1. Spirit Fanfics >
  2. Olhos Azuis >
  3. Misterbug Parte final

História Olhos Azuis - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


GENTEEW BATEMOS 68 FAVORITOS VCS SÃO TOPSS

AVISO: capítulo ta muito tenso *alto risco de você passa raiva*

Boa noite/leitura

Capítulo 8 - Misterbug Parte final


Fanfic / Fanfiction Olhos Azuis - Capítulo 8 - Misterbug Parte final

Acordei em um lugar escuro nao dava pra ver nada, notei que estava apenas de roupas íntimas amarrada em uma cadeira de ferro meus pulsos atras da cadeira e meus pés separados um dos outros, começei a me desespera oque ele tinha feito comigo?? Sera que tinha me estuprado??? Notei uns passos vindo do escuro na minha frente. Era ele, ele vinha arrastando uma mesa de rodinha e tinha um sorriso perverso em sua face.

-sentiu minha falta?? Troce uns brinquedinhos.

Ele puxou a mesa para mais perto mostrando que tinha, um chicote, um mordedor (autora/ lembro o nome do troço rsrsr), umas tesouras e uma faca. Tentei sai da cadeira mas nao adiantou nada ele se aproximou de mim e segurou minhas pernas.

- Não quer sair antes da brincadeira começa ne? Afinal ta vendo aquela faca ali? Eu vou usá-la em você quando eu termina - suas mãos foram em direção a minha intimidade- Porque se eu não vou fica com você ninguém ficara.

Suas palavras foram maldosas e sombrias, cada vez que sua mão se aproximava eu temia em chora, o mesmo se aproximou do meu rosto e me beijou ma sua alegria acabou quando eu o mordi. 

-AH, vadia - ele me deu um tapa, algo que me machucou mas pelo menos tirou suas mãos de mim- Ta achado oque? Que aquele loirinho vai vim te busca.

Ele começou a rir e foi em direção a mesa, nao vi oque ele pegou mas temia pelo pior.

- Sabe, eu sempre quis que seu cabelo fosse menor- ele se virou para mim mostrando uma tesoura- oque acha de fazemos um novo corte?

Ele tirou minhas xuxinhas começou a corta meus cabelos sem um pingo de dor, eu apenas via meus cabelos caindo no chão. Tentei inpedir mas a unica coisa que eu conseguia fazer era chorar pela minha  falta de sorte. Meus ombros estavam cheios de fios soltos que demorariam a volta.

- Pronto, estar linda- ele se afastou e me olhou - que tal fazemos algo mais divertido??

- Seu miserável, Nao tem amor próprio não??

- Sim, mas eu tenho uma vontade  de possui voce que é bem maior que amor.

Suas palavras foram cuspidas na minha cara como se nao existi-se amor na quela pessoa, duvido muito que realmente tenha. Minha situação estava bem tensa no momento estava amarrada em uma cadeira, Tinha o louco do meu ex namorado que nao queria que eu fica-se com ninguém alem dele.

Queria que minha situação nao piora-se mas isso ja estava preste a acontecer, Luka se aproximou de mim e rasgou meu sutiã me deixando exposta para ele. Ele segurou meu seio e foi direcionado uma mão ate a minha intimidade.

Chorei, gritei mas nada adiantou aquilo tava mesmo acontecendo, uma de suas mãos foram ate minha coxa direita e apertou com força, ele pegou meu pescoço é começou a morder. Aproveitei a situação eo mordi na orelha.

- Filha da puta!- suas mão sairam do meu corpo mas logo recebi um tapa pela minha atitude.

- Puta ea sua mãe, seu vagabundo- recebi outro tapa mas nunca deixaria que  ele fala-se da minha mãe assim- Batendo em mulher, um corvate porriso nunca dei pra você, você é apenas um corvade!

Ele gruniu de raiva e pegou o chicote e começou a me bate fazer cortes profundo em mim. Chorei muito mas o joguinho dele estava ainda estava apenas começando.

《{ *_* }》 

Fazia mais de 40 minutos que eu estou preucurando ela mas sem sucesso, preucurei por toda a Paris e nada de acha-la Plagg tentava me acalma mas nao adiantava de nada apenas piorava. Meu disperso era maior que  voz que dizia pra me acalma, Eu tinha medo, medo de pede-la de nao te-la em meus braços. Eu estava perdido  em meio a grande Paris pensei em volta pra Torre Eiffel e preucura novamente. Mas uma coisa me chamou atenção era um lugar distante e escuro nao dava pra ver nada mas tinha uma luzinha fraca.

Joguei meu yoyo e me aproximei pelo telhado  tinha uma pequena abertura que foi o suficiente pra eu ver oque tinha por la. Não estava acreditando no que eu via ele estava bantendo nela, Filho da puta. Com muita raiva quebrei o telhado apenas com um murro, cai sobre o chão ea poeira dominava aquele lugar, com muito odio serrei meus punhos e fui pra cima de Luka.

O mesmo parecia perdido, começei a da murros nele o peguei sobre o pescoço e joguei ele no chão, novamente dei muitos murros nele ate que  escuto Marinete.

-Me ajudaaa!!

Olhei para ela ea mesma estava apenas com uma calcinha como roupa, meu odio subiu mais ainda se ele tivesse estuprado Marinete sua vida ja estava preste a acabar. Quando me distrair o mesmo me deu um murro fazendo eu sair de cima dele, ele pegou uma faca e cortou meu rosto e braço, o uniforme nao impedia que eu me ferri-se apenas me impedia de morrer.

Ele tentou me mata com a faca em direção a minha cabeça desviei e joguei ele na parede prendendo ele com meu yoyo, fui ate Marinete ea desamarei ela ea entreguei suas roupas, olhei para o Luka que ria como um louco aquele miserável.

- Pronto??- perguntei para ela e ouvir um sim tipo um murmuro, me virei em direção a ela ea mesma gritou.

-CUIDADO!!!

Ouvir um disparo vindo de tras de mim mas foi em direção a Marinette, sua barriga eatava sangrando por conta de um suposto tiro.

- MARI- corri para ela, ela estava segurando a barriga onde saia o sangue- Aguenta ai eu vou leva você em um hospital.

Luka ainda sorria como um louco atras de mim, fui ate ele eo enfoquei.

- Vou mata você, miserável.

- Nao antes dela morrer.

Dei um murro nele fazendo ele desmaiar e sair com Marinete em busca do hospital, Tentei ser mais rapido possível ate um hospital mas ela estava sangrando muito.

Minutos depois cheguei em um hospital, ela foi levada para sala de cirurgia urgentemente para tira a bala dela. Enquanto  isso eu voltei ate  o Luka eo peguei ainda desmaiado e levei ele ate a delegacia, ele sera preso por sequestro, feminicidio e acedio.

Agora sim ele sofrera pelo que fez.




Notas Finais


Mais um gente oque acharam??? Ficou bom ??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...