1. Spirit Fanfics >
  2. Olhares. -NaruSasu >
  3. Olhares Pt4

História Olhares. -NaruSasu - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii!!

Primeiramente: OBRIGADA PELOS 32 FAVORITOS💙💙💙💙 amo vcs.

Segundo: este eh o último capítulo de Olhares 😖😖😖😢

Terceiro: não sei se vai ser do agrado de vocês, mas eu finalizei a história do jeito que eu achei melhor... sinto que se eu prolongasse ela ficaria pior.

Quarto: obrigada para quem me apoiou e está lendo esse meu texto melodramático ksks.

Quinto: eu pensei em algo, usando uma das minhas músicas favoritas( A Thousand years) e para quem leu minha One shot de NaruSasu "My last Goobye" vai entender o contexto e talvez se sinta emocionado(a) como eu me senti escrevendo. Não é necessário ler e espero que não se importem de eu passar o link aqui embaixo: https://www.spiritfanfiction.com/historia/my-last-goobye-narusasu-18832779

Sexto: me perdoem a enrolação e Boa leitura!!!

Capítulo 4 - Olhares Pt4



Festa




Chegaram na casa de Sakura meio tarde, mas nada que os fizesse chamar muito a atenção. Entraram sem bater, sabendo da intimidade de todos com o casal de garotas.

A festa era bem agitada, com várias pessoas já pulando e se esfregando. Sasuke odiava esse tipo de lugar, Naruto ainda mais, por ser o típico anti-social devorador de livros.

—Posso saber por que a gente veio aqui mesmo? -Naruto perguntou, falando bem alto no ouvido do moreno, que deu de ombros.

—Boa pergunta. Por enquanto, vamos cumprimentar as garotas e achar um lugar silencioso, ok? -Entrelaçou seus dedos com os de Naruto, seguido entre as pessoas bêbadas e sóbrias. Acharam Sakura e Ino junto de Hinata, Sasori, Kiba e Deidara, todos com copos na mão, algo certamente alcoólico (menos para Hinata, o que era óbvio).

—Olá viados. -Sakura disse, com a voz meio embriagada pela bebida, e Naruto sorriu ao abraçá-la.

—Olá senhora. Já disse que amo quando fica bêbada? -Naruto disse, segurando a mão dela e fazendo a mesma dar uma voltinha, mostrando seu vestido. —Arrasou em gata!

—Cuidado que ela tem dona. -Ino disse, com certeza mais sóbria que a namorada, e Sasuke riu.

—E ele também. -Os quatro riram, e Naruto foi abraçar todos os outros integrantes da roda.

Após os cumprimentos, o casal achou Lee e Gaara num canto mais afastado, perto das escadas, e decidiram se juntar a eles.

—Quer algo para beber? -Sasuke perguntou a Naruto, que já estava sentado perto de Gaara, enquanto Lee havia ido ao banheiro.

—Algo não alcoólico seria muito bom. -Naruto disse com um sorriso e Sasuke não resistiu ao dar um beijo no topo de sua testa.

—Certo, já volto. -Quando o moreno saiu, o mais velho soltou um suspiro, os olhos brilhando mais que a Lua naquele dia.

—Só falta você gritar ao mundo que ama ele, sua cara já te entrega. -Gaara brincou com o amigo, que lhe deu uma leve cotovelada na costela. —Aí! Baka.

—Eu gritaria, tão alto que até os mortos ouviriram. -Falou, e dessa vez o ruivo abraçou o amigo, fazendo um carinho nas suas costas.

—Fico muito feliz por você, Naru. Quero que ele te faça bem, e se ele te fazer mal, saiba que eu sei esconder um corpo. -Naruto riu no pescoço do amigo, completando.

-E tem uma pá em casa?

—Tenho sim. -Se soltaram do abraço e deram altas gargalhadas que soaram maléficas.

—Acho melhor nem perguntar sobre o que estavam rindo, Certo? -A voz grossa atraiu a atenção dos amigos para a figura em verde, Rock Lee. Mas a pergunta foi dirigida ao seu parceiro, Sasuke, que vinha com dois copos na mão.

—Não. Se perguntarmos é capaz de não dormimos a noite. -Os dois casais ririam, e voltaram a falar sobre banalidades.

A festa passou rapidamente, e quando viram, era tarde e várias pessoas estavam bêbadas, algumas caídas no chão, outras flertando com qualquer coisa que se mexesse (olha os pansexuais). Shino ainda estava cuidando do som, e para finalizar a noite, decidira colocar algo mais romântico, mas aquela melodia lenta e graciosa era algo que Naruto conhecia bem.

