1. Spirit Fanfics >
  2. O.J.V >
  3. V2

História O.J.V - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - V2


19:30AM

Eun-Hye ficou olhando para Jungkook incrédula ao ouvir o pedido do mesmo. colocou o bloco de notas sobre a mesa junto com a caneta e olhou para SeokJin com um pequeno sorriso no rosto.

- creio que deve saber que aqui é uma cafeteria. Nós servimos café, suco, refrigerante, cervejas, pães, bolos, biscoitos e cupcakes. Acho que não é tão desinformado pra não saber disso não é? - Os outros 6 garotos começaram a rir olhando para Jungkook.

Eun-Hye sempre dizia que o ruim de ser humana era exatamente isso. Todo ser que tivesse mais poder que um ser humano, achava que todo humano teria que cumprir as regras dele. Jungkook não era diferente, o garoto era um demônio além disso era muito rico.

- É assim que seus funcionários tratam os clientes Jin? - Falou Jungkook sorrindo de canto para a garota.

- Só sou assim com gente que se acha superior aos outros. Seu pedido será só um cupcake, certo já irei preparar.

Voltou para atrás do balcão dando de cara com Seulgi a olhando com um sorriso no rosto. Passou pela a garota e foi até a máquina começando a preparar os pedidos dos garotos.

- Acho que alguém está irritada. - Falou Seulgi ajudando a garota com os pedidos.

- Só estou cansada. - Falou terminando de preparar os pedidos levando até a mesa.

22:00PM

Após algumas horas os amigos de Jin foram embora junto a ele, Seulgi foi mais cedo pois ainda tinha que resolver algumas coisas. Eun-Hye ficou de fechar a cafeteria, terminou o que tinha que fazer, pegou as chaves do lugar, desligou algumas luzes e saiu do local trancando a porta.

Já era tarde não tinha ninguém na rua, Eun-Hye começou a caminhar até a estação de trem que era a três ruas a frente. Ouviu alguns passos atrás dela e se virou para ver se tinha alguém, não tinha ninguém. Assim que começou a andar novamente acabou esbarrando seu corpo com o de alguém.

- Devia ser mais atenta. - Eun-Hye olhou para cima vendo o rosto do garoto. Jeon Jungkook.

- Quem estava na minha frente era você. - Falou impaciente ajeitando a bolsa no ombro - Bom, tenho que ir. boa noite

Começou a andar novamente deixando o garoto para trás. Notou que o mesmo não parava de seguir e se virou fazendo com que o garoto se esbarrasse nela.

- Da pra parar de me seguir? - Falou a garota com os braços cruzados.

- Só estou tentando me desculpar com a senhorita. - Falou o garoto com um sorriso de lado.

- Só peça desculpas então, não precisa me seguir. - Falou desviando o olhar do garoto.

Jungkook soltou uma risada debochada pegando o braço da garota a puxando até o carro dele que estava ali na rua. A garota o olhou sem entender e saiu andando para longe do carro.

- Jin me pediu para que te levasse para casa, mandou eu pedir desculpas por aquele constrangimento na cafeteria. - Falou e a garota se virou sorrindo fraco.

- Você veio aqui por que o Jin mandou. Olha Jungkook continue seguindo sua vida, finja que isso não aconteceu. Não preciso da suas desculpas.

Eun-Hye voltou a andar. Após alguns minutos de caminhada chegou na estação pegou o trem e logo foi para casa.

                  Jeon Jungkook

Entrou no carro e deu partida para casa de show onde trabalhava. Entrou no local, e caminhou até sua sala onde estava Jin, Hoseok e Jimin sentados em um dos sofás. Colocou as chaves do carro sobre a mesa logo se sentando em sua cadeira.

- Como foi? - Falou Jin - Ela aceitou sua carona?

- Na verdade não, ela mandou eu seguir minha vida esquecer isso e que não precisava das minhas desculpas. Olha Jin você me faz passar por tanta coisa.

O garoto suspirou pesadamente colocando a mão no rosto. Tinha sido um dia estressante e mais agora isso da garota.

- Ninguém mandou você falar merda meu querido. - Falou Hoseok - Mudando de assunto. O senhor das trevas está querendo ver você Jeon, ele quer falar sobre Lilith!

Jungkook olhou para Hoseok após ouvir o nome da mulher que o criou e depois sumiu sem dar explicações. Jeon nasceu de uma bruxa, Lilith o encontrou após sua mãe ser mortas por humanos em uma fogueira. O senhor das trevas não concordou com essa ideia de Lilith mas logo o criou como um filho. Depois de uns tempos Lilith sumiu sem dar explicações, mas sempre viam algumas notícias sobre ela.

- Ele disse sobre o que era? - Falou atento.

- Bom, parece que ela quer conspirar contra seu pai. - Falou Jimin bebendo um pouco de vinho

Após a fala do garoto de cabelos loiros. A porta da sala de Jeon foi aberta brutalmente. Revelando uma mulher de cabelos negros, olhos escuros, usando um vestido longo branco. Após a porta ser fechada sorriu para Jeon parado em sua frente.

- Realmente querido, eu quero matar o seu pai...

- Lilith? - Falou Jeon

...


Notas Finais


Mais um capítulo espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...