1. Spirit Fanfics >
  2. Olá Sr. Bombeiro >
  3. Capítulo 29

História Olá Sr. Bombeiro - Capítulo 29


Escrita por:


Capítulo 29 - Capítulo 29


Amelia Pov

Entramos na casa de Gray e desde o nosso beijo no carro eu o quero ... eu preciso dele.

Entramos e ele perguntou se eu gostaria de uma bebida. Recuso e tiro meus sapatos.

Ele me observa enquanto eu lentamente desabotoo meu vestido e o deixo cair no chão.

- Foda-me ...

- Esse é o plano.

Saio do meu vestido e caminho em direção a ele. Ele não se mexe ou diz qualquer coisa, fica ali lambendo os lábios.

- Nós não ... quero dizer, eu não sou ... quero dizer ...

- Shhh.

Eu lentamente começo a despi-lo. Deslizo a jaqueta e tiro a gravata. Eu lentamente começo a desabotoar a camisa dele. Ele lentamente colocou as mãos na minha cintura. Ele está respirando forte igual a mim. Estou nervosa, mas não me importo, quero tanto ele que não importa.

Finalmente tiro a camisa e passo para a calça. Eu a desabotoo e a puxo, deixando-o apenas de cueca.

- Você é tão sexy.

- Você acha?

- Foda-se sim ... Tenho certeza que você pode dizer.

Ele acena com a cabeça em direção ao seu pau que está de pé.

- Eu quero você.

- Eu também.

- Então me pegue ...

- Você tem certeza?

- Sim ... - Ele me pega e eu envolvo minhas pernas em torno das dele enquanto sua boca beija e chupa meu pescoço. Ele me leva para o quarto dele. - Mmm.

Chegamos ao quarto e ele lentamente me deita na cama. Ele se inclina e tira meu sutiã e depois tira minha calcinha.

- Linda pra caralho.

Ele se recosta e beija minha boca. Sua língua enfiada na minha boca está quente e foda-se, é uma excitação. Ele lentamente corre as mãos para cima e para baixo no meu corpo.

Ele se afasta do beijo e começa a beijar meu corpo. Ele para no meu peito revezando-se colocando cada mamilo na boca. Ele chupa com força e meu corpo arqueia da cama enquanto eu agarro seu cabelo.

- Mais ... - Ele continua chupando enquanto sua mão empurra minhas pernas. Ele passa os dedos pelos meus lábios molhados ... - Porra ... por favor. - Ele aperta meu clitóris lentamente ... meu corpo está gritando por ele por uma liberação para qualquer coisa. Ele para de esfregar e eu o sinto enfiar os dedos dentro. - Grayson ...

- Porra, é tão sexy quando você diz meu nome. - Ele continua me tocando e depois começa a beijar meu corpo. Ele fica entre as minhas pernas e beija logo acima do meu ponto ideal. - Você quer que eu te prove Mia ...

- Sim ... sim ... por favor. - Ele dá uma lambida e eu grito ... Empurro a cabeça e o ouço rir. Ele começa a lamber mais rápido e continua empurrando os dedos dentro e fora de mim. - Deus Grayson ...

- Goze para mim baby ... Eu quero provar você toda.

- Oh meu Deus. - eu gozo duro e ele continua lambendo e chupando, tento empurrar a cabeça dele, mas ele não se move. Ele finalmente para depois que meu corpo para de tremer. Ele beija meu corpo até cair nos meus lábios. - Eu quero você dentro de mim.

- O que você quiser. - Ele pega uma camisinha da mesa de cabeceira e eu o vejo puxar sua cueca. Eu sorrio e lambo meus lábios. - Você gosta...

- Sim, muito.

Ele desliza a camisinha e deita ao meu lado. Eu olho para ele com uma sobrancelha levantada.

- Mostre-me o quanto você gosta.

Foda-se isso é tão sexy. Eu rapidamente rolo em cima dele montando nele.

- Pronto para mim, sr. bombeiro...

- Foda-se sim!

Eu lentamente me abaixo em seu pau duro e ele rosna. Começo a saltar para cima e para baixo girando rapidamente meus quadris.

- Oh merda.

Ele agarra meu peito saltitante e começa a torcer e puxar meus mamilos duros.

- Foda-se assim ... reivindique isso, baby ...

- Foda-se Grayson, você é tão grande!

- Você é tão fodidamente apertada ... Acho que nunca vou ter o suficiente de você.

- Espero que não. - jogo minha cabeça para trás, movendo-me o mais forte e rápido possível. Sinto minhas paredes apertarem e sei que estou prestes a gozar novamente. - Estou gozando Grey ...

- Eu estou também, baby, porra ... - Eu gozo duro pulando sobre ele e ele rosna meu nome quando ele solta dentro de mim ... Eu caio em cima dele, nós dois suando e respirando com dificuldade. Suas mãos esfregam minhas costas. - Isso foi tão incrível. - Eu rio. Ele move a cabeça para olhar para mim e eu levanto minha cabeça e a descanso nas mãos cruzadas em seu peito. Eu me inclino e o beijo. - Você ficará?

- Eu não posso ...

Eu vejo a decepção em seus olhos, mas ele me dá um pequeno sorriso de qualquer maneira.

- OK...

- Não é que eu não queira.

- Tudo bem, eu prometo ... eu só não queria que você fosse embora e sentisse que era apenas sexo para mim, porque não era.

- Eu sei.

Me sinto mal, quero dizer, quero, mas, ao mesmo tempo, não quero avançar rápido e cair rapidamente para ele. Não sei o que vai acontecer conosco. Eu quero ir devagar, mas não tão devagar. Eu acho que faz sentido na minha cabeça.

- Bem, vamos levantar para que eu possa te levar para casa.

- OK me desculpe.

- Não se culpe Amelia. Vou dar um passo em frente quando você estiver pronta.

- Está bem. - Ele me puxa para me beijar novamente. Eu levanto e ele também. Ele veste um moletom e uma camiseta e me dá uma roupa também. - Obrigado.

Pego minhas roupas e vamos para o carro.

No caminho para casa, Grayson segura minha mão desenhando círculos com o polegar, é tão bom.

- Então ... sábado?

- A festa...

- Sim, você vem? Eu adoraria se você viesse.

- Sim, eu estarei lá. - ele sorri grande e eu posso ver a felicidade em seus olhos. - Não posso prometer que ficarei o tempo todo, veremos como vai ser.

- Eu entendo. - Paramos na minha casa e ele sai e me leva até a porta. - Eu tive uma noite incrível.

- Eu também...

- Eu vou falar com você amanhã.

- Está bem. - Ele me puxa para perto e me beija. - Mmm.

- Merda, é melhor eu ir. Boa noite Mia.

- Boa noite.

Entro e fecho a porta. Eu sorrio e mordo meu lábio inferior. Esta noite foi incrível ... só espero que continue assim.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...