1. Spirit Fanfics >
  2. Oh yes,ops!okay!Dad!(dy) (Jungkook) -Incesto- >
  3. Capítulo 17 - Dad(dy) hurt me

História Oh yes,ops!okay!Dad!(dy) (Jungkook) -Incesto- - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Genteeeee cap novoooo com muitas emoções 💜💕💜💕💜💕boa leitura

Capítulo 19 - Capítulo 17 - Dad(dy) hurt me


Fanfic / Fanfiction Oh yes,ops!okay!Dad!(dy) (Jungkook) -Incesto- - Capítulo 19 - Capítulo 17 - Dad(dy) hurt me

━━━━━━━━━━※━━━━━━━━━━


No capítulo anteior


Arregalei os olhos também na medida que a realidade me atingiu e antes que ele abrisse a boca para dizer algo sobre o beijo


Fechei a porta em sua cara em um estrondo,me virei me encostando na porta deslizando até o chão


Meu deus,eu beijei papai!


━━━━━━━━━━※━━━━━━━━━━


Continuação



Mariana *OFF*

Jungkook*ON*


Estava lançado e estirado em minha cama, encarando o teto e pensando em todo o ciúme que eu tinha, não era normal, e ainda por cima ciúmes de minha filha desde quando isso começou? 


Meu celular vibrou me assustando, Mas não tanto quanto a mensagem da própria Mariana


Levantei quase tropeçando quase caindo de cara no chão, Abri a porta do quarto saindo todo desajeitado e novamente quase tropeçando nas minhas sandálias 


Cheguei em sua porta dando batidas afoitas, muito preocupado e quando ela abriu a encarei procurando de primeira algum machucado mas ela estava perfeita...parecia aquele tipo de boneca francesa agora


— E então?O que houve? — Perguntei preocupado vendo seus olhos lunáticos e fixos em mim 


Ela não me disse uma palavra sequer, mas se lançou em mim colando nossos lábios. E como aquela sua boca era macia e doce eu encarava seus olhos fechados ela estava aproveitando eu por outro lado também estava mas estava surpreso


Eu queria deslizar minha língua para dentro daquela boquinha tão linda,aquela boquinha que era totalmente responsável por tanta coisa desaforada


Mas ela me largou com um gostinho de quero mais, eu queria...mas era minha filha e agora não sei o que fazer


Ela parecia chocada,seus olhos estavam arregalados , ela se mantinha em choque 


Entrou para dentro de seu quarto fechando a porta em minha cara, não havia entendido nada do que tinha se passado aqui mas devo dizer que foi a melhor confusão pela qual ja passei 


Toquei meus lábios deixando um sorriso escapar...que errado


Jungkook *OFF*

Mariana *ON* 


Eu dormi com demasiado medo das consequências do beijo, mas sendo sincera eu não me arrependo de nada só que eu sabia que era errado e que eu iria ao inferno! Tanto faz…


Acordei no outro dia com batidas na porta, me levantei coçando os olhos, abrindo a porta e era vovó


— Querida!Vamos se arrume vamos tomar café — Ela diz animada recebendo em resposta um bocejo sonolento


— Está bem vovó, eu desço até a área de alimentação okay?— Sorri meiga tocando seus cabelos grisalhos 


— Tudo bem minha querida estamos lhe esperando, vamos fazer um tour também hum?vista uma roupa confortável e calçados para caminhar — Me alertou saindo animada pelo grande corredor, só faltava saltitar 


Fechei a porta respirando fundo,teria que o encarar de um jeito ou de outro e aceitar que fiz besteira 


Tomei banho, me perfumei,vesti uma roupa para a ocasião e amarrei os cabelos descendo as escadas enormes do hotel eu usava um vestidinho e um sobretudo claro com meias compridas e um coturno pois o clima era frio.


Quando cheguei não sei porquê me encararam tão "encantados" 


— B-Bom dia — Sorri me sentando


— Definitivamente minha neta tem um estilo único e lindo — Vovô elogiou-me recebendo concordância 


— Obrigada vovô querido ai ai — Apertei suas bochechas carinhosa


— Bom dia, dormiu bem? — Hyeon me perguntou 


— Dormi mais ou menos titio — Sorri desconcertada


— Por que não dormiu bem filhinha? — Ouvi Jungkook dizer próximo a meu ouvido e me virei corada o encarando


-P-Por que...fiz algo — Sussurrei abaixando a cabeça


— Não se preocupe tenho certeza que o que fez foi ótimo — Ele diz baixinho perto de mim me provocando


Me afastei sem jeito, que bobo!


