1. Spirit Fanfics >
  2. OEI Adventures >
  3. Como irmãos

História OEI Adventures - Capítulo 1


Escrita por: e Rianh


Notas do Autor


Hello pessoas!
Assim, um pouquinho atrasado, mais saiu kkk
Espero que vocês gostem do capítulo.
Nessa história eu pretendo fazer capítulos neste estilo: sem continuações e acho que a maioria eu conseguirei fazer assim.
Outra coisa pra vocês saberem é que eu meio que vou colocar alguns "spoilers", continuações ou explicações de capítulos aqui.
Como assim, Some?
Eu vou colocar elementos que irão completar as histórias que eu pretendo fazer do universo da Luna e da OEI, em si.
Ah! Só mais uma coisinha antes de começarem a ler.
Esse capítulo se passa ao mesmo tempo que o Reviravoltas do Passado, só para vocês se situarem kkk

Então, sem mais blábláblá

Boa leitura!

Capítulo 1 - Como irmãos


{Ilha da OEI}

- Alex!

A voz feminina chamou pelo garoto, não recebendo resposta, falou novamente. 

- Alex!?

O garoto nem se mexeu.

- ALEX!

Ela gritou, mas tudo que recebeu em resposta foi uma sobrancelha arqueada, o que durou apenas alguns segundos.

A menina, já irritada com a situação e decidida a não se dar por vencida, começou a andar ao redor da cadeira, chamando o garoto incansavelmente.

- Alex! Alex! Alex! Alex! Alex! Alex! Alex! Alex! Alex! Alex…

A menina foi cortada pelo mais velho que finalmente havia dado sinal de vida.

- Ah Luna! Para de me encher. Que saco!

Ele disse bravo com a menina que, agora, estava parada de frente para ele. Os olhos azuis de Alex estavam concentrados na tela do game portátil que havia ganhado de seus pais, por ocasião de seu aniversário.

- Você disse que iria brincar comigo.

A menina cruzou os braços esperando uma resposta do amigo, este ainda estava com os olhos focados no jogo.

- E eu vou! Daqui a pouco.

- Você disse isso há duas horas! Duas horas, está me ouvindo?!

- Eu já vou Luna, só vou passar essa fase. Você precisa exercitar sua paciência.

- Você precisa exercitar sua paciência.

Luna repetiu com uma voz mais fina em um tom debochado ao se sentar na cama, apoiando a cabeça em uma de suas mãos, que por sua vez estavam apoiadas nas pernas e depois bufou.

O garoto continuou a jogar, sem mostrar qualquer indiferença para com a insatisfação da amiga que o olhava e imaginava uma forma de tirá-lo da frente do game.

Enfim, teve uma ideia.

Se levantou e  contornou a cadeira onde Alex estava, ficando de costas para o mesmo.

- Você não vai brincar comigo?

- Eu já disse que só mais tarde.

- Então tá, acho que vai ter que ser do jeito difícil então. Lembre-se foi você quem pediu.

A garota pulou por cima das costas do moreno tomando de suas mãos o game. O garoto assustado acabou caindo da cadeira. Ainda no chão viu a amiga apoiada no portal com um sorriso nos lábios e segurando o game em uma das mãos.

- Vamos brincar de pique-pega, tá com você!

Luna disse e em um segundo se pôs a correr, saindo do quarto e entrando no longo corredor.

- AHH! LUNA VOCÊ ME PAGA!- Alex gritou enquanto se levantava e começava a correr atrás da garota

O adolescente de 15 anos recém completados perseguia a garotinha de 9 pelos corredores dos dormitórios e, qualquer um que presenciasse a cena poderia afirmar, com certeza, que a mais nova levava a melhor.

Saindo do prédio dos dormitórios, eles passaram pelo pequeno gramado e então entraram na ala sul do prédio principal da OEI. 

Eles continuaram a correr, mas agora, se desviando dos agentes que estavam nos corredores e que os olhavam com repreensão e de alguns robôs também, estes cuidavam da limpeza.

- Luna! Me devolva. - o garoto disse já cansado.

- Vem pegar!- a garota disse rindo da cara do amigo.

Eles então atravessaram a praça de alimentação e Luna foi para a ala oeste, seguida por Alex.

- Alex, você disse que eu tinha que exercitar minha paciência, você tem que exercitar suas pernas. - a menina gargalhou enquanto olhava para trás e via a cara brava do amigo. 

- Hahaha! - ele disse com ironia- Muito engraçada. Volte aqui.

Eles já chegavam no final do corredor principal.

Foi então que Alex teve uma ideia.

Ao invés de continuar correndo atrás de Luna, ele se atirou no chão, fazendo todo um teatro.

- Ai! Ai! Ai! - ele estava deitado no corredor e segurava uma de suas pernas, seu semblante demonstrava dor.

- Alex! - Luna gritou ao olhar para trás e ver seu amigo caído.

Ela correu até o menino que ainda fingia estar machucado e quanto mais Luna se aproximava, mais ele aumentava a expressão de dor do rosto.

- Oh não! Alex você está bem? - Luna disse se atirando de joelhos ao lado do garoto.

Em um movimento rápido, Alex se virou para Luna e puxou o game de suas mãos.

- Ahha! - ele disse.

A garota agora estava com um rosto surpreso, ele havia a enganado e ela tinha caído como um patinho.

Pelo contrário, o rosto que há alguns segundos atrás demonstrava dor, agora era pequeno para conter as gargalhadas. 

- Chato! - Luna disse cruzando os braços e se sentando ao lado do amigo que rolava de tanto rir.

- Você tinha que ter visto a sua cara! - ele disse, após alguns segundos, tentando recuperar o fôlego e limpando uma lágrima de alegria que havia se formado, enquanto se levantava.

- Eu fiquei preocupada! - Luna falou enquanto se levantava também, sendo ajudada por Alex.

- Eu achei que esse era o meu trabalho! - ele voltou a rir.

- Hahaha, engraçadinho. - ela fez uma careta, o que arrancou mais risadas do mais velho.

- Ei! - ele a chamou, depois de se recuperar de novo das risadas. - Eu estou bem e não aconteceu nada comigo além de uma dor na barriga de tanto rir.

- Eu me preocupo com você, Alex. Você é como um irmão para mim. Eu não quero que você se machuque, ainda mais por minha culpa. - ela disse olhando para o chão e com um semblante sério, parecia pensar em alguma coisa.

Alex havia se surpreendido, a amiga nunca tinha se aberto tanto assim, SOBRE NADA.

- Own, eu também te considero como minha irmãzinha. - ele falou com um sorriso a abraçando. - E não se preocupe, não vai acontecer nada comigo, eu ainda tenho que te tirar de muita enrascada! - ele disse bagunçando a franja da garota que sorriu.

Eles apertaram o abraço e então se separaram.

- Agora, em uma coisa você estava certa, eu realmente preciso exercitar as minhas pernas. Você quer treinar?

- Só se for agora. - ela riu.

- Corrida até a academia?

- Se prepare para perder. - ela disse correndo pelo corredor sendo seguida por Alex.

Aqueles dois ainda estariam juntos por muito tempo, pode apostar nisso.



Notas Finais


Vou contar para vocês, o mais difícil nisso tudo é colocar o travessão kkkk
Mas e aí, o que acharam?
Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...