História OFFICE - STEREK - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite! Mais um capítulo disponível! Obrigado a todos que estão acompanhando 😘😘

Capítulo 9 - Parte 9


Fanfic / Fanfiction OFFICE - STEREK - Capítulo 9 - Parte 9

- Você está muito quieto. - Ele sorriu seu jeito. 
- Sério? É que estou um pouco cansado. - Disse voltando minha atenção para o prato que estava a minha frente. 
- Você tem trabalhado muito desde que foi pra Hale. 
- Sim. - Concordei. - Mas está valendo a pena. 
- Será? - Perguntou ele. - Talvez deva prezar pela sua saúde mental e física. O que adianta trabalhar em um lugar tão renomado e se sentir tão desgastado? 
- Mas não é pra tanto, eu estou bem. - Disse querendo encerrar o assunto. 
- Certo. - Ele concordou. 
Parrish ficou em silêncio durante um tempo mexendo em seu prato. Era nítido que ele estava pensando em algo. Dava pra ver as engrenagens girando em sua cabeça. 
- É que... - Começou ele. - Eu estou me esforçando pra te agradar. Te trouxe em um dos meus restaurantes preferidos... 
- Parrish... O problema não é você... 
- Você vai terminar comigo? 
- O que? - Perguntei confuso. 
- É que sempre quando a pessoa começa com essa frase significa que o término se aproxima. 
- Eu não vou terminar com você Parrish... Até porque você ainda aí me pediu em namoro. - Sorri. 
- Não seja por isso. 
Ele se levantou e logo depois se ajoelhou a minha frente. Todos que estavam nas mesas próximas pararam pra observar. Não acreditava que ele estava fazendo aquilo. 
- Parrish! - Disse numa mistura de grito e sussurro. 
- Stiles Stilinski... Você quer namorar comigo? 
- Sim! Sim! Sim! - Disse rapidamente rindo. - Agora sente aqui de uma vez. 
- Desculpe, devia ter preparado algo. 
- Está tudo bem. - Disse sorrindo. 
- Eu gosto de você Stiles. - Disse ele. - Desde a primeira vez que te vi no acampamento do Campus. 
- Espera... Pensei que tinha me visto apenas na primeira aula. 
- Na verdade eu menti. - Disse ele sorrindo. - Eu te vi uma semana antes. Mas acabei esquecendo sua fisionomia. Mas quando te vi na primeira aula um flash veio em minha mente e logo lembrei de você.
- Que fofo. - Disse com uma voz debochada. 
- E você? O que achou de mim a primeira vez que me viu? 
- Que você era um aluno. - Sorriu. 
- É, a minha cara não entrega que sou velho. 
- Você é tudo menos velho. 
- Obrigado pelo elogio. - Disse ele. 
- Mas é a verdade. 
Ficamos durante mais algum tempo no restaurante. Depois ele me levou até um parque que havia no centro de Chicago. Demos uma breve volta e logo depois ele já havia me levado de volta para o meu apartamento. Ele me deixou até a porta. Dei uma rápida olhada e vi que Derek não estava.
- Você quer entrar? 
- Claro. - Ele respondeu sorrindo. 
Não demorou muito para que estivéssemos trocando beijos na minha cama. Ele então tirou minha camiseta e começou a beijar e morder o meu peito. Dava pequenos gemidos. Ele colocou a mão em minha nuca e tentou me conduzir até o seu membro. Mas eu acabei recuando, pois não estava preparado. Mas Parrish fez força para que eu voltasse a posição que estava. 
- Parrish! 
- O que foi? Se fosse com Derek você iria gostar. 
- O que? 
- Foi mal Stiles foi apenas um lapso de raiva. 
- É melhor você ir Parrish. 
- Não fica com raiva de mim. - Disse ele com uma voz triste enquanto colocava a mão em meu ombro. 
- Eu não estou. - Disse. - Eu só quero ir dormir. 
- Tudo bem. - Disse ele. 
Parrish colocou sua camiseta um pouco relutante mas logo se dirigiu até a saída. Ao chegar ainda ficou um tempo olhando para mim. 
- Nos vemos amanhã? 
- Amanhã não vai dar. - Disse. - Preciso entregar um trabalho na segunda. Só tenho amanhã pra concluir. 
- Eu posso te ajudar se você quiser. 
- Parrish isso seria conflito de interesses. - Disse. - E não, obrigado. 
- Tudo bem. - Disse ele respirando fundo. - Até mais Stiles. 
Com isso ele saiu me deixando sozinho com meus pensamentos. Parrish pisou feio na bola dizendo aquilo sobre Derek. E ainda sobre querer me forçar a fazer algo que não estava afim. Será que se recusasse a oferta de Derek de ir para Nova York iria entrar em um relacionamento tóxico? 

