História Olha!Um gatinho! -XiuChen - Capítulo 1


Escrita por: e flowerxiumin

Postado
Categorias EXO, F(x), Red Velvet
Personagens Amber Liu, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Huang Zitao (Tao), Irene, Kim Jong-dae (Chen), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Krystal Jung, Lu Han (Luhan), Luna Parker, Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais, Seulgi, Sulli Choi, Victoria Song, Wendy, Wu Yifan (Kris Wu), Yeri, Zhang Yixing (Lay)
Visualizações 41
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Um


Fanfic / Fanfiction Olha!Um gatinho! -XiuChen - Capítulo 1 - Um

Xiumin 

“Nem todos os vampiros são perigosos e fodões como pensam...”



Eu estava pendurado numa árvore, totalmente emburrado, sabem o por quê?

O motivo: Oh Sehun.

Ele fica me zoando só porque eu sou “fofo”, eu nao tenho nada de fofo e minha altura não colabora.

E cá estou eu, pendurado numa árvore gigante, preste a cair e minha camiseta rasgar.Incrível.

–Olê, olê, olê, olê, ' vai descer!cê' vai descer! –dizia ele tirando um baita sarro da minha cara.

–Seu narigudo, se você nao me tirar daqui, ah, vai sofrer as consequências e não vai ser nada bom.

–Então você vai ficar aí, meu caro aminimigo. –bufei– até mais, tenho outras coisas para fazer, tipo comer um urso ou sugar o sangue de alguém. –sorriu e deu meia volta.

–Você vai mesmo me deixar aqui? –Sehun assentiu.– Idiota –resmunguei, me remexi no galho até que finalmente, por deuses, ele quebrou e eu acabei me ralando todo no chão.

Sehun começou a gargalhar da minha cara, rapidamente me levantei do chão e fui para cima dele logo o enchendo de socos.

–Você luta que nem uma mulherzinha –disse ele e acabei por socar o nariz do mesmo muito forte.– AI! –ele me empurrou e me deu um soco forte na bochecha.

Acabei caindo no chão e o Sehun veio para mais perto de mim.

–Hum, você terá uma maldição consigo agora –sorriu maléfico.

–Que maldição? 

Sehun ficou de costas para mim e começou a fazer uma bola de luz em suas mãos.

–ISSO AQUI HAHA! –Ele acertou a bola de luz em minhas costas e um grande choque foi depositado em nós.

Minha visão ficou embaçada e eu acabei desmaiando.



[...]



Chen



–ACHA QUE ESTÁ AQUI PARA BRINCADEIRA, JONGDAE?? 

Sim, exatamente, esse aí é meu chefe rabugento que simplesmente não para de gritar comigo porque separei os papéis errados, maldita falta de atenção.

Argh, não tem nada pior do que isso.

–Está dispensado, não quero saber de você aqui por hoje.

–O quê???

–Você é surdo? 

–Não, senhor... –me curvei e sem dizer ou resmungar nada, acabei saindo da empresa.

Eu estava com muita raiva, puto até demais.Ele poderia muito bem me dar mais uma chance, nem que eu ficasse o dia todo arrumando os papéis de novo, mas poderia dar.

Parei em uma cafeteria para relaxar e depois segui meu caminho à pé para casa.

Continuava um pouco chateado com tudo aquilo, mas até que algo me chamou atenção.Estava no arbusto...

–Olha!Um gatinho! –me aproximei devagar do corpo do animalzinho– ai, meu Deus, será que tá morto? –cutuquei o gato e vi ele se mexer· ESTÁ VIVO!

Peguei o mesmo com muito cuidado e caminhei mais rápido até chegar em meu apartamento.Abri a porta com pressa e deixei o gatinho em cima do sofá enquanto ia buscar uns curativos.

–O ser humano é um lixo mesmo, quem deixaria um gatinho desses nessas condições? –comecei a passar remédio onde precisava, o gatinho ainda estava desacordado, o que me preocupou mais ainda.

Pensei em leva-lo ao veterinário e foi o que fiz.


No veterinário...


–Parece que espancaram ele. –aquilo fez meu coração doer. – mas ele está vivo e se cuidar bem dele, irá sobreviver.

–Ufa... 

–Demos alguns medicamentos à ele e logo acordará.Qualquer coisa é só voltar aqui.

–Obrigado, doutor. –me curvei e dei o dinheiro necessário para pagar a consulta do gato.Peguei ele em meu colo e voltei ao apartamento.

–Hum, sendo assim, vou tomar um banho. –deixei o mesmo deitado no sofá e fui tomar banho. 



Xiumin


Ai...

Que dor de cabeça...

Cadê aquele vadio do Sehun?

Acordei meio tonto, não sabia o que estava acontecendo e nao me lembrava de nada.

Por que está tudo tão gigante?

Me levantei daquele colchão grande e comecei a me mover devagar, ainda não estava 100% bem.Andei alguns centímetros de onde eu estava, aquilo parecia um sofá, não sei ao certo.

“Tem alguém aí?"

“Alguém?”

–Miau!Miau!

Espera, eu tô miando então...

Olhei para minhas mãos e vi patinhas de um gato.


–AI, MEU SANTO MACARRÃO SAGRADO, EU VIREI UM GATO! 

–MIAAAAU!




Continua...


Notas Finais


Por enquanto é só :3

Obrigada à quem leu ❤💕❤💕
E até o próximo capitulo
Beijoooos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...