1. Spirit Fanfics >
  2. Odeio te amar - mitw >
  3. Jogos para destrair

História Odeio te amar - mitw - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capítulos ta muito ruim, eu realmente não sei mais o que escrever.

Capítulo 30 - Jogos para destrair


P.v Spok

Já deviam ser umas 3 da tarde, eu e o povo estavamos todos no meu quarto e no da Ma, como o Jabuti acabou não voltando mais, acabamos dando um jeitinho pra ficarmos no mesmo quarto.

Estava sentado na minha cama com a Ma deitada no meu ombro. Eu confesso que tava sendo bem chato não poder sair da parte dos dormitórios, não podíamos nem ir pra quele cantinho atrás da escola por que a gente tava proibido de sair.

O Tulio tava visívelmente encomodado com o silêncio do quarto, tentando puxar assunto toda hora, enquanto isso o Cauê só tentava "acalmar" ele mostrando algumas coisas aleatórias no celular, fazendo ele dar algumas risadas.

Até que derepente o Felipe, que estava até então quietinho encostado na porta no armário, quebrou o silêncio dando uma idéia.

Batista- Ei gente, o que vocês acham de jogar alguma coisa? Eu tenho um baralho no meu quarto. Só pra gente não ficar no tédio, sabe?

Malena- Ah, por mim pode ser, só que vocês vão ter que me ensinar a jogar, por que eu sou péssimo.

Mike- Se for assim eu também vou jogar, quer que eu vou lá no teu quarto pega com você?- disse deitado no colo do Pac na outra cama, só aproveitando o cafuné que ele fazia em seus cabelos.

Authentic- Se quiser eu posso ir também.

Batista- Não precisa gente, eu vou lá pegar sozinho- levanteou-se do chão e vestiu o moletom vermelho que antes tinha jogado no chão.

- Tem certeza que vai sozinho? É que o prédio ta meio deserto.

Batista- Relaxa, eu vou lá rapidinho- disse e saiu do quarto rapidamente, deixando o quarto em silêncio de novo.


P.v Batista


Sai do dormitório já seguindo rumo pro meu, tentando ir o mais rápido possível, por que eu juro, parecia que o Autentic ia matar alguém de tão tenso que ele tá lá.

Era estranho andar pelos corredores tão vazios, eu me sentia num filme de terror, só que sem nenhum assassino ou demônio, era só eu, e eu sozinho, mas não por muito tempo.

Ouvi passos apressados atrás de mim, e quando fui ver era o Jv, ele parecia muito irritado. Fiquei lá parado até ele passar por mim, o que me fez cair na real, então começei a ir atrás dele o mais rápido que pude.

- João! Espera aí! Tá tudo bem!?- disse já o alcançando, mas como eu sou sortudo é claro que ele foi mais rápido.

Jv- Felipe, eu não quero conversar agora, só me deixa em paz!- colocou as mãos sobre seus ombros e deu uma olhadinha pra trás.

- Tem alguma coisa haver como a Larrisa?- parei de ir atrás dele e apenas falei com a esperança que me escutasse, e pra minha surpresa ele parou e olhou pra mim com um olhar meio desolado.

Jv- Eu não sei mais o que eu faço com ela. Todo dia ela me manda mensagem, vem me procurar aqui sempre que tem chance, mesmo ela sabendo que não pode entrar aqui! Eu só não sei o que fazer...- disse bagunçando seus próprios cabelos. Ele não estava nada bem com essa situação, então como um bom amigo fui o abraçar tentando conforta-lo.

-Quer conversar melhor sobre isso? A gente pode ir lá pro meu quarto conversar- falei já sentindo ele me abraçando de volta.

Jv- Talvez mais tarde, valeu batatinha- disse bagunçando meus cabelos, assim fazendo fazerem minhas bochechas arderem um pouco - Mas o que você ta fazendo aqui? O seu quarto é quase do outro lado do prédio- soltou um leve risada e logo me soltou.

-Ah, é mesmo! Eu tava indo pro meu dormitório pegar um baralho pra jogar com uns amigos, eu tinha esquecido já- cocei minha nuca nervoso, já pensando no pessoal me esperando no quarto até agora- Se quiser pode vir comigo. A gente pode jogar, ai você se distrai um pouco.

Jv- É pode ser, só espero não ser um encomo pros seus amigo.

-Você? Um encomodo? A gente ta falando da mesma pessoa?- disse já começa a andar pelo corredor.

João deu uma risada ele logo veio atrás de mim com aquele sorriso estampado no rosto.

Foi até que bom ter saído do dormitório só pra pegar algumas cartas, se eu tivesse ficado quieto eu nem teria me encontrado com o Jotinha, fazia até que um tempinho que a gente não falava como ele se sentia. Desde que ele e a Larrisa terminaram ele tem se sentindo um pouco pra baixo, ele geralmente fala dessas coisas comigo, mas recentemente ele começou a ficar mais reservado, ficou feliz que ele finalmente descidiu falar um pouco comigo.


{...}


P.v Mike

Tinha passado um bom tempo desde que o Batista saiu, sinceramente eu acho que ele só desistiu ele ficou lá no quarto dele fazendo alguma coisa, eu sei lá.

Todo mundo já tinha desistido de esperar então a gente pegou alguns papeis e começamos a brincar de cidade dorme, ninguém não tinha mais ideia do que fazer e foi a primeira coisa que veio na nossa mente.

Malena- Beleza gente, eu sou deus! Posso começar?

Spok- Pode ir , docinho- disse escondendo seus papel entre as pernas.

-Vai em frente- peguei meu papel e o escondi no meio das minhas mãos, eu era o detetive.

Malena- Ok então, vamo nessa. Ciddade dorme!

Todos nós, menos o Ma, fecharam os olhos. Estavamos só esperando ele falar alguma coisa, até que ouvimos a portar abrindo.

????- Que que ta acontecendo aqui? Você tão bem?- a pessoa deu uma risada, só por essa gargalhada dava pra saber que era o Felipe.

A maioria de nós abrimos os olhos, Batista e João estavam lá na porta, ele finalmente tinha chegado com o baralho e agora faz muito sentido por que demorou tanto só pra pegar umas cartas.

Authentic- Finalmente! Achei que você tinha morrido no meio do caminho!- disse cruzando os braços fazendo uma cara emburada.

Malena- Bem na minha vez de ser deus- disse em um tom baixo se jogando no colo de Spok que começou a rir com a situação.

Cauê- Ta, bora logo. Da um espaço ai pra eles sentarem.

Eu que estava sentado na cama logo fui para traz do Pac me debruçar em seu ombro, assim dando um espaço pro Batista e pro João sentarem.

Vamos ter que passar um bom tempo trancados aqui, mais do que o normal, pelo menos estamos todos aqui juntos, espero que essa semana passe rápido.


Notas Finais


De novo eu demorei muito pra fazer um cap só, eu sempro acabo arrumando muita coisa pra fazer e isso mata minha criatividade de tantas idéias diferentes eu tenho que ter de uma vez só.
Desculpa mesmo por essa demora toda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...