História Oi, Eu sou o MoriMura - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Matheus MoriMura Jordão
Personagens Matheus MoriMura Jordão
Visualizações 131
Palavras 591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Nova casa


Fanfic / Fanfiction Oi, Eu sou o MoriMura - Capítulo 2 - Nova casa

Fui até ela com um olhar tedioso respirando fundo e levando nosso carrinho que haviam as malas com nossas roupas. O meu irmão me seguia confuso. A mãe não disse a ele o que estava acontecendo, o Lukas ao menos sabia que tinha um pai vivo. Aquela mulher andou com um sorriso mostrando seus lindos dentes para nós ainda com os filhos paralisados. Ela era bonita e parecia ser muito mais nova que meu pai , seus cabelos eram loiros meio encoracolados , seus olhos eram verdes bem nítidos e sua pele era bem branca. 

Assim que ela se aproximou de nós me abraçou involuntariamente , me apertando com tanta força que mal conseguia respirar e fez o mesmo com o meu irmão ainda com aquele sorriso bobo. Decide devolver. 

- Hi , como foi a viagem de vocês crianças? - Finalmente falou com a gente depois de um abraço apertado - Desculpa , não me apresentei...Eu sou a Kathy , esposa de seu pai - Estende a mão em minha direção

- Prazer , Matheus MoriMura e Lukas - Parei de sorri quando vi um homem vindo em nossa direção,  nosso pai - Humhum... - Limpo a garganta

- Vocês chegaram - Meu pai era um pouco mais alto que todos nós , seus olhos eram um pouco puxados que nem o meu , seus cabelos eram negros como os olhos. Era gorduchinho e seu rosto meio arredondado - Bem vindo


__________.•.•.•.•♡•.•.•.•__________


No carro estava silencioso , ninguém foi capaz de tocar em um assunto se quer. Até que o meu pai ligou o rádio para pelo menos corta o silêncio. Eu encostava a cabeça na porta olhando para o mar , estávamos passando por uma estrada de areia que tinha vista para o mar. De vez em quando eu via casas ou então pessoas em Jet ski ou barco. 

Ouvi o Lukas reclamar sobre seu sinal. Obviamente não tinha sinal naquele lugar , mas um motivo para odia-lo. Os meninos que estavam com a mulher do meu pai , não diziam nada e pareciam cochichar. Um dos dois é mais velho, o mais velho de todos tinha 23 e o outro 15. O de 23 anos se chama Max e o de 15 anos Mayckon. Pareciam bem próximos e assim como eu , meu pai e Lukas. Haviam características asiáticas. 

Quando chegamos a cidade era bem pequena, havia poucos moradores e as casas não haviam cercas. É impressionante como aquilo era muito diferente como no Brasil , que se a casa não tivesse muro ou cerca poderiam ser rapidamente roubados , finalmente chegamos em casa eu me impressionei pelo fato dela ser bem grande e em uma Vista maravilhosa em frente ao mar. Dando para fazer varias fotos impressionantes com minha nova câmera. Peguei minha mala e fui direto para o meu quarto assim que subi as escadas , o quarto era bem simples era pintada de azul marinho , uma cama de casal forrada com um lençol cinza , prateleiras brancas e bem arrumadas com alguns objetos , com uma estante de computador e um closet. Acho que minha mãe falou um pouco sobre mim já que eu vi um computador da Apple em cima da estante. Coloquei minhas malas perto da cama e desci as escadas com calma. 

- Viu seu novo computador? Sua mãe me contou sobre você - Sorrio , sabia que aquela senhora falou sobre mim para ele- Se quiser a senha do wi-fi está em um papel colado no guarda roupa. 

- Ah...Obrigado - Sorrio de lado



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...