1. Spirit Fanfics >
  2. Óculos escuros e bochechas coradas >
  3. Confortável

História Óculos escuros e bochechas coradas - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Confortável


Fanfic / Fanfiction Óculos escuros e bochechas coradas - Capítulo 1 - Confortável

A água quente subia pela sauna, fazendo com que os óculos de Shino ficassem embaçados e ele não conseguisse ver um palmo adiante de seu nariz. Ele suspirou baixinho, limpando pela milésima vez a lente preta, que logo voltou ao seu estado de antes, fazendo com que todo seu esforço fosse inútil.

- Oe, Shino! Não vai entrar?

Olhou - com muito esforço- ao seu redor. Não tinha ninguém além dele e Kiba, até Akamaru estava longe (um milagre, ele diria).

Encolheu os ombros, pensando nos anos no qual conhecia Kiba, sabendo que o amigo por mais falastrão, mal educado e rude que pudesse ser, ainda era seu melhor - e único - amigo. Levou as mãos aos óculos, os tirando delicadamente e o pondo em cima da pilha de roupas ali perto, caminhando devagar até a sauna, abraçando o próprio corpo. Mesmo que tivesse apenas Kiba, e ele se sentisse confortável em sua presença, era uma sensação estranha.

Olhou para Kiba, se sentando na água, logo se arrependendo quando viu a face de espanto do amigo. Lutou com todas as suas forças contra o instinto de abaixar a cabeça e correr para pegar os óculos. - Eu sei que meu rosto não é o mais legal de todos, mas você não deveria encarar dessa forma, Kiba. É rude.

- N-não! - Kiba começou, agitando as mãos, assustando Shino. - Quer dizer... Seu rosto é legal! Muito legal! É meio surpreendente.

- Pensou que eu fosse feio? - Shino murmurou, sabendo que suas bochechas estavam corando.

- Não. Sempre imaginei você bonito, mas é diferente. - Kiba murmurou.

- Você imaginou meu rosto?

- Bom... algumas vezes? - Kiba resmungou. Ambos estavam vermelhos. Quanta comoção por causa de um óculos, Shino pensou sozinho.

- Como foi?

- Ahn?

- Como foi. Como você imaginou meu rosto? - Shino perguntou, abraçando o próprio corpo.

Kiba começou a gaguejar e se mover, parecendo meio desesperado, Shino arqueou una sobrancelha, sem entender nada. - Eu perguntei algo errado?

- NÃO! Não tem nada de errado com a pergunta. Também não tem nada de errado com o que eu imaginei do seu rosto, sabe? Foi só repentino. - A comoção de Kiba e sua inquietação despertaram uma hipótese na cabeça de Shino, o fazendo virar o rosto, completamente vermelho. - Ah, droga, Shino. Isso é muito esquisito. Você não deveria saber. - O Aburame não precisou virar o rosto para saber que Kiba tinha a cabeça enterrada entre as mãos e que estava queimando de vergonha.

- Bom... - Começou depois de um bom tempo em um silêncio constrangedor. - Eu também te imaginei nesse contexto.

- Certo, isso eu não esperava.

- Nem eu.

O silêncio que se tornou entre os dois foi extremamente constrangedor, mas ainda sim, gostoso. - Posso beijar você?

- Não.

- Droga. - Kiba murmurou, cruzando os braços.

Shino deu uma risadinha. - Não me sinto confortável com muito contato físico. Talvez mais tarde, quando estivermos com mais roupas?

- Não gosta de transar? - Kiba o olhou, confuso.

- Nunca experimentei, e nem quero, honestamente. - Shino murmurou.

- Você não acabou de dizer que pensou em mim daquela forma? - Kiba pendeu a cabeça para o lado, confuso.

- São situações diferentes. Não me sinto confortável com a idéia de sexo. - Shino respondeu com calma.

- Hm... Isso vai complicar. Nada que eu não saiba lidar, sabe? Eu sou foda, vou dar um namorado mais foda ainda. - Kiba sorriu ladino, se vangloriando.

- Namorado?

- Dou dois dias pra você estar caindo de amores por mim, Aburame.

Shino revirou os olhos com um sorrisinho de canto. - Vamos se vestir, quero beijar você.

- Vamos!!


Notas Finais


>> Essa história é baseada na fanart maravilhosa da @Inuzukabitch no Twitter, as imagens utilizadas na capa e no capítulo são delas, eu pedi permissão ao usar, peça, caso for usar também. <<♧

Amém ShinoKiba 🗣🗣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...