1. Spirit Fanfics >
  2. Oi, Tio Namjoom... >
  3. Oi, Tio Namjoon...

História Oi, Tio Namjoom... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Corrigirei os erros depois. S2

Capítulo 1 - Oi, Tio Namjoon...


Fanfic / Fanfiction Oi, Tio Namjoom... - Capítulo 1 - Oi, Tio Namjoon...

2015.06.10

( Dia 10 de junho de 2015 )

A jovem estava tão ansiosa com a chegada do tio, que chega o seu estômago chegava a embrulhar de tanta ansiedade. Fazia 6 meses que não via o tio e aquilo estava a matando.

Não sabia ao certo como sobreviveu tanto tempo sem o seu "príncipe encantado" longe de si. Ela sentia isso desde os 14 anos de idade, seu tio, Namjoon, já era um homem adulto, formado e bem sucedido em sua carreira de empresário.

Ela era só uma adolescente apaixonada que fazia teorias de como conquistar o seu tio quando não tinha nada pra fazer. Colocou um short jeans curto, um cropped apertado que destacava bem seus seios e deixou o cabelo solto, junto com uma mecha colorida falsa no mesmo.

— Esse mês você vai conseguir pegar o seu príncipe, S/n... Confie em você e na sua beleza extrema... — Falou se olhando no espelho e logo tocou o mesmo, sorrindo. — Você é a garota mais bonita que eu conheço... — Sorriu pro seu reflexo e saiu no quarto descalça, descendo as escadas em direção a sala, iria fingir que estava apenas indo beber água, pois o seu tio estava na sala junto com os seus pais.

Quando chegou na metade ds escadas já pôde ouvir a voz grossa do seu tio. Ela soltou um suspiro bobo e apressou os passos, ao chegar na sala, fez cara de surpresa e foi até seu tio, sentando em seu colo e abraçando o mesmo.

— Tio Nam! Eu senti tanta a sua falta! — Os pais da garota e o tio dela sorriram com a tamanha empolgação da garota.

— Também senti sua falta, princesa! — Disse dando um beijo no topo da cabeça da garota.

— Ela estava tão ansiosa... Não parava de falar um segundo em você... — O Sr. Kim falou.

— Imagino, irmão... Essa garotinha aqui me ama... — Sorriu convencido e todos riram, menos S/n, que apenas apreciava o cheiro do homem que lhe acolhia em seu colo de um modo carinhoso.

É... Parece que depois de anos tentando conquistar o tio, dessa vez as chances estão melhores...

— Tio Nam, eu e você vamos sair nessas férias? — Perguntou assim que os pais se retiraram da sala.

— Sim... Vamos pra onde você quiser... — Disse e a garota fingiu um sorriso inocente, beijando a bochecha do mesmo. — Eu preciso descansar... Vou dormir um pouco... — Tirou a garota de seu colo delicadamente.

— Posso ir com você? — Namjoon sorriu sem graça e a garota apenas esperava a resposta atentamente.

— Princesa... Eu preciso descansar... — Coçou a nuca.

— Eu também... Daqui a pouco chega a hora do jantar... Deixa, Nam... Por favor! — Ele assentiu e ela festejou, abraçando ele novamente e beijando sua bochecha. Namjoon estranhou o ato, parecia íntimo demais.

— Tá... Eu vou tomar um banho... Quando eu terminar eu te chamo... — Afastou ela e subiu pro quarto onde ficaria durante as férias.

S/n sorriu vitoriosa, teria que se aproveitar de qualquer momento pra ficar junto dele, pois um mês não é tanto tempo assim...

Ela esperou um pouco e subiu pro quarto do tio, na esperança de que ele ainda estivesse no banho, para poder ver ele saindo do banheiro só de toalha.

É, a sorte estava ao seu favor, a porta do quarto estava destrancada, as malas de Namjoon sobre a cama e ele estava no banho, só se ouvia o barulho abafado da água caindo.

Ela se aproximou de uma das malas e pegou uma das camisas de Namjoon, tirando o seu cropped e vestindo a mesma. Foi até o espelho e analisou seu corpo de cima a baixo, sorrindo logo depois.

Notou que a enorme televisão em frente a cama estava ligada na netflix, provavelmente Namjoon pensava em assistir alguma coisa com a sobrinha.

Ela tirou as malas pesadas de cima da cama e se sentou na mesma, encostando as costas na cabeceira da cama e dobrando uma das pernas.

A camisa preta da Gucci ia até a metade de suas cochas, dando uma bela visão da perna bem alinhadas da garota.

Quando Namjoon saiu do banheiro apenas com uma toalha na cintura se assustou ao ver a garota alí. Ela apenas o olhou descaradamente de cima a baixo mordendo o lábio inferior.

— Você já está aqui... — Falou Namjoon, enxugando o cabelo com a toalha de rosto e meio sem graça, por ter notado o olhar da sobrinha sobre sí.

— Fiquei com saudades... — Falou e Namjoon riu, fazendo ela rir também.