 

 


Sim, eu estava cambaleando um pouco. Depois que Stiles saiu com seu namoradinho resolvi sair para beber alguma coisa. Parei em um pub universitário próximo ao prédio de Stiles. Algumas alunas começaram a se aproximar e puxar assunto. 
Paguei alguns drinks para elas. Mas quando percebi que a situação estava fugindo do controle inventei uma desculpa para as despistar e sai dali antes que fosse preso. 
Ainda parei em uma praça enquanto bebia uma cerveja e via os jovens saindo com seus amigos para as suas festas. Por um momento lembrei da minha época de faculdade. Naquela época tudo era mais fácil. Ainda tinha amigos. Eles não eram tão próximos. Mas a convivência diária me fazia gostar deles. Nada como o relacionamento frios dos colaboradores do escritório de Nova York. As vezes achava que trabalhava com robôs. Nunca dei a sorte de encontrar um Stiles por lá. Mas na verdade nunca iria encontrar pois ele é único. 
Por falar nele encontrei Jordan saindo do prédio enquanto me aproximava. Ele a princípio me ignorou mesmo tendo me visto. Mas de repente ele veio em minha direção com um olhar sério. 
- Eu estou de olho em você. 
- O que? - Perguntei confuso. 
- Você tá achando que vai conseguir o tirar de mim não é? 
- Você precisa se tratar... - Sorri passando por ele. 
- Eu estou te avisando Derek! 

 

 

 

Derek entrou quase depois da saída de Parrish. Ele me deu boa noite e foi até a geladeira. Estava sentado na poltrona com o meu notebook enquanto lia um artigo. 
- Precisamos ir no mercado amanhã. - Disse ele. 
- A é? - Perguntei rindo.
- Sim. - Disse ele ainda com a porta da geladeira aberta. - Não tem nada aqui. 
- Obrigado por externar minha condição de pobreza. 
- Vai dar tudo certo Sti. - Ele piscou para mim rindo. 
Também sorri para ele. Logo depois ele se sentou no braço da poltrona e jogou minhas pernas para cima das suas d começou a fazer uma leve massagem. 
- O que é isso agora? - Perguntei sorrindo. 
- Quero que você relaxe. 
- Tudo bem. - Sorri. 
Fiquei em silêncio enquanto sentia suas mãos por toda extensão das minhas pernas. Desde meus pés até minhas coxas. 
- Derek... - Comecei sem jeito. - Você tinha falado sobre conhecer algumas histórias do Parrish. 
- Sim. - Disse ele ainda com as mãos em minhas coxas. 
- Você pode me contar? 
- Posso. - Disse ele. - Mas não sei se são verdadeiras. Então pode ser Apenas pra que você fique com minhocas na cabeça. 
- Não tem problema. 
- Na época que estávamos no segundo ano da faculdade soube de umas histórias do ciúme doentio que ele tinha. Me contaram que ele acabou com um cara que estava dando em cima da sua namorada na época. 
- Nossa... O que será que esse cara fez pra ele ter feito isso? 
- Eu não sei. - Disse ele. - Seja lá o que foi, sua namorada da época não gostou e acabou terminando com ele. Poucos dias depois ela apareceu com o olho roxo. O boato que corria era que Jordan tinha feito aquilo. 
- Será que isso é verdade? - Perguntei incrédulo. 
- Não sei. - Disse ele. - Confesso que os garotos pegavam muito no pé dele, Porque a maioria dos alunos vinham de famílias ricas e importantes. Já ele vinha de uma família simples. Então essas histórias podem ser invenções pra sujar a imagem dele. 
- É pode ser... 
- Mas porque essa curiosidade? 
- É que ele fez uma coisa que eu não gostei. 
- O que ele fez? Pode me contar. - Disse ele rapidamente. 
- Não foi nada demais. - Me adiantei. 
- Sti se ele fizer algo sério com você não deixe de me avisar Ok? 
- Ok. 

 

 


Notas Finais


Até mais .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...