1. Spirit Fanfics >
  2. Ódio pode virar Amor - Bellarke >
  3. Os Blake

História Ódio pode virar Amor - Bellarke - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


De novo um capítulo pequeno e de novo
I'm Sorry 😅

Capítulo 7 - Os Blake


Pov. Octávia

 

  Depois do Kane sair com a Clarke, eu fui para o banheiro feminino, e quando me olho no espelho vejo que os meus olhos estão cheios d'água, e com a barra da meu moletom eu enxugo.

 

  Eu não posso, em hipótese nenhuma, chorar.

 

  Eu não consigo acreditar que isso tá acontecendo, a tia Abby morreu? Eu sei que sim, e também sei que eu não posso fazer nada, e chorar não vai ajudar em nada.

 

  Eu sei que pode parecer algo meio humm.. exagerado, mas não é, eu sei que a maioria das pessoas diriam que devemos chorar, mas eu não concordo, é claro que se eu estivesse na situação da Clarke, eu teria chorado, e chorado muuuito!

 

  Sinceramente, eu não me lembro de quando eu passei a acreditar nisso, acho que foi quando minha mãe, Olívia, começou a trazer uns caras estranhos pra casa ( eu não disse que iria explicar? kk interrompi aqui, desculpas ).

 

  quando ela começou a trazer esses caras, não foi tipo, umas semanas depois da morte do meu pai, acho que foi quando eu tinha uns 11 anos, e o Bell tinha 13 ( pessoal, só pra explicar uma coisa, a Clarke vai fazer 18 no ano da fic, a O. entrou um ano mais cedo então ela fez 17 e o Bellamy fez 19. ).

 

  E apesar de que minha mãe geralmente trazia esses caras quando eu e o Bell, estávamos no colégio, as vezes eles iam de noite, e minha mãe pensava que estávamos dormindo, mas eu e Bell ficávamos conversando até umas 2:00 horas da manhã, isso aí, a gente dormia 22:00 e ficava conversando até umas 2:00, enfim nós estávamos conversando e nós dois ouvimos quando alguém bateu na porta e minha mãe foi atender, claro que não dava pra ouvir o que eles estavam fazendo, mas o Bellamy tinha 13 e ele já tinha sacado na primeira vez que isso aconteceu, até hoje eu e ele nunca contamos que já sabíamos disso a 

muito tempo.

 

 Mas também é óbvio que ela não esconde mais, só que pelo menos vem com pouca frequência, e eu realmente espero que minha mãe pare com isso, e que ela encontre um homem que realmente preste.

 

   Eu saio do banheiro e quando estou indo para a sala eu encontro o Bellamy no corredor, mas eu não tô com cabeça pra explicar qualquer porra.

 

  Ele passa e dá um sorriso, e eu simplesmente contínuo meu caminho e ele pega na minha mão e eu viro pra ele.

 

  O que foi?? - Ele solta minha mão - Teve outra briga? Por que pela sua cara de bunda ( KKK cara de bunda kkkkkkkkkk ), alguma coisa aconteceu.

 

 Affs - Eu reviro os olhos - Vai se fuder, tá Bellamy?

 

  Agora você só confirmou que algo aconteceu - Ela ergue uma sobrancelha - Qualé O. somos irmãos, a gente não conta tudo um pro outro? Lembra? Juramento de irmãos?

 

  Esse "juramento" quebrou no momento em que você não tinha me contado que comeu a Harper - Eu começo a andar e ele fica na minha frente - É sério isso, Blake?

 

  Sim O. - Ele passa as mãos no cabelo - Olha eu já pedi desculpas pela Harper, mas o que aconteceu?

 

  Quer saber? - Eu começo a prender meu cabelo em um rabo de cavalo - Você não merece saber!

 

  E eu corro pra minha sala.

 

  Pov. Bellamy

 

  Coisa boa é que não aconteceu, sei que não é briga, por que geralmente ela parte pra cima, então o que aconteceu?

 

  Não foi qualquer besteirinha, A Octávia pode só ter 17, mas ela é madura, bom na maioria do tempo é!

 

   Eu vou pra minha sala, e passo pela enfermaria ( gente é sempre o caminho que ele faz ) e eu olho pelo vidro, como de costume, só que eu levo um susto e uma onda de preocupação vem em mim quando vejo a Clarke desmaiada na maca, e com aparelhos ligados a ela.

 

  E no mesmo momento eu entro lá.

 

  Desculpe, mas você não pode entrar aqui - Uma mulher fala.

 

  Olha eu sei que não - Eu passo as mãos no meu cabelo - Mas a Clarke é minha amiga, e eu vi ela aí e por favor, me deixa vê-la - Eu suplico e ela me olha com pena.

 

  Eu realmente gostaria de poder te deixar entrar - Ela suspira - Mas eu não posso.

 

  Então - Eu falo - Pelo menos me conta o que aconteceu com ela?

 

  Ela demora um pouco pra responder e aí eu me toco: A Octávia estava irritada aquela hora por causa da Clarke, só não sei por que ela não me contou nada.

 

  Ok - Ela cede - Parece que os pais dela sofreram um acidente e a mãe morreu e só o pai sobreviveu, e aí acho que ela teve um ataque de Pânico, mas não tenho certeza, foi isso, agora saia daqui.

 

  E eu saio.

 

  Como assim? A Abby morreu!

 

  Coitada da Clarke, ela perdeu a mãe, agora sim eu entendo porque a O. não me contou nada.

 

  Eu paro de pensar sobre isso quando eu chego na porta da minha sala, e eu entro.


Notas Finais


Espero que tenham gostado
E gente ultimamente eu tô com bloqueio de criatividade, então se tiverem ideias, poooor favooooor comentem ideias
😕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...