História Ódio X Desejo - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Arthur Aguiar, Chay Suede, Lua Blanco, Melanie "Mel" Fronckowiak, Micael Borges, Sophia Abrahão
Personagens Arthur Aguiar, Chay Suede, Lua Blanco, Melanie Fronckowiak, Micael Borges, Personagens Originais, Sophia Abrahão
Tags Chamel, Luar, Somic
Visualizações 28
Palavras 695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♡

Capítulo 18 - Preciso muito de você


Fanfic / Fanfiction Ódio X Desejo - Capítulo 18 - Preciso muito de você

P.O.V Mel

O que será que a Sophia quer comigo? Nunca  conversamos direto só um "oi" e "tchau". Fui até ela com o coração na mão, será que ela descobriu que eu e o Suede já ficamos? Calma Melanie, não deve ser nada de mais( espero)

- Sophia. - cutuquei ela e ela se virou 

Sophia: - Oi Mel

- O que você quer comigo?. - fui direta 

Sophia: - Eu... queria... sa... - ela tava gaguejando e a Lua fui mais rápida e perguntou:

Lua: - O que tá rolando entre você e o Chay?. - meu Deus! O que eu falo?

Sophia: - Lua! Eu ia falar 

Lua: - Você ficou gaguejando. - se virou pra mim. - e então Mel, o que tá rolando entre você e o Chay?

- Nada 

Sophia: - Nada? Então por que ele te defendeu do Binho e por que ele bateu nele?. - agora isso virou um interrogatório?

- Não sei, pergunta pra ele 

Sophia: - A não! Anda, conta tudo. Tá tendo um rolo entre vocês né? Já percebemos o jeito que o Chay olha pra você 

- Gente, eu o Chay nos odiamos. Não temos nada e outra eu quero é distância dele 

Lua: - Hum, então  por que você veio na festa dele? 

- Por que... por que... - droga! Por que eu tinha que gaguejar?

Sophia: - Viu, até gaguejou. - começou a rir 

- Eu vim por causa da Pilar. - pelo menos consegui me justificar pra elas. - mas por que dessa conversa? 

Lua: - Por que a gente queria saber Mel, só isso

- Hum, agora vocês sabem que não está rolando nada entre a gente 

Óbvio que eu menti gente ou vocês acham que ia falar " Eu e o Suede as vezes a gente fica e a gente já transou" NUNCA que eu ia falar! Por mim ninguém já mas saberá 

Sophia: - Vamos dançar 

- Que?

Ela pegou no meu braço me arrastando para mini pista de dança que tinha ali e pronto! Agora eu soltei a verdadeira Melanie e dançava que nem doida com a Sophia, a gente ria muito. A Lua tava beijando o Arthur e o Mika sentado bebendo sua cerveja e o Suede? Aquele deve estar comendo alguma vadiazinha por aí 

Sophia: - Mel, você... não sei como dizer 

- Oxi, falando Sophia 

Sophia: - É que você não pode acreditar mas eu gosto de você e queria saber se podemos ser amigas ou colegas?. - ela deu um sorriso lindo 

- Claro que podemos ser amigas 

Sophia: - Oba! Amigas!. - ela me deu um abraço  e eu abracei de volta, esse foi o melhor abraço mais verdadeiro que recebi de alguém, acho que perceberam que estou dramática hoje, ficamos um tempo dançando até que me deu sede 

- Sophia, vou pegar alho pra beber 

Sophia: - Vai lá, vou aproveitar meu namorado um pouquinho 

- Vai lá. - fui até a cozinha e não tinha ninguém lá GRAÇAS A DEUS! Precisava respirar um pouco, peguei um copo de água gelada e eu sei que estou em uma festa que pessoas normais beberia cerveja, mas hoje não tava afim de beber cerveja. Me encostei e fiquei bebendo a água, terminei e me virei pra por o copo na pia e sento alguém me abraçar por trás e só pelo toque me fez arrepiar. - o que você quer?

Chay: - Você

Sabia que era o Chay e quando ele falou isso senti minhas pernas ficarem bambas 

- O que vai fazer? Vai pegar a chave do carro do meu pai?

Chay: - Não sou criança que nem você, Fronckowiak 

- Claro que é, você nem saiu das fraldas ainda. - ele ainda me abraçava por trás e falava no pé do meu ouvido me deixando mais arrepiada. - anda, faz logo essa sua vingancinha Suede e me deixa em paz 

Chay: - Você acha que é assim Fronckowiak?

- Assim como Suede?

Chay: - Assim, preciso me divertir um pouco. - ele falou e senti seus lábios quentes e macios passar pelo meu pescoço 

- Sai. - tentei empurrar ele, mas ele pegou no meu braço e me virou pra ele e falou:

Chay: - Vem comigo 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...