História OK!I Love You - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Wanna One
Personagens Daehwi, Guanlin, Jaehwan, Jihoon, Jinyoung, Jisung, Kang Daniel, Minhyun, Personagens Originais, Seongwoo, Sungwoon, Woojin
Tags Blackpink, Daeyoung, Eu Shippo Quem Eu Quiser, Gualin+daniel, Minhwan, Minhyun+seongwoo, Ongniel, Panwink, Wanna One
Visualizações 189
Palavras 925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente tá aí o capítulo me desculpa não ter postado ontem é que sem querer eu apaguei todos os capítulos que eu tinha escrito.

Capítulo 5 - Por sua atenção?


Fanfic / Fanfiction OK!I Love You - Capítulo 5 - Por sua atenção?

SeongWoo

Ao acordar foi inevitável não sentir uma dor de cabeça isuportável, fui ao banheiro, e fiz minha higiene matinal.Ao terminar fui até MinHyun que Me esperava com um copo de água e algo que eu julgo ser um comprimido.

— Como sabe que estou com dor de cabeça?.- Pergunto depois de ingerir o remédio com a ajuda da água.

— Do jeito que você estava bêbado ontem, eu achei que não se sentiria bem hoje!.- Diz sorrindo. E quando o escutei falar sobre eu estar bebado acabei por lembrar de tudo que eu havia feito e dito.

— MinHyun…eu quero me discu..-- Tentei falar porém ele me interrompeu.

— Ong! Você estava bêbado! Não precisa se desculpar!.- Diz num sorriso meio nervoso.— Agora vamos tomar café! Você deve estar com fome.

O clima entre nós dois ainda parecia estar um pouco estranho, depois de tomarmos café ficamos assistindo a programas aleatórios. Até eu me tocar que eu tinha que voltar pra casa e que minha mãe surtaria.

•••

— MinHyun! Entre!.-- Insistia porém o mesmo negava dizendo que tinha que resolver algumas coisas com seu pai.

— Ong eu não posso!Eu tenho que ir!.- Diz rindo da minha cara emburrada.— Te vejo amanhã na escola, certo?

— Certo!.- Digo revirando o olho.

Ao entrar em casa notei que minha mãe estava com algumas amigas, provavelmente disputando qual tinha o marido mais rico ou qual gastava mais dinheiro.

ÓTIMO A REUNIÃO DE COBRAS É LOGO EM MINHA CASA

Quando minha mãe me viu ela apenas me olhou com uma cara nada amigável, não que eu me importasse, e sem cumprimentar ninguém passei direto indo em direção ao meu quarto. Precisava falar com DaeHwi.

LIGAÇÃO ON

SEONGWOO: DaeHwi! Precisamos conversar!

DAEHWI: O que você fez SeongWoo?!

SEONGWOO: Eu preciso dos seus conselhos!

DAEHWI: Eu também quero te contar umas coisas…Agora tchau! Daqui a pouco to aí!

LIGAÇÃO OFF

Depois de encerrar a ligação joguei meu celular em qualquer canto e logo a porta foi aberta.

— As pessoas costumam bater na porta antes de entrarem!.- Digo revirando os olhos ao ver que era minha mãe.

— Você não acha que já esta grandinho demais para querer ficar chamando atenção dessa forma?!.- Pergunta irritada.— O que você tem na cabeça para ir em uma festa e voltar só no outro dia a tarde?! Festa essa que você nem me avisou!

—Atenção mamãe? Sério? E sobre a festa eu avisei ao meu pai e acho que isso já é o suficiente!Pelo menos pra mim né.- Digo tentando não encara-la.

— Você se aproveita por que seu pai passa a mão na sua cabeça! O que os amigos da nossa família vão pensar se descubrirem que meu filho vive como um qualquer! Que faz o que quer na hora que quiser!

— Eu to pouco me fuden...importando para o que os SEUS amigos e os do papai vão pensar!.- Digo já me alterando.

— Se você tentasse pelo menos tomar atitudes como a de seu irmão. - Diz de uma forma desprezível.Ao ouvir aquilo senti um aperto dentro de mim.

Talvez de todas as coisas que ela havia me dito nenhuma tinha conseguido me atingir igual a aquela última frase.

— A senhora queria o que? Que eu fosse uma sombra do meu irmão?! Desculpa se eu não sou tão "perfeitinho" igual a o seu primeiro filho, mas eu não posso e nem vou fazer nada!.-Digo sério já sentindo um nó na garganta.

Ela apenas saiu do quarto batendo a porta. Minutos depois ouço batidas na porta e pesso que entre já que reconheci a voz de DaeHwi.

— Aconteceu alguma coisa? É que sua mãe parece estar cuspindo fogo lá embaixo.- Diz fazendo um bico.

— Cuspindo veneno no caso dela né?.- Pergunto e ambos rimos.— A gente só teve nossa discussão do dia, nada demais.

— imaginei.-- Diz se sentando na minha cama.

— Ontem eu nem lembro muito de você na festa!O que você aprontou Lee DaeHwi?.- Pergunto de forma maliciosa.

— Eu e JinYoung nos beijamos! E olha que sempre achei que ele era um típico idiota que nunca iria se tocar que eu gostava dele.- Diz tentando dizer naturalmente porém acaba dando uma risadinha.

— Pera aí o JinYoung? O seu JinYoung? Pera aí como isso aconteceu?.-- Pergunto me aproximando dele.

— Sim o JinYoung, eu não sei se já posso chamar ele de meu JinYoung, e ele chegou em mim perguntou se eu beijaria ele e eu disse que sim!

— E agora?

— Agora eu só sei que ele é um típico idiota que sabe que eu gosto dele!.- Diz rindo.— E você? Aconteceu algo ontem?

— MinHyun.- Digo suspirando.

— O que ele fez?O que você fez? SeongWoo vocês transaram?.- DaeHwi pergunta assustado.

— Não! Eu tentei beijar ele e… e eu acho que isso complicou ainda mais pra ele.- Falo de cabeça baixa.

— Você nunca pensou em dar uma chance pra ele?

— Já pensei nisso, sabe eu não vejo ele apenas como um amigo, eu o vejo ele como um irmão! E se nós tivermos algo e não der certo? Eu já faço merda sendo amigo dele! Você conhece ele! Sabe que ele se afastaria e sinceramente eu não quero ele longe de mim, eu quero ele do meu lado.-- Digo levantando minha cabeça.— Eu quero ele do meu lado como um irmão.

  — Você não parecia quere-lo como irmão quando disse o que ocorreu ontem.- DaeHwi coloca a mão no meu rosto.— Mas eu não acho que seria certo ficar com alguém por pena.


Notas Finais


Desculpa o Cap meio sem graça é capítulos assim são meio q necessários...
Prometo q no próximo terá mais emoções...

Cometem o q acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...