História Oh, Mommy! (Hiatus) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Seohyun, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Girls' Generation, Hentai, Mommy, Sadomasoquismo, Taeny, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Visualizações 451
Palavras 580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Não sei o que é pior



-Eu te desculpo mas não teremos nada. Apenas amigos. -digo firme

-Tudo bem. -suspira

-Tenho que ir. -saio correndo a procura de Taeyeon

Acabo esbarrando em uma mulher quando vou bater na porta do escritório.

-Gomennasai. -digo baixo

-Olhe por onde anda idiota. -ela abre a porta do escritório de Taeyeon

Avisto a mais velha sentada em sua cadeira enquanto a mulher desconhecida por mim vai até ela e senta em seu colo.

Como ela tem coragem de me beijar daquela forma e já estar com outra minutos depois?

-Perdeu algo Tiffany? -Taeyeon sorrir de lado

-N-Não. -abaixo o olhar

-Feche a porta garota. -a mulher em seu colo diz ríspida

Bato com toda força que tenho naquele momento e vou para a estufa.

Eu e Taeyeon nos beijamos mas não foi um simples beijo, ela parecia estar necessitada de meus lábios, parecia ter matado a ansiedade de me tocar, parecia não aguentar mais. Parecia.

           POV JUNGKOOK ON

Ao andar em direção a minha casa, acabo esbarrando com um baixinho bundudo de cabelos platinados, gente que pedaço de mal caminho hein.

-Gomennasai. -falo ajudando o mesmo a levantar

-Tudo bem. Você se machucou? -o platinado diz

-Estou bem. Preciso ir. -passo ao seu lado

-Nos veremos denovo? -segura meu braço

-Quem sabe. -ando para minha casa

        POV JUNGKOOK OFF

Enquanto penso, Jimin aparece.

-Annyhaseyo! -diz animado

-Annyhaseyo. -me curvo

-Tenho uma GRANDE notícia para te dar. -senta ao meu lado

-Qual?

-Vamos para Seul. -bate palminhas

-O que vamos fazer lá? Ver meus pais? -digo animada

-Taeyeon não te contou?

-O que?

-Vai ter um jantar na casa dos pais dela e vocês vão. Vamos para Seul amanhã e começar o dia indo fazer uma geral em você. Vou te transformar em uma Kim Tiffany novinha. Ordem da chefe.

-Muita informação de uma vez. Kim Tiffany?

-Sim. Você tem uma nova história. Nasceu em Seul, é prima de Taeyeon, sua idade continua a mesma, seu sobrenome é Kim obviamente. O resto você vai saber ao decorrer do tempo. -Jimin

-Ok.

De qualquer modo tenho que aceitar mesmo.

-Mas me diz, porque está aqui? -Jimin diz confuso

-Nada. Eu apenas vim ficar sozinha, sempre gostei de flores e aqui é um ótimo lugar para pensar e descansar.

Uma parte é verdade, sempre gostei de flores.

-Ok então. Vou indo, preciso acertar uns detalhes da viajem com a sua "prima".-fez aspas com os dedos e foi embora

Deito minha cabeça em meus braços, amanhã é o meu aniversário, faço dezoito finalmente mas sei que não poderei sair daqui.

-Apenas um aniversário esquecido Tiffany, nada tem mais valor agora.-digo baixo

Com esses pensamentos acabo pegando no sono.

--------------------------------------------------------

Acordo assustada, quando foi que escureceu?

Ao entrar em casa, sinto minha barriga roncar indicando fome.

-Não jantei.

Fiz uma vitamina e quase morri ao ver a imagem de Taeyeon encostada no armário.

Eu nunca tinha reparado que ela é bonita, sério, nunca olho em seus olhos então quase não reparo.

-O que faz essa hora acordada? -abre a geladeira

-Acabei dormindo na estufa e não jantei.

Sério que estamos conversando? Tipo, sem nenhuma ofensa ou ordem?

-Hm. Fui no seu quarto te chamar mas não lhe encontrei. -bebe água

-Eu não iria jantar com você da mesma forma. -digo lavando o copo

Ela pega com força em meu braço e o copo escorrega.

-Você não aprende mesmo não é? Não devia falar desse jeito comigo garota. -ela me prensa na pia

-Então me ensina senhora. -sussurro perto de seus lábios




Notas Finais


Cadê os leitores fantasmas? ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...