— Estão com segredinhos? — Hyeon perguntou 


— Claro, temos segredos somos pai e filha — Jungkook respondeu petulante


— Tem segredos é?Hmmm entendi...— Hyeon diz desconfiado 


Tivemos nosso café da manhã,eu como sempre me encolhendo toda envergonhada toda vez que Jungkook ponhava aqueles olhos em cima de mim como um predador, só eu sabia


Falavam animados de uma espécie de festa que haveria hoje, bem eu iria definitivamente


Depois disso seguimos caminho a nossa "expedição" andamos decidimos visitar, oshino hakkai uma vila bem bonita que havia por perto


— Nossa, aqui é lindo — Sorri na entrada da vila, encantada meus olhos estavam repletos de fascinação 


— Lindo é pouco, existe um lugar que gostaria de ir com você — Papai diz a meu lado 


Me virei para ele sorrindo pronta para iniciar um bom papo. Mas como sempre nada é perfeito


— Amooooorrr vamos ver o laguinho? — Eun brotou o puxando pelo braço 


Ele sumiu de vista em meio as outras pessoas

Apenas fiquei desapontada


— Gostaria de andar e conversar um pouco? — Hyeon se aproximou tocando meus ombros


— M-Mas e vovó e vovô? — Perguntei preocupada 


— Eles foram ver os artesanatos locais — Ele me responde, eu vasculhei o local tentando os achar. Mas realmente sumiram


— Oh então tudo bem eu aceito, já que Jungkook bem... esquece — Murchei sorrindo tristinha 


Iniciamos nossa caminhada estávamos em. Uma floresta local , ele fazia palhaçadas conseguindo de mim risos ele me animou 


— Vou perguntar uma coisa, notei que está tendo uma relação boa com seu pai, claro eu não quero causar nenhum mal estar, mas sabe qual o real motivo de estar aqui? — Hyeon perguntou me fazendo parar no meio daquelas árvores 


— Estou aqui pois papai teve problemas com a justiça, mas ultimamente talvez ele tenha gostado de mim como filha — Deixei um sorriso doce escapar com esse pensamento 


— Na verdade não...— O ouvi,o encarei confusa


— Como? — Perguntei cerrando a sobrancelha 


Encarei de longe uma silhueta junta a outra, Era Jungkook puxando Eun á pondo contra uma das árvores, senti meu estômago revirar-se 


— Na verdade nosso pai disse que se ele não fosse um pai de verdade a você, ele seria deserdado e perderia a herança, por isso está aqui — Hyeon explicou-me


Fiquei com tontura no mesmo momento, os olhos embaçados, fui atingida por uma onda de sensações ruins eu queria gritar aos céus de raiva,tristeza...eu pensei que estava começando a ter afeto mas não! Ele agia daquele jeito por dinheiro!?


— E-Então é por isso? — Sussurrei 


Deixei lágrimas caírem, ele era falso..eu não acredito nisso meu coração se preencheu em uma dor aguda eu estava estupefata e magoada 


Desviei os olhos de Hyeon encarando o lugar aonde aquele crápula se encontrava porém ele e sua mulherzinha já andavam até nós, ele marcado de batom


— Por que fez isso papai? — Perguntei sem forças vendo o sorriso dele desaparecer gradativamente 


Neguei decepcionada, dei as costas me poondo a correr ouvindo seus gritos adornando meu nome 


Meu coração estava despedaçado, que tragédia.


Continua...



Um para o dinheiro, dois para o show

Amo você, querido, estou pronta, estou pronta para ir

Como você se tornou dessa maneira? Eu não sei

Você é fodido, e brilhante

Parece um homem de um milhão de dólares

Então por que meu coração está quebrado?

Você tem esse mundo, mas, querido, a que preço?

Algo tão estranho, difícil de definir

Não é assim tão difícil, garoto, gostar ou até mesmo amar você

Eu o seguirei para baixo, baixo, baixo

Você é inacreditável

Se você está ficando louco, apenas me agarre e me leve


Notas Finais


O hot esta mais próximo do que imaginam 🤣💜 e tadinha da Mariiii!! Ain q dor no core!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...