mas a mesma sumia pela gola do tecido.

Cautelosamente Styles se aproximou.

— Eu só, hm, entrei para dar uma olhada. Não sei se vou levar alguma coisa... — Disse mordendo os lábios em seguida e olhando para qualquer lugar, menos para os olhos azuis que o analisava.

— 'tá. — o rapaz repondeu dando de ombros e desviando os olhos de Harry, voltando a olhar o que parecia ser um livro.

Harry aproveitou que ele não o olhava mais e passou a observar os detalhes do belo rapaz a sua frente, as inúmeras tatuagens nos braços, a tinta preta e algumas coloridas entrando em um contraste perfeito com a pele levemente bronzeada. Isso fez Styles fazer uma careta em desgosto, aquilo era horrível e completamente errado... mesmo que os desenhos ficassem bem no garoto não deixava de ser errado.

Styles colocou suas mãos para trás, agora bem mais próximo do balcão, começou a olhar os seus pés que estavam calçados por um vans perfeitamente branco. E quando percebeu que não estava ganhando nem um pouco de atenção o seu sangue voltou a ferver.

Uma coisa que Harry odiava mais do que não ganhar do seus pais aquilo que tanto queria. Era ser ignorado.

O cacheado limpou a garganta, na tentativa de chamar atenção.

O rapaz de olhos azuis voltar a olhar para Harry, com as sobrancelhas arquiadas enquanto esperava Styles dizer alguma coisa.

— Eu quero... — Harry começou a dizer tentando quebrar o clima que estava pesado, mas na verdade ele nem sabia o que dizer e muito menos o que comprar.

— Oque? — o rapaz perguntou, mas dessa vez ele não estava mais com o tom gentil e atencioso em sua voz. Parecia impaciente enquanto olhava o garoto a sua frente, que agora tinha uma carranca de desgosto.

— Sabia que você é um péssimo funcionário? — Harry finalmente disse, cruzando os braços em frente ao seu peitoral. — Não deveria ser rude ou ignorar os clientes! Deve ser por isso que aqui está vazio.

O de olhos azuis ficou em silêncio olhando para Styles, em seguida fechou o livro e colocou a caneca sobre o balcão. Em passos lentos ele deu a volta no balcão de vidro, indo até Harry e parando na frente do mesmo mas com uma certa distância entre os dois.

— Certo... - cruzou os braços em frente ao peitoral o deixando com uma aparência um pouco mais forte. Ele é Harry eram quase do mesmo tamanho, mas Styles parecia ser alguns centímetros mais alto o que fez ele dar um pequeno sorriso vitorioso. — Oque você vai querer? Algum disco de uma cantora pop ou...

— Evanescence é bom! — Harry disse descruzando os braços e voltando a olhar para os seus pés, sentindo o olhar do rapaz vendedor sobre si.

— Yeah, não e tão ruim. Vai querer levar um álbum deles ou... — antes dele terminar de falar uma ideia veio a cabeça de Harry, se ele estivesse em um desenho animado com toda certeza uma lâmpada estaria brilhando sobre sua cabeça enquanto ele teria um sorrisinho malvado nos lábios.

— Como é o seu nome? — Styles perguntou interrompendo o rapaz, piscou os olhos vagarosamente o dando um ar adorável. Um vinco apareceu na testa do rapaz que só agora de perto Harry percebeu como seus olhos eram azuis quase cristalinos, mas ainda assim tinha um tom esverdeado.

— Louis... — repondeu incerto tombando a cabeça levemente para o lado. Harry tentou ignorar o frio que sentiu na barriga por alguém estar o olhando assim, como se pudesse puder ver exatamente tudo oque ele estava pensando.

— Certo... Louis, hm, pode por favor pegar todos os álbuns do Evanescence que você tiver disponível. Eu vou levar! — Styles falou sorrindo largamente em seguida observando a expressão impressionada de, agora, Louis.

— Todos? — perguntou com os olhos azuis um pouco arregalados. Harry assentiu ainda sorrindo. — Certo... ok. hm. Só um minuto, por favor.

Ainda parecendo um pouco perdido ele se foi, procurando entre as prateleiras o que Styles havia pedido. Os lábios finos espremidos é a testa franzida deixando claro que ele estava pensando em algo ou confuso sobre alguma coisa.

Depois de alguns minutos que Louis mais parecia uma barata tonta andando pela loja procurando tudo que Harry havia pedido. Ele finalmente colocou os álbuns em cima do balcão, com um sorriso cansado nos lábios finos é uma leve camada de suor cobrindo sua testa.

— Aqui está! — disse para Harry que se aproximou, olhou para os álbuns sobre o balcão enquanto colocava uma mecha do seu cabelo cacheado atrás da orelha.

— Legal... — Styles deu mais uma olhada é se afastou em seguida. — Mas isso não é nenhuma cantora pop então... acho melhor eu não levar. De qualquer forma, obrigado Louis! — disse gesticulando um pouco com sua voz rouca baixa, dando a entender que ele estava completamente calmo.

Em seguida, com passos rápido e ágeis Styles saiu da pequena lojinha de discos. Deixando para trás o vendedor de olhos azuis, Louis, boquiaberto não acreditando realmente que isso havia acontecido. 


Notas Finais


Esse capítulo tá bem fraquinho :(
Vou tentar melhorar no próximo ok?

Até a próxima!
Beijinhos. ❤✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...