História Old Feelings - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, K.A.R.D, Red Velvet, TWICE
Personagens BamBam, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Chaeyoung, Dahyun, Irene, J.Seph, Jackson, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeongyeon, Jihyo, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Oh Se-hun (Sehun), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sana, Seulgi, Somin, Tzuyu, Wendy, Yeri
Tags 2yeon, Chaesoo, Jenlisa, Jitzu, Michaeng, saida, Vkook, Vmin
Visualizações 9
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Iiiiih sei de nada

Capítulo 35 - Nem tudo são rosas


Fanfic / Fanfiction Old Feelings - Capítulo 35 - Nem tudo são rosas

Dahyun

Havia se passados as 3 semanas pra aulas voltar, eu e sana estamos muito bem, jimin e tae mais grudado que tudo, mina e chae tiveram uma briga recente mais voltou ao normal e estão mais unidas que antes, jihyo e tzuyu estão melhor a cada dia, a tzuyu até ficou mais fofa quem diria em, momo e ketlin tenta esconder mais ja deram vários pegas, e falando na real forma um casal de palhaços mais legais de se ter por perto, a jeon e a nayeon não esta nada bem, elas nessas 3 semanas brigaram quase todo tempo, isso por causa de soobin, nayeon estava ficando sem saida hoje seria o ultimo dia das férias e estávamos na casa da nayeon até que a campainha toca

-eu vou la atender -nayeon se levantou do sofa e se direcionou até a porta quando a abriu soobin estava do lado de fora com um urso e um buque de rosas, e um sorriso mais descarado da face dessa terra- o que você ta fazendo aqui? -pergunto quase que num sussurro-

-eu vim tentar agradar você, eu sei que errei e quero que pelo menos aceite minhas desculpas -Jeongyeon tava na cozinha e viu os dois, ela olhou pra todas as meninas e depois pra nayeon, nay não havia percebido que Jeongyeon estava na sala-

-eu aceito suas Desculpa mas por favor não venha mais na minha casa -nayeon disse pra soobin, e Jeongyeon ficou sem entender uma raiva imensa a consumio, mas não disse nada, quando nayeon pegou o buque e o urso deu tchau pra soonbin e se virou vendo Jeongyeon olhando pros lados tentando não manter contaro visual, as meninas estava todas caladas mina olhou pra nay com aquele olhar de "você fez merda agora arrume"- amor 

-não me chame assim, agora -tirou o anel- não temos mais nada, acabou por aqui eu…eu cansei -jeon nunca chorou na frente das meninas elas mesmo nunca havia imaginado uma cena dessa, ela jogou o anel em cima da mesa de centro,as meninas ficaram boquiaberta por ela ter feito isso e por ta chorando- 

-amor por favor não faz isso -nay ja tava chorando desesperada-por favor não me deixa 

-não nayeon, eu não voi aturar mais isso, nosso relacionamento acabou aqui, espero que seja feliz -subiu as escadas e pegou sua mochila colocou apenas algumas coisa úteis na mochila, ela ia pra casa de seu irmão, a porta do quarto foi aberta-

-Jeongyeon por favor não faz isso -mina tentou me fazer mudar de ideia mais a essa altura do campeonato eu não ia voltar atrás na minha escolha-

-não mina, eu ja decidi isso acabou por aqui, não voi voltar atrás e por favor não venha atrás de mim -pegou a mochila e desceu as escadas-

-por favor não faz isso -nayeon segurou seu braço a maior não falou nada apenas se soltou e murmurou um adeus e saiu pela porta e a bateu com força e se foi, onde nenhuma das meninas presente ali sabia onde era nem mesmo mina-

-nay não fica assim -sana abraçou ela e permitiu se fazer carinho em seus cabelos-

-não sana não tem como, o meu coração esta destruído, arrancaram a única coisa que eu tinha,Sana ela foi embora ela me deixou -nayeon ja chorava muito, suas lágrimas ja descia descontroladamente-

Jeongyeon

Peguei um uber e fui pra casa do meu irmão liguei antes pra avisar que tava indo, e que explicaria o que estava acontecendo ja que o mesmo havia notado o tom de choro em sua voz, o motorista estacionou o carro na frente do apartamento do seu irmão pagou o moço e desceu foi até o hall de entrada e foi até o balcão

-boa noite, o quarto 365 por favor -a moça pedio um minuto, ligou pro apartamento e voltou a atenção até a mim-

-ele disse que pode subir -sorriu gentilmente e apontou pro elevador, entrei no elevador e coloquei o número e começo a subir-

-ah meu deus porque isso doe tanto -sussurrei pra mim mesma, eu tava sozinha naquele lugar pequeno e cinza-

Cheguei no apartamento do meu irmão e bati

Knock knock -escutei um eu to indo de dentro e logo a porta foi aberta, quando jinho pos seus olhos em Jeongyeon imediatamente se pois em alerta e abraçou seu abraço era quentinho e passava proteção 

-entre por favor -separou se do Abraços e deu espaço pra menor passar-

-obrigado -sorri desanimada-

-sente ai vou lhe busca um copo d'água -saiu da sala e foi ate a cozinha e buscou um copo de água e a entregou- ai o que aconteceu -passou a mão no meu rosto limpando as lágrimas-

-a gente terminou -disse após colocar o copo na mesa e o encara- na verdade huhu eu terminei, estávamos brigando muito por causa do soobin, e hoje ele apareceu la em ca…la na casa dela com um buque e ursinho pedindo desculpas pra ela mas com outras intenções, e na minha frente, ah ah quando eu vi aquela cena meu mundo caiu, uma raiva me consumiu por inteira -suspirei pesado aquilo tava me machucando-

-o maninha, sobre isso eu não posso mudar muita coisa e so o tempo que vai mudar, eu quero que fique aqui em casa pelo menos até se resolverem e senão mudar nada pode buscar suas coisas e vim morar comigo vou te receber com o maior amor do mundo -me dei um beijo na testa, quando ele se separou meu celular tocou era jihyo eu o olhei e ele disse- atende deve ser importante -então apenas atendi-

[Ligação on]

Eu:Alô 

Jihyo:Você esta bem?

Eu:Na medida do possível sim porque? 

Jihyo:Onde você esta? Você comeu? Eu estou preocupada jeon, não so eu como as meninas também

Eu:Não se preocupe e sim eu ja comi, e to na casa huh de um amigo e avisa pras meninas que eu estou bem!?huh ok?

Jihyo:Ok, por favor não some, e se cuida meu bebê, beijos …

Eu:Beijos e vou me cuidar eu eu te amo obrigada pela preocupação 


Jihyo apenas por escutar aquelas palavras se desmanchou em lágrimas, era a primeira vez que Jeongyeon havia lhe dito isso, primeira vez que um eu te amo saiu da boca de jeon direcionada a uma amiga, ficou surpresa com isso e um sorriso no meio de suas lágrimas se formou.

Aut:o dia havia sido conturbado, soobin consiguio o que queria, separar Jeongyeon e nayeon, nayeon estava acabada por dentro, o que ela mais temia havia acontecido o seu amor tinha partido,deitada na sua cama com a aliança de jeon em suas mãos e a foto de quando começam a namorar, ela olhava fixamente pra jeon, e ali mais uma vez se desmanchou em lágrimas, até agora sua ficha não caiu, ela não aceitava o término e faria de tudo e mais um pouco pra reconquistar sua amada




Notas Finais


Rampampampaaaam mate um homem
Filósofa ketlin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...