História "Oh Encre..." - Capítulo 30


Escrita por: e Yashi885

Postado
Categorias Undertale
Tags Cruzar, Encre, Errink, Fallacy, Gazelle, Jasper, Macabre, Suave, Vampire Verse
Visualizações 242
Palavras 838
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii perdoem a demora meus amores! Mas tá aqui o nosso tão esperado capítulo! Aproveitem!

Capítulo 30 - A solução.


Fanfic / Fanfiction "Oh Encre..." - Capítulo 30 - A solução.

Jasper POV's on

Jasper: Então é isso!

Disse fechando o livro que terminei de ler.

Suave: Isso o que mi lord?

Jasper: A maldição! A maldição que prende meu papai e a família dele, eu posso quebrá-la! Eu só tenho que ir a floresta na noite da lua sangrenta!

Suave: Mi lord, receio que seu pai não permitirá, faz poucos dias que conseguimos reconstruir o castelo, e aliás, a noite da lua sangrenta é hoje a meia noite e meia.

Jasper: ! Então eu tenho que preparar tudo agora!

Disse pulando da poltrona e correndo para fora da biblioteca.

Suave: ! M-Mas mi lord-

Eu abri as asas e voei pelos corredores ate meu quarto arrumando os materiais que eu precisava para quebrar a maldição. Quando estava colocando as coisas na mala meu pai entrou no quarto.

Jasper: ! Você poderia bater não é?

Fallacy: Jasper, coloque as suas coisas no lugar! Você não vai a lugar nenhum.

Jasper: ! M-Mas pai! Eu sei como quebrar a maldição de Flowerfell! Só precisamos impedir o ritual de ser completo! Aí o papai vai ficar livre junto com a família dele... E... Eu também.

Meu pai olhou o filho com preocupação.

Fallacy: Eu sei que você quer muito libertar ao seu papai, mas sair assim não adianta nada, entenda filho, eu não quero perder você.

Jasper: E não vai perder pai, vem comigo! Me ajude a acabar com o que tirou o papai da gente.

Ele olhou para o chão depois chegou perto de mim.

Fallacy: O que temos de fazer filhote?

Eu sorri pra ele.

Jasper: Só precisamos de uma flor dourada.

*Corta no tempo*

Narradora POV's on

Jasper e Fallacy voaram para fora do castelo seguindo as coordenadas de um livro que Jasper segurava.

Jasper: Aqui!

Ambos pousaram, e ao longe viram um grupo de pessoas juntas falando palavras de maldição, enquanto giravam em torno de uma árvore cheia de flores douradas, e cada uma brilhava com uma aurea dourada, como a áurea que envolvia Encre.

Fallacy: !... O que é isso?

Jasper: São as almas das famílias amaldiçoadas, temos que libertar-las, pai, você vai jogar a flor no fogo que está perto da árvore e eu a quebro.

Fallacy fechou a asa que cobria o filho.

Fallacy: Tá... E o que eu digo?

Jasper: Diga " Eu vos liberto da maldição" e o resto deixa comigo.

Fallacy: ... Ok... Tome cuidado.

Jasper sorriu.

Jasper: Você também pai.

Fallacy voou e Jasper começou a se aproximar sorrateiramente.

???: Malditos serão vocês para sempre!

Todos: Malditos! Malditos!

???: Pela morte de Barth serão malditos! Para sempre!

Todos: Para sem-

Fallacy joga a flor nas chamas, o fogo fica vermelho na mesma hora. Todos recuam um pouco, Fallacy pousa no meio deles com as asas abertas, muitos fogem.

Fallacy: Eu vos liberto da maldição! Eu vos liberto!

???: ! Não!

Jasper passa pela cabeça de Fallacy tão rápido quanto um jato, e com suas fortes asas ele parte o troco da árvore ao meio. Todas as flores caem e viram pó dourado ao contato no chão. A árvore quando entra em contato com o chão vira fumaça.

Todos: !!! Aahhhh​!

Eles correm e ninguém olha para trás, Jasper e Fallacy se entreolham e sorriram. O pó dourado que antes eram as flores giram em torno de Jasper e Fallacy, enquanto voam para cima.

Jasper: !... Oh!

Fallacy: ...

Fallacy apenas olhava para a nuvem dourada perplexo, até que quando a nuvem voava para longe caiu dela um anel caindo bem na mão de Fallacy.

Fallacy: !... Hãm?

O vampiro olha para o anel e vê nele as palavras " Para sempre seu Fallacy", aquele era o anel de noivado de Encre.

Jasper: ! Pai?

Fallacy fecha a mão e coloca no anel perto do peito.

Fallacy: Vamos para casa filhote...

Jasper e Fallacy abriram as asas e voaram para o palácio.

Suave: ! Mi lord! Você está bem?

Jasper e Suave se abraçaram.

Jasper: Sim eu estou bem..

*Três anos depois*

O vampiro coloca uma capa e vai em direção a vila onde seu noivo vivia, ao chegar lá teve a surpresa de ver que a casa antiga de Encre estava toda reformada, e pintada, um casal saiu da casa, parece que a casa havia sido vendida para aquele casal, que por sinal estavam esperando um bebê.

Apesar de estar um tanto desconfortável com a venda da antiga casa do amado, ele estava feliz que uma família nasceria ali.

Então ele foi até a feira é comprou algumas porções e frutas, quando ele se virou acabou se batendo em uma moça que estava visivelmente grávida.

???: Aí!

Fallacy: ! Me perdoe Senhorita! Eu não lhe vi.

???: ! Oh... Esta tudo bem?

???: ! Você se feriu Comyet?

Comyet: Não, eu estou bem querido.

Fallacy: ... Me perdoem eu não queria me bater com ela.

Fallacy olhou para eles e percebeu que eles eram o casal que viu saindo da casa antiga de Encre.

Fallacy: Err... Sou Fallacy.

Comyet: Sou Comyet, e ele é meu marido Charlie.

Charlie: Prazer.

Fallacy: o prazer é meu.

Fallacy ajudou ao casal a pegar as coisas que acabou caindo, então o casal agradecido convidou o vampiro a festa de batismo da criança quando ela nascesse, Fallacy aceitou, então eles foram para casa e levaram Fallacy também para que ele tomasse uma xícara de chá, que por conhecidência era de flores douradas.


Notas Finais


Uh! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...