1. Spirit Fanfics >
  2. Olá, Ex. Espero que esteja bem. >
  3. O Único entre vários

História Olá, Ex. Espero que esteja bem. - Capítulo 1


Escrita por: MashiroHanabi

Notas do Autor


Olá, leitores. Eu sei que não é o meu estilo. Na verdade, isso é uma carta real. Enviei pra ele hoje mesmo, e não sei se terei resposta. Tudo que tem nela é um desabafo sincero, e sei que quase ninguém lerá, mas acho que foi a coisa mais real que saiu de mim em muito tempo. Então...achei justo compartilhar.
Boa leitura.

Capítulo 1 - O Único entre vários


Olá, Ex. Eu espero que você esteja bem.

Isso não é uma tentativa de voltar a ter contato. Até porque, não acho isso saudável para nenhum de nós. Eu só queria que soubesse de uma coisa. Talvez seja difícil, mas por favor, leia até o final.

Nos últimos dias eu tenho estado muito mal. Eu olho no espelho e vejo uma mulher muito bonita. Mas quando eu olho mais de perto, não posso evitar ver uma vadia suja, um trapo usado, uma mulher que não é mais capaz de dar e receber amor como antes, e que cada dia é menos capaz disso.

Eu tenho chorado bastante enquanto penso em todos os homens que passaram pela minha vida, antes e depois de você. Todos que diziam que eu era linda quando eu tirava as roupas, que gemiam de maneira egoísta ao pé do meu ouvido, mas não tinham coragem de caminhar comigo de mãos dadas na rua, de me apresentar aos amigos e nem ao menos tirar uma foto comigo. Há cada dia que passa, eu me sinto uma mulher que não é capaz de receber um beijo sem sentir um volume rijo se esfregando em mim. Há cada dia que passa eu me sinto mais como um fetiche, uma coisa que muitos querem provar para sair da rotina e depois voltar ao padrão. Há cada dia que passa, eu tenho mais certeza de que não receberei um sorriso sincero de um homem se estiver sem maquiagem. Há cada dia que passa eu sinto mais nojo de mim.

Quando eu penso nesses caras, todos que você sabe e que não sabe, eu me sinto desse jeito que eu descrevi.

Mas então há você.

Eu acho que nunca te disse isso, mas eu chorei enquanto você dormia ao meu lado. Eu não conseguia parar de pensar “Ele deitou do meu lado, conversou comigo, e dormiu. Dormiu segurando a minha mão, olhando pro meu rosto, sem maquiagem, depois de dizer que eu era bonita”. Aquilo nunca tinha acontecido. Em nenhum momento que estive com você eu precisei me preocupar em estar perfeita por baixo das roupas, em estar perfeitamente maquiada. Você foi o único que andou comigo de mãos dadas. Sim, o único. Você andou de mãos dadas comigo na Avenida Paulista, com dezenas e dezenas de pessoas olhando. Você foi o único que me beijou em público. Na frente dos meus amigos e dos seus. Você foi o único que ficou nervoso quando conheceu minha mãe. Você foi o único que me fez sentir desejada, amada e bonita sem colocar as mãos dentro da minha roupa. Você foi o único que me viu como um ser humano. Como uma mulher. Como uma mulher que você queria, e não apenas para transar.

Acabamos mal? Péssimos.

Mas o que tem me mantido em pé nesses últimos dias, o que me impede de olhar no espelho e ver apenas um pedaço de carne, um pano sujo e inútil, é a memória e a certeza de que eu já fui tratada como eu mereço. Se existe uma coisa que me permitiu levantar hoje, foi você.

Obrigada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...