História Oh, Noona! - HIATUS - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Incesto, Jeon Jungkook
Visualizações 173
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O capítulo está bem curto, mas é só porque meu pc ainda ta bugado e eu n podia deixar vocês sem capítulo :')

Sem falar que estou tentando fazer uma TwoShoot que já está com mais de 2.000 palavras, ent já já sai :3

Desculpa qualquer erro de português aa :')

----

Boa leitura ❤🙆🏻

Capítulo 5 - 04 - Um lámen mal compreendido


Fanfic / Fanfiction Oh, Noona! - HIATUS - Capítulo 5 - 04 - Um lámen mal compreendido

Ela foi embora e eu fiquei lá, parado, sem saber o que fazer, pensando na merda que eu fiz.

Desculpa, tá? Eu não me controlei. Não precisa ficar me julgando.

Eu desejo ela há tanto tempo e de formas tão mais "profundas", que esse beijo me serviu mais para me aliviar mesmo, tirar um pouco do desejo que eu tenho tanto. Se bem que estou com uma vontade enorme de beijar aqueles lábios novamente, sentir o calor da sua boca, aquele gosto doce e refrescante ao mesmo tempo.

Simplesmente viciante.

Simplesmente apaixonante.

Simplesmente Jeon Eun Bi.

Como eu estava sem nada pra fazer mesmo, decido ir para a casa de Taehyung, um amigo meu. Nem vou ligar, ele nunca está fazendo nada mesmo.

Pego minha bicicleta e vou em direção a casa dele. Ao chegar, toco a campainha e espero ele atender.

Ele abre a porta e me olha com um semblante confuso.

— O que você quer? - ele diz com uma voz rouca, como quem acabou de acordar — Você interrompeu meu sono, sabia? - é, ele tinha acabado de acordar.

— Desculpa, era uma emergência.

— Que merda você fez agora, Jeongguk?

— Me deixa entrar que eu te falo - ele suspira e abre uma brecha para que eu entre, logo ele passa para dentro também e fecha a porta.

— Vai me dizer o que é? - ele diz cruzando os braços enquanto eu sento em seu sofá

— Melhor você sentar - ele revira os olhos e se senta ao meu lado e eu suspiro — Então... você estava sabendo daquele lance que eu sentia pela Eun Bi, certo? - ele descruzou os braços e me olhou com decepção.

— Não me diga que você- eu o interrompi

— Me deixa terminar de contar? - ele revira os olhos e fica quieto — Obrigado. Bom, eu meio que... roubei um beijo dela - ele arregalou os olhos.

— Ficou maluco?! Você tem noção da merda que você fez?!

— Eu ainda não terminei.

— Tem mais?! - ele arregalou mais os olhos - se é que aquilo era possível.

— Sim, agora deixa eu falar.

— Vai logo.

— É que assim, meio que ela tava namorando... - ele bateu na própria testa me mostrando o quão burro eu fui — ...Com o Jimin - ele bateu mais umas cinco vezes na testa.

— Primeiro, como isso aconteceu? Segundo, você 'tá ligado que se ele descobrir você 'tá fodido, não é?

— Respondendo a primeira pergunta, foi o maldito impulso. Respondendo a segunda, sei e é por isso que eu vim pra cá.

— Eu vou ser obrigado a te dar esconderijo? - ele faz um cara indignada e eu assenti — Puta que pariu, nós estamos fodidos.

— Eu sei.

Fiquei mais um tempo lá assistindo um filme - bem ruim por sinal - com Taehyung e fui embora buscar umas roupas para ficar na casa de Taehyung e deixei um bilhete avisando minha mãe de onde estava.

Quando voltei encontrei Taehyung fazendo comida e fui atrás para me certificar de que ele não iria colocar fogo na cozinha.

— O que está fazendo? - digo me referindo a comida

— Lámen - ele diz simplista enquanto colocava o tempero na água recém colocada no fogo.

— Quer ajuda com alguma coisa?

— Pode ir cortando as cebolinhas e fica de olho na água. Eu vou comprar o presunto que eu não vi que tinham acabado.

— Okay. - puxo as mangas do meu moletom e e lavo minhas mãos.

Pego uma tábua, a cebolinha e uma faca. Posiciono a cebolinha e começo a cortar ela em pedaços pequenos, quando termino levanto a tampa da panela e vejo que a água já está fervendo, então coloco os macarrões instantâneos, já partidos ao meio nela e fecho novamente.

Procuro por uma panela pequena, mas opto por uma leiteira, encho ela de água e coloco para ferver também, pego dois ovos e quando a água já está começando a esquentar, os coloco lá dentro.

Abro a tampa da panela novamente e viro o macarrão, um tempo depois Taehyung chega com o presunto.

— Cheguei - ele disse e colocou a sacolinha com o pedaço de presunto na pia.

— Ainda bem, já está quase pronto.

Abro a sacolinha, pego o pedaço de presunto, o coloco na tábua e o corto em cubinhos, quando termino coloco junto com a cebolinha na panela e fecho.

— Você não vai colocar o ovo direto no macarrão? - Taehyung questiona

— Você vai ver, pequeno gafanhoto.

Pego um pote pequeno e quebro dois ovos, os mexo até ficarem em uma mistura homogênea e os jogo por cima do macarrão, mexendo até eles começarem a cozer.

Pego os outros dois ovos que estavam na leiteira e troco a água por uma água fria. Pego duas tigelas e despejo o macarrão com o caldo nas duas, descasco os ovos e os corto no meio, colocando duas metades em cada tigela.

— Pronto! Estou até orgulhoso de mim. - digo colocando a mão no peito, emocionado.

— Tá bom, cozinheiro, vamos comer logo. - ele pega as duas tigelas e leva para a mesa, enquanto eu pego os hashis e duas colheres.

Sentamos na mesa e encaramos o Lámen com um pouco de receio.

— Espero que esteja bom, até porque eu nem sei como fazer um lámen de verdade, fiz o que via minha mãe fazer. - Nesse momento Taehyung me olhou como se pedisse socorro, mas tentava disfarçar.

— Eu também espero que esteja bom. Esse presunto não foi nada barato.

— Então vamos descobrir logo.

— Vamos contar até três? - assinto - então vamos lá. 1... 2... Deus me ajude... 3!

Pegamos um pouco do macarrão e colocamos na boca. Olho para Taehyung e ele retribui o olhar. No fim os dois cuspiram o macarrão de volta para a tigela.

— Isso 'tá horrível! Não acredito que falhei fazendo isso de novo!

— Me lembre de nunca mais deixar você cozinhar pra mim, e vamos pedir pizza.

Taehyung pediu pizza e ficamos comendo e zoando o meu lámen até a hora de dormir. Taehyung arrumou o sofá pra mim enquanto eu tomava banho, quando voltei vi que ele já tinha ido dormir, então resolvi fazer o mesmo.

Me deitei no sofá e dormi na hora por tamanho sono.

CONTINUA...


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo :3

Não sei direito como fazer lámen, então deve ter ficado bem zoado, DESCULPA, TÁ? EU SEI QUE SOU INÚTIL q

Já viram Dance The Night Away?

---

Beijinhos da Titia Soya 💜😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...