História Oculto - Changki - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Show Nu, Won Ho
Visualizações 92
Palavras 540
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - A Dupla


Muitas pessoas sabem o significado de estar rodeado por pessoas e se sentir sozinho. Até então, Kihyun não sabia. 

Não, ele não achava que seus amigos eram falsos ou algo do tipo, e também, ele não se sentia vazio por ter sido completamente iludido. Ele se sentia vazio consigo mesmo, não é algo capaz de ser explicado, ele havia perdido o prazer que é viver, ele já não se importava se morreria virgem, ele já não se importava se nunca conseguiria descobrir quem ele realmente é, ele já não se importava se o seu "pai" sairia da cadeia. Ele simplesmente, estava vazio. Como uma tela em branco, que precisa ser pintada, essa era a vida de Kihyun agora. Kihyun era um quadro, ele precisava de alguém para pintá - lo. Quem o faria?

(...)

Pior do que sofrer, é você ver a pessoa que gosta sofrendo, e saber, que foi por sua culpa, isso, com certeza, é a pior coisa que o ser humano pode sentir. Changkyun amava Kihyun com todo seu coração, e saber, que aquela cabeça baixa, aquele olhar triste, aquele sorriso sem vida, era sua culpa, destruía o em pedaços. 

Ele havia feito tudo isso com um propósito : Fazer Kihyun se apaixonar por ele. Mas ele se via incapaz de ao menos conversar com o moreno. 

— Senhor Yoo. — a professora chamou o moreno que mantinha sua cabeça baixa. — O que você entendeu? — apoiou as mãos na cintura. E observou o moreno enguer a cabeça.

— E-eu... — Suas bochechas coraram instantaneamente

— Ele irá fazer dupla comigo, professora Kang. — Changkyun disse, Kihyun olhou na direção da voz e arregalou os olhos quando viu o sorriso sacana do castanho. 

— Ótimo. Espero que você possa ajudar seu amigo. — a professora disse e se retirou da sala assim que acabou sua aula. 

Kihyun ainda se mantinha intacto, o que diabos havia acabado de acontecer, ele se perguntava. 

— Kihyun! — Minhyuk gritou 

— Oi, o que foi? 

— Vamos embora, ou você quer esperar a Hyejin chegar? — arqueou a sobrancelha

—Oppa! 

— Falando no diabo... — Minhyuk sussurrou ao ver a ruiva adentrar a sala. — Te espero lá fora. — saiu da sala, mas antes, rosnou para Hyejin. Ele realmente odiava a garota. 

— Olá, Hyejin! — o garoto disse enquanto colocava a mochila nas costas.

— Vamos sair hoje, Oppa! 

— Me desculpe, eu trabalho.—respondeu sem ânimo.

— A noite! Eu sei que você não trabalha a noite. 

— E-eu... — o moreno pensou em algo para dizer para a ruiva, mas não foi capaz de pensar em nada.

— Tá vendo, você não tem...

— Ele vai sair comigo. — uma voz inesperada cortou a ruiva, era Changkyun. 

Kihyun olhou para o garoto que sorria. 

— Aish... — a ruiva bufou saindo da sala.

— P-por quê fez isso? — abaixou a cabeça na tentativa de esconder o rubor de suas bochechas.

— Um simples obrigado seria o suficiente. — o castanho disse sorrindo. 

— O-obrigado.

— Pego você as 18:00 na biblioteca. — Colocou a mochila nas costas e se virou. 

— Espere! — Kihyun gritou parando o garoto na porta. 

— Sim? 

— Pra quê você iria me pegar na biblioteca?

— Nós vamos sair, afinal, somos uma dupla. 



Notas Finais


Oioi
Gente, perdoem o capítulo minúsculo, prometo fazer o próximo maior.
Um beijo e obrigada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...