— Eu vou me trocar... — Deu a volta pela cama e se agachou pra pegar um short, uma cueca box e uma blusa. Não pôde deixar de sorrir quando viu a sobrinha vestida com uma blusa sua. Ele foi até o closet e começou a se vestir, ainda pensando na sobrinha.

Ele saiu no closet já vestido e foi até o criado mudo, pegando o controle da TV e procurando um bom filme para menores de 16 anos.

— Eu posso assistir filmes adultos, tio... — Avisou e ele riu negando com a cabeça.

— Não comigo. — Avisou e colocou um desenho animado. Ele foi até a cama e se deitou do lado dela, ela logo se animou e deitou a cabeça no peitoral dele.

— Qual o nome desse filme?

— O grande urso... — Disse acariciando o cabelo da sobrinha.

— Eu te amo, Tio Nam...

(...)

S/n estava mais um vez em seu quarto, já faziam uma semana e ela não ganhara bem mesmo um beijo de Namjoon. Por outro lado, ela estava feliz, Namjoon estava realmente se segurando para não tocá-la e ela percebeu isso.

Namjoon tinha medo, mesmo que não tivessem o mesmo sangue, ela ainda era sua sobrinha... E uma menor de idade. Isso prejudicaria tanto Namjoon que ele ficava pensando nisso toda vez que percebia as provocações da sobrinha.

Mesmo que quisesse muito, Namjoon não faria isso, ele tinha medo de S/n ficar assustada ou alho do tipo... Ela era só uma adolescente com uma paixão platônica pelo Tio mais novo... Sim, ele sabia, digamos que S/n não sabia esconder certas coisas... E nem queria, ela queria mesmo era que ele soubesse o quanto ela o deseja...

S/n ouviu alguém andar pelo corredor em direção as escadas e se levantou da cama rapidamente, ajeitou a camisola de seda e soltou os cabelos, abrindo a porta e descendo as escadas também, foi até a sala e não viu ninguém, então foi até a cozinha, vendo Namjoon. Ela ajeitou o cabelo mais uma vez e foi até a geladeira.

— Está sem sono, Tio Namjoon? — Perguntou enquanto colocava leite em um copo, sendanro no balcão.

— Não... Eu só estava com fome. — Sorriu pequeno e tirou um pacote de biscoito e pegou uma caixinha de suco, sentando de frente pra S/n. A garota observava o tio comendo com uma excitação extrema. Fitava os lábios do homem a sua frente, se perguntando como alguém podia ser tão perfeito. Deixou um pouco de leite vazar pelo canto da boca e Namjoon corou com aquilo. — É... Sua boca...

— Ah sim... — Sorriu e passou a destra pelo canto na boca, logo limpando-a na toalhinha de mesa. Namjoon voltou a ficar na comida e S/n estava sem paciência.

" Ele é de ferro? Caramba! " pensava irritada.

— Tio... — Ele olhou pra ela e ela mordeu o lábio, lembrando do que ia falar. — Já transou com alguém menor de idade? — Ele tossiu e bebeu o suco de laranja, negando, com os olhos levemente arregalados.

Ela levantou do seu banco e subiu em cima do balcão, engatinhando até Namjoon e sentando a sua frente com as coxas bem amostra. Ele fitava as coxas da garota tentando desviar o olhar, porém ele entrou em uma grande briga com sua mentalidade.

— Tio Namjoon... — Ele suspirou ao sentir a mão da garota em seu rosto. Ele deixou se levar e levantou do banco, deixando o seu rosto próximo do da garota. — Eu te amo... — Ela disse e Namjoon apenas segurou a nuca da garota e selou ambos os lábios em um beijo delicado.

Ele começou a movimentar lentamente os lábios contra os da garota, em um beijo intenso agora. S/n entrelaçou as pernas na cintura de Namjoon e o puxou pra mais perto. Após o beijo, Namjoon baixou a cabeça enquanto S/n sorria bobamente.

— Durma comigo, Namjoon... — Falou separando os lábios em um beijo rápido, Namjoon pegou a barra da camisola e a tirou.

— Você é tão linda... — Disse em um sussurro.

(...)

2020.05.05

A mulher andava lentamente pela sala de seu apartamento, relembrando a noite com seu tio... Ela estava ansiosa, aninada e nervosa... Fazia 3 anos que não o via... Como ele iria reagir?

(...)

2020.05.08

— Então, como foi em Boston? — A secretaria pessoal do meu pai me perguntava querendo puxar assunto durante o percurso.

— Foi maravilhoso, Harvard é realmente a melhor faculdade e Boston é uma cidade incrível! — Falei sorrindo e quando as portas do elevador se abriram, nós seguimos pelo corredor.

— Essa é a sala do Sr. Kim... Até mais! — Acenei pra ela e bati na porta.

— Entre! — Ouvi a voz grossa de Namjoon e senti meu corpo arrepiar e um choque percorrer por todo o meu corpo. Abri a porta lentamente e fechei a mesma, Namjoon estava de cabeça baixa e assinava alguns papéis.

— Oi, Tio Namjoon...


Notas Finais


Comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...