—Vamos dançar. -Falou o loiro, olhando para o moreno que o encarava surpreso.

—Você não gosta de dançar. -Ele afirmou.

—Eu sei, mas essa música eu quero. Por favor? -O mais velho se aproximou e desferiu um selinho em Sasuke, que corou, mas aceitou de bom grado dançar com seu namorado, já que o moreno amava aqueles pulinhos alegres que o mais velho dava quando estava feliz.

O mais novo não reconheceu a letra no começo, mas depois que Naruto colocou as mãos nos seus ombros e ele automaticamente levou as suas até a cintura do mesmo, começou a ler os lábios carnudos do seu parceiro, que cantava a letra baixinho.

Hearts beats fest. -Naruto sorriu, e Sasuke reconheceu a música… A Thousand years. Um sorriso gentil e singelo brotou de seus lábios, enquanto seus olhos eram incapazes de focar em outra coisa a não ser o rapaz na sua frente. —Colors and promisesHow to be brave. How can I love, when I'm afraid? To fall, but watching you stand alone.

A música continuava com aquelas palavras que Sasuke não sabia direito, mas via nos olhos de Naruto que aquela música era tão bela quanto si. E pensando naquilo, ele cortou a cantoria fofa do loiro.

—Sabe o que eu acho? -Perguntou ao mais velho.

—Não?

—Sinto que essa música… seja "o nosso pequeno infinito". -Naruto arregalou os olhos, surpreso com a comparação.

—Me fala que você está consciente de que está basicamente citando-

—A culpa é das estrelas, sim eu sei. Eu terminei de ler esses dias, e lembrei da gente. -Sasuke riu, meio envergonhado perante ao olhar fixo de Naruto, achando que o mesmo iria caçoar de si.

—Aí meu Deus! Sério que você leu? - O Uchiha arregalou os olhos, mas concordou com a cabeça, se surpreendendo ainda mais por receber um beijo de Naruto. —Ele perfeito não é? O livro é fantástico!

—Sim, é sim. -O mais novo soltou uma risada nasalada. Puxou mais o corpo do loiro para si, enquanto a letra da música entrava em seus ouvidos.

I have died every day waiting for you

Darling, don't be afraid I have loved you

For a thousand years

I'll love you for a thousand more.


A música continuou com seus versos lentos e melosos em inglês, mas o moreno apenas olhava para Naruto. Os cabelos loiros macios e desgrenhados, os olhos azuis brilhantes, as bochechas macias e a boca convidativa. O corpo dos deuses e aquela personalidade marcante. Tudo em Naruto era tão inexplicável quanto seu olhar, selvagem, mas gentil. Naruto era indecifrável, e Sasuke amava isso.

Já para o loiro, Sasuke sempre lhe fora um livro aberto. Aqueles olhos brilhando e seu sorriso bobo lhe entregavam de tantas maneiras que Naruto não resistiu a vontade de rir. Mas essa era uma das coisas que amava no mais novo, era sincero e poucas pessoas eram assim.

A música já havia parado a algum tempo, mas seus olhares estavam um no outro. Nunca era preciso muito mais do que aquilo para entenderem um ao outro, mas mesmo assim, juntaram os lábios, as bocas se encaixando perfeitamente. O choque passou pelos corpos e ambos sorriram no beijo, não sabiam o que dizer, aquele sentimento preso no peito, como se a felicidade não coubesse para si. Uniram as testas.

—Eu te amo. Sempre amei e sempre vou amar. -Sasuke disse baixinho, e apenas Naruto o ouviu.

—Eu te amo. Sempre estive aqui, e sempre estarei. -Entrelaçaram as mãos, unindo-se para sempre nessa confusão que chamam de amor.


Notas Finais


Eu não quero enrolar aqui então só vou colocar o link da música:

https://youtu.be/rtOvBOTyX00

Vou atualizar Sonhos de verão ainda hoje, mas Flores ainda vai demorar um pouco.

Se estiverem interessados, há mais uma fanfic SasuNaru que estou escrevendo:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/sonhos-de-verao-narusasu-18814899


TODAS AS FANARTS que apareceram aqui, desde a capa até as fotos nos capítulos, pertencem totalmente aos criadores delas. Se souberem dos nomes, por favor me avisem ^^
Até a próxima 💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...