História Ohh,My Daddy-Jeon Jungkook. (Incesto) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jungkook
Visualizações 1.725
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Twenty four


Fanfic / Fanfiction Ohh,My Daddy-Jeon Jungkook. (Incesto) - Capítulo 27 - Twenty four

-mas você não vai mesmo,de jeito nenhum!!-diz severo.


-como assim?? você escutou que é uma bolsa de 100%??-meu tom muda.

-olha…-respiro fundo.-depois conversamos sobre isso,ok??-diz num tom calmo.

Concordo com a cabeça e feito eu seu peito,pouco a pouco sentindo o sono chegar e finalmente me entrego a ele.

[…]

::Meses depois::

A formatura já havia acontecido, finalmente estava livre,eu e Jimin estávamos finalmente livres do ensino médio, agora,temos que nos preocupar com a faculdade.

Quer dizer ele,eu resolvo que vou para os Estados unidos, ninguém vai me impedir.

Minha mãe me apoiou,Jimin me apoiou, porém Jungkook ficou irritado, não sei o motivo,mas ficou irritado.

Não sei o que há de errado em estudar fora e ter um ensino melhor.

Tinha apenas uma semana para ficar com eles,tinha que aproveitar até o último segundo.

Visitei minha mãe,eu e Jimin saímos para nós divertir,e tentei não tocar no assunto com o Jungkook,ou seja,com ele tudo ocorreu normalmente.

Mas como tudo nessa vida,tudo passa,e chegou a véspera do dia em que eu ia para os EUA, basicamente foi um chororo na parte do Jimin e da minha mãe,mas me mantive firme pois sabia que ia voltar cedo ou tarde.

[…]

Estava arrumando a minha mala,colocando as minhas roupas,me preparando emocionalmente para sair da Coreia e viver outros ares nos Estados unidos.

Escuro três batidas na porta e olha na direção da mesma,vendo Jungkook com o semblante triste,no batente da porta.

-você vai mesmo para lá??-se aproxima.

Estávamos sozinhos em casa,Jimin foi procurar um emprego já que agora é maior de idade e porque Jungkook obrigou também.

-sim…-digo firme,voltando a dobrar minhas roupas na mala.

Escuro passos se aproximando de mim,olho para o lado e vejo Jungkook,ajoelhado me observando dobrar as roupas.

-você vai voltar, não é??-diz tristonho.

-vou sim!!-pego o seu rosto e dou uma beijo doce em sua testa.

Quando me deparo Jungkook estava chorando já,estava me segurando para não chorar também,mas tenho que ser forte.

-calma,eu não tô morrendo!!-digo brincando,para descontrair um pouco.

-desculpa…-enxuga as lágrimas.-promete não se esquecer de mim??promete??-concordo com a cabeça.

Jungkook parou de tentar me convencer depois que eu tomei a decisão de ir para os Estados unidos estudar.

Ele percebeu que não ia tirar isso da minha cabeça de jeito nenhum e aceitou a idéia, forçado,mas aceitou.

Agora ja era adulta,podia tomar as minhas decisões.

[…]

A última noite em casa foi a pior de todas,parecia um velório.

Jimin passava no meu quarto, chorava, Jungkook passava chorava,tava achando que já tinha morrido e não percebi.

Porém também estava com medo de ir para lá,por mais que eu estivesse sendo forte na frente de todo mundo,estava com medo de seguir esse rumo,sozinha.

Não pude deixar de conter as lágrimas antes de dormir,o medo era maior que a alegria,estava quase desistindo,mas não posso desistir assim em último momento.

[…]

Acordei cedo,já que meu vôo era cedo,e fui diretamente para o banheiro,tomar um banho e partir para a minha nova rotina.

Saio do banho e coloco uma roupa bem confortável já que irei ficar horas e horas em um avião,vou ter que me acostumar com isso,querendo ou não.

Após me trocar,pego a minha mala,que já estava um pouco pesada e vou até a sala, vendo Jungkook e Jimin sentados no sofá,tristes.

-calma meninos, não morri não!!-solto a mala e levantou os braços animada.

Eles dão um riso fraco e a frase ecoava pela minha cabeça:

"Será que eu estou fazendo o certo?"

Claro que eu estou,estou pensando no meu futuro,mais certo que isso impossível.

Os dois se levantam do sofá um pega a minha mala e o outro pega a minha bolsa de mão,me deixando totalmente livre,logo vamos para o carro.

Rumo ao aeroporto.

[…]

Chegamos no aeroporto e logo eu despacho a minha bagagem.

Quando estava indo em direção a sala de embarque,os meninos foram até o portão comigo.

Primeiro abraço Jimin,que me segura forte.

-me desculpa pelo o que eu fiz você sofrer esse ano,me perdoa por ser o pior meio-irmão do mundo!!-funga.

-ahh Jimin, águas passadas!!-digo segurando o choro.-vou sentir saudades!!-não aguento e uma lágrima desce em meu rosto.

Jimin se separa e logo Jungkook me abraça,mais forte ainda,sentindo o cheiro do meu cabelo e perfume.

-espero que não fique de gracinha com ninguém lá!!-diz rígido, porém sua voz de choro o dedurava.

-não irei!!-me desabo em lágrimas.

-eu te amo muito,vou sentir a sua falta!!-me alerta forte,logo me dando um selinho demorado.

-eu também!!-digo quando seus lábios se separam dos meus.

Logo o meu vôo e anunciado e sou obrigada a me separar dele.

-prometo que estarei te esperando,aí serei todinho seu!!-sorri com o sorriso de coelho.

-assim eu espero!!-toco em seu nariz o com indicador.

Logo dando as costas para os dois indo em direção ao portão de embarque,antes de entrar me viro e aceno para eles.

Os mesmos retribuem com um sorriso tristonho no rosto,mas é necessário.

"Até daqui a 4 anos!!"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...