1. Spirit Fanfics >
  2. Ocean- Noart >
  3. "quer carona amor?"

História Ocean- Noart - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


oiiiii, assim como prometido, ele tá pequeno mais eu espero que voces gostem, porque muita coisa ainda vai acontecer.

Capítulo 5 - "quer carona amor?"


Fanfic / Fanfiction Ocean- Noart - Capítulo 5 - "quer carona amor?"

*casa da Sina é essa tá*

 

 

 Josh- ela não ta errada mano, eu sei que algumas meninas não ligam mais tenta segurar a onda.

-ok eu vou pedir desculpa pra ela.-mais eu não pedi, não tive tempo e nem aula com ela, e mesmo se tivesse eu não teria coragem, não to acostumado a pedir desculpa pras pessoas.

 

 

 

Pv’s Sina

 

Krys e Bailey passaram o resto do dia comigo, no final eu nem liguei muito, em outro caso eu simplesmente ignoraria mais aquele moleque precisa tirar o cavalhinho da chuva.

krys-quer carona amor?

-não meu motorista já ta chegando, mais muito obrigada gente.

Bailey- eu também to com o carro Krys, obrigado.-ele diz com sarcasmo

Krys- de nada colega. Sina, mudando de assunto, eu realmente queria ir experimentar aqueles novos shakes.

-eu vou ver o horário certinho e aviso pra vocês, meu motorista chegou, beijos gente .-eu mandei dois beijos para o ar no rumo deles. Caminhei rumo ao carro e entrei.- boa noite Carl , como você ta?

Carl(senhor Martin)- estou ótimo, e você sininho?

-foi um bom dia, sabe aqueles meus amigos daqui?

Carl- são aqueles certo?- eu faço um gesto afirmativo e ele continua- eu lembro das suas farras senhorita Deinert.

-pois é, bons tempos.-falo olhando a janela do carro enquanto ele saia do estacionamento.

A cidade esta ainda mais bonita do que antes, eu senti falta eu confesso, aqui é tão diferente, os prédios, as pessoas conversando, brincando, desmaiadas, pera...

-para! Tem uma pessoa desmaiada, a gente tem que ajudar!- ele para o carro e eu desço correndo- Noah? Noah? Levanta menino o que aconteceu?- chacoalho ele em busca de alguma resposta e acabo recebendo um gemido de dor

Noah- Sina? Eu quero ir pra minha casa-ele se contorce e eu nego.

-você vai comigo pra minha casa e depois que a gente cuidar desses machucados  e você me explicar o que aconteceu eu mesma  te levo pra sua casa ok?- ele assente e eu o ajudo a levantar.- Carl, me ajuda a colocar ele no carro-ele estranha e recua com o olhar- eu conheço ele, o Noah é meu amigo Carl.- ele por fim assente e me ajuda, eu sento no banco de trás com o Noah, eu estou sentada e a cabeça dele está no meu colo, eu sei que ele está acordado mais ele não abre os olhos. Começo a fazer carinho no seu cabelo e depois de uns dois minutos eu paro e ele abre os olhos, me encarando.

Noah- continua, por favor?

 -ok- dou um pequeno sorriso e ele fecha os olhos novamente. Ficou um clima muito bom, nem parecia que 

eu tava brava com ele, e eu não estava, era só, raiva momentânea, eu acho.

Carl- chegamos sininho, você quer que eu o leve para a sala?-ele fala com um tom de preocupação e seriedade ao mesmo tempo.

Noah- “Sininho”? gostei, vou adquirir.-ignoro o comentário e prossigo.

-pode levar ele para o meu quarto por favor?- ambos se assustam e eu apenas continuo- Lá tem tudo o que eu preciso para cuidar dele,  anda cara, aproveita que meus pais não estão em casa porque o bonitão aqui não é leve.

Noah- estou ofendida.-ele põe a mão do peito, Jesus, que  personagem de novela mexicana esse menino.

Carl- ok, eu levo ele. Ele fala e pega o Noah no colo caminhando rumo à mansão Deinert, deus, que exagero, linda, mas um exagero. Depois de uns quinze minutos de sufoco chegamos no meu quarto, meu querido quarto que eu amei (mais como eu sou teimosa eu obviamente não vou falar isso para os meus pais)

Noah-sua casa é linda sininho.-ele diz de um modo muito gentil e eu fiquei feliz.

Carl- a família Deinert é muito esforçada e trabalhou muito duro para conseguir essa residência, garoto.- Carl diz de um modo tão escroto que eu ate fiquei com vergonha.-isso não foi legal, Carl- falo em um tom severo, pareendo uma mãe corrigindo o filho.- você pode sair por favor?-pergunto e ele assente, nos deixando à sós.


Notas Finais


BOOOOOOOOOOMMMM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...